Minha conta
    Sol da Meia-noite
    Média
    3,9
    234 notas
    Você assistiu Sol da Meia-noite ?

    35 Críticas do usuário

    5
    12 críticas
    4
    9 críticas
    3
    9 críticas
    2
    3 críticas
    1
    1 crítica
    0
    1 crítica
    João Pedro Rispoli Santos
    João Pedro Rispoli Santos

    Seguir usuário Ler as 5 críticas

    4,0
    Enviada em 9 de novembro de 2022
    Me senti emocionado com o filme; há anos que não chorava como ocorreu com essa filmagem. Embora seja um clichê como todos sabemos de primeira, ao ler a sinopse, as pessoas que gostam desse tipo de filme, não se importam de ver novamente. Diversas críticas negativas ocorrem nesse tipo de filme, proveniente de uma falta de interpretação de entender que será um clichê, mas esse é um clichê com mudanças interessantes. Embora o filme peque em alguns pontos, recomendaria sem dúvidas.
    José Osmundo Henrique de Araujo
    José Osmundo Henrique de Araujo

    Seguir usuário Ler as 2 críticas

    2,0
    Enviada em 14 de maio de 2021
    Filme mau gravado. Parece mais uma novela com mentiras e suspenses barato!
    Tinha tudo para ser um bom filme se tivesse mais honestidade. Papel muito besta da Keity.
    Francielle Guimaraes Barreto
    Francielle Guimaraes Barreto

    Seguir usuário Ler a crítica

    3,0
    Enviada em 24 de fevereiro de 2021
    Vamos começar com o fato de que essa doença não é tão mortal assim. Ela foi descaradamente exagerada, para que o enredo fosse de um filme teen de doenças terminais. Além de faltar energia nos protagonistas para desenvolver um clima de romance e química. Ao invés da história levar para um lado mais do "vamos correr atrás de uma cura", ele circulou todo em prol do romance do casal e quando ela ficou doente, só esperaram a garota morrer. spoiler:
    Isis Lourenço
    Isis Lourenço

    Seguir usuário 5.906 seguidores Ler as 766 críticas

    3,0
    Enviada em 22 de outubro de 2020
    Filme adolescente clichê, parecido com "Tudo e todas as coisas", porém inferior.
    Não sabia que existia essa doença XP, então foi de certa forma, um aprendizado,deve ser uma doença bem difícil de lidar,mas não tão mortal como o filme faz questão de parecer.
    A história é bem simples e bobinha,não tem nudez,então dá para ver com toda família,porém o final não me agradou,por ser uma coisa estúpida.
    Protagonistas bonitos e carismáticos e fiquei surpresa ao saber que o menino é filho do Schwarzenegger e que o filme é uma adaptação do mangá "Taiyo no Uta" que virou filme e série e parece ser melhor .
    Camila Veloso Amancio
    Camila Veloso Amancio

    Seguir usuário Ler as 4 críticas

    2,5
    Enviada em 8 de outubro de 2020
    Amo dramas adolescentes... Mas esse achei fraco, personagens mal desenvolvidos... Mas o meu maior erro foi dar um Google sobre a doença enquanto eu assistia. Deveria ser proibido alguém usar o nome de uma doença e passar tanta desinformação sobre ela...
    Maria E
    Maria E

    Seguir usuário Ler as 2 críticas

    5,0
    Enviada em 5 de outubro de 2020
    Deve ser horrível ser critico de filme, ficam tentando notar problemas em tudo, ou furos no enredo e coisa e tal. Nunca vou buscar saber pq assim eu realmente aproveito o filme do jeito q está ali e o importante pra mim é se eu me emocionei, se foi bom, e nesse caso nada técnico me interessa oq me interessou foi q foi lindo, adorei a atuação, e chorei pra caramba. O filme so te faz perceber q tem gente q tem muitos sonhos pra realizar e não podem, isso faz a gente refletir tudo q podemos fazer e agradecer. Foi belo, emocionante e adorei.
    anônimo
    Um visitante
    3,0
    Enviada em 17 de setembro de 2020
    Eu já disse que gosto muito de filmes em que são enquadrados como "romance de adolescentes doentes para arrancar lágrimas", nunca gostei muito dessa denominação, mas Sol da Meia-Noite se encaixa nela, sem dúvidas
    Entretanto ele na minha opinião tem uma qualidade muito inferior a dos outros do seu tipo minha opinião. Definitivamente não foi um filme desagradável de assistir, pelo contrário. Mas achei que os personagens não ficaram bem desenvolvidos na minha opinião e ao final do filme em que Katie morre ficou mais complicado de sentir a dor dos personagens junto com eles, coisas que ficaram muito melhor em outros "tearjerkers" de romance adolescente, ficou para mim a impressão de que não deu tempo da gente se conectar com aqueles personagens
    Muitas coisas no filme são muito parecidas com os outros do mesmo tipo , a única e maior diferença seria de que no final foi a mulher que morreu e não o homem, como acontece em quase todos os filmes desse tipo. Entretanto o filme tem sim cenas e diálogos muito bonitas e que certamente emocionaram muita gente(apesar de alguns meio bregas), a relação da Katie com seu pai é muito bonita e nos ensina muita coisa e a trilha sonora do filme é linda também e as atuações são ok
    Apesar de erros e repetições na fórmula de sempre que tornam esse longa inferior a outros similares. Ele certamente agrada muita gente e é no geral bom, mas apenas bom.
    Danny Sincerona
    Danny Sincerona

    Seguir usuário 15 seguidores Ler as 192 críticas

    4,0
    Enviada em 30 de agosto de 2020
    Faz meia hora que estou em lagrimas e provavelmente ficarei assim por mais meia hora.
    O filme é um super clichê, com o mesmo de sempre, mas trás uma grande moral nas suas entrelinhas.
    Vi muitas pessoas falando sobre a doença que não foi explicada no filme, mas há uma explicação para isso, o que acontece é que ela não importa.
    Bom vamos do começo, o filme conta a história de uma menina que possui uma doença raríssima, onde ela não pode ser exposta ao sol de forma alguma, pois corre risco de desenvolver doenças como câncer e até morrer. Mas a vida dela muda quando ela começa a namorar o garoto que ela é apaixonada desde a infância, até o dia que ela acaba ficando exposta ao sol e descobre que tem pouco tempo de vida.
    Bem o filme em momento algum quis retratar a doença, seria super legal se eles falassem sobre ela, afinal é super desconhecida, mas não era isso que o filme queria falar. Ele queria mostrar como a vida é preciosa, como temos a chance de viver todos os dias a luz do sol, viver momentos inesquiváveis com pessoas que a gente gosta.
    Em momento algum vemos a nossa protagonista reclamando da vida dela, mesmo vivendo presa pela sua doença, ela é feliz com o pai e a música, que faz ela esquecer esses momentos ruins.
    Então a mensagem do filme é se você tem a oportunidade, viva a vida intensamente, não reclame só viva, pois não sabemos o que virá amanhã, não viveremos para sempre.
    A nossa protagonista viveu pouco, mas ela viveu, e com sua música ela deixou a marca dela na terra.
    Ítalo Silva
    Ítalo Silva

    Seguir usuário 2 seguidores Ler as 32 críticas

    4,0
    Enviada em 20 de junho de 2020
    Apesar de ser um filme com um pegada adolescente, consegue cativar e comover, especialmente pelo seu desfecho.

    Gostei bastante!
    Priscila Oliveira
    Priscila Oliveira

    Seguir usuário Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 16 de junho de 2020
    Nunca ouvi falar neste filme, até casualmente ser escolhido como filme da noite... Pela descrição, já sabia que era um belo clichê, maaas nossa, estou até agora com o pensamento nele, a história te prende do início ao fim, até as partes bem bobinhas te prendem! Mas com certeza ele mexe com todos que assistem, na simplicidade ele te leva até as lágrimas, lembrando que a vida é o agora e que você merece e deve ser feliz!
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top