Minha conta
    A Fonte das Mulheres
    A Fonte das Mulheres
    20 de janeiro de 2012 No cinema / 2h 10min / Comédia dramática
    Direção: Radu Mihaileanu
    Roteiro Radu Mihaileanu, Radu Mihaileanu
    Elenco: Leïla Bekhti, Hafsia Herzi, Hiam Abbass
    Título original La source des femmes
    Imprensa
    3,8 4 críticas
    Usuários
    4,0 43 notas e 5 críticas
    Adorocinema
    4,5
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Em um pequeno vilarejo, situado entre o Norte da África e o Oriente Médio, as tradições islâmicas são seguidas a risca. Entre elas, a existência da mulher como procriadora é regra básica, mas existe uma que faz com que elas sejam as responsáveis por buscar água em um local distante e de difícil acesso, restando para os homens a tarefa de matar o tempo bebendo e falando da vida. Certo dia, Leila (Leila Bekthi), uma das mais jovens e alfabetizadas do grupo, resolve que a melhor maneira de mudar esse cenário, fazendo com que os homens assumam esta tarefa, é cortar o que eles mais gostam: o sexo. A polêmica decisão do grupo acaba interferindo nas relações entre os habitantes e provocando provocar uma verdadeira revolução cultural no povoado e mudando para sempre as suas vidas.

    Críticas AdoroCinema

    4,5
    Ótimo
    A Fonte das Mulheres

    DILUINDO DOGMAS

    por Roberto Cunha
    Drama ou comédia? Fantasia ou realidade? Antes que você considere esse início de texto muito enigmático para o seu gosto, saiba que a razão das duas perguntas reside no simples fato de que A Fonte das Mulheres transita nestes caminhos, revelando uma história séria, divertida, realista e mágica.Nela, uma aldeia ali pelo Oriente Médio vem passando por uma crise causada, principalmente, pela falta de água. Só que esse passa a ser o menor dos problemas quando uma de suas habitantes resolve organizar um motim feminino para quebrar uma regra machista do islamismo, fazendo de uma greve de amor o estopim para uma grande revolução cultural."É o nosso único poder sobre os homens", dirá ela, sem saber que a reboque dessa "violência amorosa" viriam duras consequências, além de outras reinvidicações adormecidas nas mentes dessas "guerreiras" incansáveis em tarefas árduas, mas sem coragem de questioná
    Ler a crítica
    Pela web

    Elenco

    Leïla Bekhti
    Personagem : Leila
    Hafsia Herzi
    Personagem : Loubna / Esmeralda
    Hiam Abbass
    Personagem : Fatima
    Saleh Bakri
    Personagem : Sami
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Eduardo P.
    Eduardo P.

    Seguir usuário 73 seguidores Ler as 98 críticas

    4,0
    Enviada em 20 de março de 2013
    Um filme muito bem feito. Ele serve tanto para mostrar a realidade de um povo, quanto para evidenciar o papel de uma mulher numa sociedade. Ele é bem atuado, escrito e dirigido, ou seja, beira ao impecável.
    William D.
    William D.

    Seguir usuário 28 seguidores Ler as 63 críticas

    4,5
    Enviada em 4 de dezembro de 2012
    Um filme revolucionário e extremamente contagiante. O cenário do filme diz muito sobre o conteúdo, pois a trama rodeia a falta de água no pequeno vilarejo e se engancha em Leila, a estrangeira que cria voz perante uma cultura de tradições tentando mudar aquilo que os aldeões consideram como normal. E, sua coragem contagia o espectador que observa a repercussão de seu ideal durante o desenvolvimento do filme, e as notórias consequências ...
    Leia Mais
    Alana M.
    Alana M.

    Seguir usuário 12 seguidores Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 21 de abril de 2013
    Simplesmente esplêndido! Trabalha com temas fortes e reais, mas sem abrir mão da beleza e de toques de magia. Veria muitas vezes mais.
    Lee Lee T.
    Lee Lee T.

    Seguir usuário Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 8 de janeiro de 2016
    spoiler:
    muito legalllllllllll!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    5 Comentários do leitor

    Fotos

    24 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Fatos reais originando ficcionais

    A verdadeira origem do filme está em uma notícia de jornal, publicada em 2001, que falava sobre uma aldeia no interior da Turquia e o que as mulheres de lá tinham feito para forçar os seus maridos a resolver o problema de abastecimento de água: uma greve de amor.

    Fonte de inspiração

    Segundo o diretor e roteirista Radu Mihaileanu, o filme foi inspirado na peça "Lisístrata", de Aristófanes, e o humor contido nela.

    Nome do filme

    Ainda segundo ele, o uso da palavra "fonte" deve-se ao fato de que ele considera as mulheres fonte de tudo que é sereno.
    curiosidades

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade França
    Distribuidor PARIS FILMES
    Ano de produção 2011
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 11 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas árabe
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    • andclay
      Lindo filme! ótima história, ótimas atrizes. Se não me engano foi o representante da França a corrida ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Me surpreendi bastante. Super recomendo
    • Meiriellen
      Gosto de Filmes assim, são muito revolucionários. 
    Mostrar comentários
    Back to Top