Minha conta
    A Chave de Sarah
     A Chave de Sarah
    18 de novembro de 2011 No cinema | 1h 51min | Drama
    Direção: Gilles Paquet-Brenner
    |
    Roteiro Serge Joncour, Gilles Paquet-Brenner
    Elenco: Kristin Scott Thomas, Mélusine Mayance, Niels Arestrup
    Título original Elle s'appelait Sarah
    Imprensa
    3,0 3 críticas
    Usuários
    4,1 72 notas, 6 críticas
    Adorocinema
    2,0
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    1942, durante a ocupação alemã na França, na 2ª Guerra Mundial. Sarah Starzynski (Mélusine Mayance) é uma jovem judia que vive em Paris com os pais (Natasha Mashkevich e Arben Bajraktaraj) e o irmão caçula Michel (Paul Mercier). Eles são expulsos do apartamento em que vivem por soldados nazistas, que os levam até um campo de concentração. Na intenção de salvar Michel, Sarah o tranca dentro de um armário escondido na parede de seu quarto e pede que ele não saia de lá até que ela retorne. A situação faz com que Sarah tente a todo custo retornar para casa, no intuito de salvá-lo. Décadas depois, a jornalista Julia Jarmond (Kristin Scott Thomas) é encarregada de preparar uma reportagem sobre o período em que Paris esteve dominada pelos nazistas. Ao investigar sobre o assunto, encontra um elo entre sua família e a história de Sarah.

    Confira a classificação indicativa no Portal Online da Cultura Digital.

    Críticas AdoroCinema

    2,0
    Fraco
    A Chave de Sarah

    História Secreta

    por Francisco Russo
    O nazismo trouxe ao povo alemão uma espécie de culpa inconsciente pelo ocorrido, devido às barbaridades patrocinadas por Hitler. Situação compreensível diante do ufanismo que cegou boa parte das pessoas, seja pela visão torta dos direitos humanos ou pelo real desconhecimento do que estava acontecendo. A Chave de Sarah surge para lembrar que a França também tem culpa no cartório, durante o período em que foi ocupada pelos nazistas, e aponta o dedo mostrando que a sujeira gerada é hoje jogada para debaixo do tapete, como se jamais tivesse existido.O filme traz duas histórias, que se entrelaçam. No presente a jornalista Julia Jarmond (Kristin Scott Thomas, correta) é encarregada de elaborar uma matéria sobre os rastros da presença nazista em Paris. Espaço aberto para o tom de crítica, ao ressaltar a participação de parte da população – diretamente ou pela omissão - quando judeus franceses f

    Trailer

    A Chave de Sarah Trailer Original 2:10
    A Chave de Sarah Trailer Original
    9.023 visualizações
    A Chave de Sarah Trailer (2) Legendado 2:18
    Pela web

    Elenco

    Kristin Scott Thomas
    Personagem : Julia Jarmond
    Mélusine Mayance
    Personagem : Sarah
    Niels Arestrup
    Personagem : Jules Dufaure
    Frédéric Pierrot
    Personagem : Bertrand Tezac

    Críticas dos usuários: eles gostaram

    As melhores e mais úteis críticas
    Mônica C
    Mônica C

    5 seguidores 2 críticas Seguir usuário

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2013
    Filme e elenco perfeitos.Grande final.Super Recomendo. spoiler:
    Fermikfel M.
    Fermikfel M.

    3 seguidores 1 crítica Seguir usuário

    5,0
    Enviada em 25 de dezembro de 2012
    Filme perfeito. Um dos mais emocionantes e melhores que já tive oportunidade de assistir. Vale a pena casa segundo, principalmente o final.
    Roberto R.
    Roberto R.

    1 crítica Seguir usuário

    5,0
    Enviada em 1 de outubro de 2013
    Lindo, emocionante! Triste, mostra q esse mundo foi, é e será governado por idiotas q nada sabem, por isso, não acreditem, no q querem te fazer acreditar. excelentes atuações
    Simone M.
    Simone M.

    7 seguidores 2 críticas Seguir usuário

    5,0
    Enviada em 26 de julho de 2015
    Um dos filmes mais lindos que já assisti. Nos remete a profundas reflexões sobre a vida. Sensacional. Imperdivel. Emocionante...

    Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Vários

    - Exibido na mostra Panorama do Cinema Mundial, no Festival do Rio 2011;- Seu orçamento foi de 10 milhões de euros.

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade França
    Distribuidor -
    Ano de produção 2010
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 1 curiosidade
    Orçamento 10 000 000 €
    Idiomas Francês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes : Melhores filmes do ano 2010, Melhores filmes Drama, Melhores filmes de Drama de 2010.

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Com uma temática interessante,esse filme consegue ser regular e explora pouco o assunto principal.Atuações fracas,nem mesmo Kristin Scott Thomas está em seus melhores dias.-27 de Março de 2018-Dou nota 6/10
    • Senhor Ivan!
      A Guerra,já trouxe muitos e bons filmes.São grandes histórias,muitas delas de muita tristeza.Igual a história que você irá acompanhar em A Chave de Sarah.Um começo triste,quando mostra os irmãos brincando,enquanto soldados entram em sua casa para levá-los.O clima do filme começa a melhorar em meio a essa pequena parte.Mais com o passar do tempo,o filme da uma tremenda reviravolta,e da prioridade a histórias,fora da história principal.Ou seja,cheio de idas e vindas.Os diálogos,são o ponto fraco do filme,principalmente quando se vai ao futuro.Um ponto forte,são as atuações,com rostos desconhecidos,mais que souberam aproveitar a ideia do filme.Nem mesmo,Kristin Thomas,consegue se firmar em sua personagem.
    • Fabr?zia Oliveira
      O tema do filme é "a capacidade que o ser humano tem de ser cruel com seus semelhantes". Aproveitemos para conhecer o que aconteceu e praticar a paz para que jamais ocorra novamente. Tema a parte, o filme tem muitas qualidades. Elenco muito bom...
    Back to Top