Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Jogador Nº 1, Uma Dobra no Tempo e Nada a Perder são as maiores estreias da semana
    Por João Vitor Figueira — 29 de mar. de 2018 às 11:00
    facebook Tweet

    Deixe a Luz do Sol Entrar, comédia romântica francesa com Juliette Binoche, também é destaque.

    1. +

    Às vésperas do feriado de Páscoa, oito estreias e um relançamento ganham o circuito nacional de salas. Alguns dos principais destaques são a aventura Jogador Nº 1, a fantasia Uma Dobra no Tempo e a cinebiografia Nada a Perder - Contra Tudo. Por Todos.

    Com direção de Steven Spielberg, Jogador Nº 1 adapta para os cinemas o romance repleto de referências da cultura pop de Ernest Cline. A aventura high tech futurista se passa em um futuro em que a humanidade busca entretenimento e escapismo em uma plataforma virutal chamada OASIS. O jogo de realidade virtual se torna o palco de uma competição sem precedentes quando o criador da OASIS (Mark Rylance) morre, deixando pistas que iniciam uma verdadeira corrida pelo tesouro. O longa-metragem é protagonizado por Tye Sheridan, que vive o personagem Wade Watts.

    Também baseado em um romance, Uma Dobra do Tempo leva para as telonas uma saga multidimensional criada pela autora Madeleine L'Engle. Com direção de Ava DuVernay, o longa-metragem produzido pela Disney acompanha uma menina (Storm Reid) que busca o paradeiro do pai, um cientista desaparecido. A trajetória dela passa por lugares distintos do universo quando a criança conhece três mulheres fantásticas interpretadas por Oprah WinfreyReese Witherspoon e Mindy Kaling.

    Com recorde de ingressos comercializados na pré-venda (mais de três milhões), Nada a Perder - Contra Tudo. Por Todos chega aos cinemas e dramatiza a história de vida de Edir Macedo, líder neopentecostal que fundou a Igreja Universal do Reino de Deus. O personagem é principal é vivido por Petrônio Gontijo e o filme é dirigido por Alexandre Avancini, de Os Dez Mandamentos - O Filme.

    Estrelada por Juliette Binoche, a produção francesa Deixe a Luz do Sol Entrar marca uma rara incursão da diretora Claire Denis pelo gênero da comédia romântica. Zama, de Lucrecia Martel, é o primeiro longa-metragem dramático da realizadora argentina desde A Mulher Sem Cabeça (2008), e adapta o romance homônimo de Antonio Di Benedetto. O filme as angústias um funcionário da coroa espanhola em uma remota colônia no final do século XVIII e conta com Matheus Nachtergaele no elenco.

    Completam o circuito a comédia dramática francesa Madame, estrelada por Toni Collette, Harvey Keitel, Rossy de Palma; o documentário Górgona, sobre a atriz Maria Alice Vergueiro; o documentário Árvores Vermelhas, coprodução Brasil-Reino Unido-EUA dirigida por Marina Willer; e o clássico Stromboli, de Roberto Rossellini, originalmente lançado em 1950.

    Para informações sobre os horários das sessões, acesse nosso guia de programação.

    Confira abaixo os trailers, críticas e a opinião da imprensa sobre os filmes que estreiam nesta semana.

    Jogador Nº 1: "Se Steven Spielberg não inventou a diversão, certamente é o maior embaixador vivo do entretenimento [...] O cineasta entrega, com Jogador Nº1, um de seus blockbusters juvenis mais relevantes dos últimos tempos" Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Uma Dobra no Tempo: Leia a opinião da imprensa.

     

    Nada a Perder - Contra Tudo. Por Todos:

     

    Deixe a Luz do Sol Entrar: " Um pouco diferente, mas ainda a mesma, Claire Denis faz bem em lembrar que amar não é tão fácil, divertido e leve como o cinema tantas vezes faz parecer." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Zama: "Lucrecia gera uma experiência atordoante, desafiadora porém marcante, que encena com perfeição o livro homônimo em que se baseia, de Antonio di Benedetto. A cineasta argentina constrói cinematograficamente um suspense que brota da fenda da linguagem, das elipses do texto para a cena, e isso realça perfeitamente uma proposta tradicional da autora." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Madame: Leia a opinião da imprensa.

     

    Górgona: "O resultado vale como recorte de uma arte em risco. A estética amadora condiz com o desejo de fazer teatro a qualquer custo, mesmo que esta forma se revele incapaz de imprimir distanciamento e, por consequência, uma reflexão social e artística sobre esta precariedade" Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Árvores Vermelhas: Leia a opinião da imprensa.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Alan Bitencourt
      O próximo filme que eu vou assisti depois de ter assistido: Circulo de Fogo 2 é O Jogador de N° 1.
    • Ana Karina L.
      Zama com Matheus Nachtergaele deve ser ótimo, além de Jogador n° 1 e Uma dobra no tempo.
    • Wallace Dad
      jogador n* 1 é muito bom. recomendo.
    • Marcos Adriano Dams
      Nada de Bom
    • Vidamell Vida R.
      Jogador N° 1, Uma dobra no tempo e talvez Nada a Perder.
    Mostrar comentários
    Back to Top