Meu AdoroCinema
Perdidos no Espaço (2018)
Críticas dos usuários
Críticas da imprensa
Média
4,1
396 notas e 68 críticas
34% (23 críticas)
15% (10 críticas)
12% (8 críticas)
7% (5 críticas)
18% (12 críticas)
15% (10 críticas)
Você assistiu Perdidos no Espaço (2018) ?
Fabio V.
Fabio V.

Segui-los Ler as 7 críticas deles

5,0
Enviada em 14/04/18
Ótima releitura da série classica, a série é uma adaptação da série clássica para os dias atuais, com temas bem atuais, destaque para a Dra Smith. Recomendo a série para os antigos fans e para pessoas que não conhecem a série clássica.
Larissa B.
Larissa B.

Segui-los Ler a crítica deles

5,0
Enviada em 14/04/18
Série uito boa. Te prende do começo ao fim...ADOREI... ansiosa pela segunda temporada!!! Fotografia e efeitos especiais ótimos. Podem ver sem medo!
Valdemi G.
Valdemi G.

Segui-los Ler a crítica deles

4,0
Enviada em 14/04/18
A qualidade dos efeitos especiais chama mais a atenção do que a falta do elenco famoso, tomara que tenha a temporada 2, so parei de ver quando acabou o último capítulo da temporada 1.
Jhessiny M.
Jhessiny M.

Segui-los Ler as 2 críticas deles

1,0
Enviada em 06/05/18
--------------------------------------------------------- A serie deveria estar na categoria infantil.
Rodrigo M.
Rodrigo M.

Segui-los 11 seguidores Ler a crítica deles

2,5
Enviada em 17/04/18
A coisa que me deixou mais irritado foi que a motivação da vila Dra. Smith não foi o suficiente para as coisas que ela arquitetou e fez. A série deixa várias coisas passarem superficialmente como por exemplo quando o spoiler: Will manda o robô pular do penhasco e ninguem pergunta aonde ele esta. E como a Dra. sabia aonde achar depois tmb nao foi explicado!!! Algumas coisas davam pra ser resolvidas bem simplesmente ou poderiam ser feitas de uma forma que fizesse a gente achar que foi dificil. spoiler: COMO EM TÃO POUCO TEMPO ELES CONSEGUIRAM DISTRIBUIR E ABASTECER TODAS AS NAVES COM OS DEJETOS DAQUELES BICHOS. É tanta coisa que vou parar de escrever! rsrs Mais a pior coisa foi a reviravolta na batalha final do robô; spoiler: do nada ele fica bonzinho outra vez... enfim, eu to irritado pq eu realmente queria gostar dessa serie!
Marcos Paulo S.
Marcos Paulo S.

Segui-los Ler a crítica deles

1,5
Enviada em 14/04/18
Inicialmente pareceu interessante, porém ao longo da série foi ficando repetitivo. A vilã fica muito forçada e a história previsivel. Os atores são razoáveis. Infelizmente poderiam ter aproveitado melhor a oportunidade do remake. Espero que as próximas temporadas sejam mais próximas do que foi a série original.
Dione M.
Dione M.

Segui-los Ler a crítica deles

4,0
Enviada em 14/04/18
A série foi atualizada e incluiu relacionamentos mais modernos, eu gostei e recomendo...as cenas de ação e tensão são ótimas também!
Phellanis
Phellanis

Segui-los 3 seguidores Ler as 135 críticas deles

5,0
Enviada em 23/04/18
Como é bom ver essas produções originais Netflix, cada vez melhor, e sim "Perdidos dos Espaço" é a melhor série que eu já vi a Netflix produzir, elenco maravilhosamente escolhido, narrativa fácil, trilha sonora impecável, dramatização bem abordada, efeitos visuais ótimos, quero ver como será desenvolvida a trama da segunda temporada.
Marçal R.
Marçal R.

Segui-los Ler a crítica deles

Sobre   Perdidos no Espaço (2018) - temporada 1
3,0
Enviada em 08/08/18
A série é boa, porém longe de ser classificada como ótima. Eu gostei bastante dos primeiros episódios, no primeiro desafio enfrentado pela família robinson. Credito essa satisfação minha ao fato de conter muitas cenas de ação, de suspense e pela série possuir uma introdução que prende a atenção. De fato, os efeitos espaciais são convincentes, enquanto que aqueles filmados no planeta não nomeado não convencem em nenhum momento que é extraterrestre. Como já vem se tornando praxe, a Netflix enaltece as personagens femininas, o que não é ruim, porém em detrimento das personalidades masculinas. Todos os personagens masculinos não sabem tomar decisões de peso, são abobalhados e altamente dependentes. Em um época em que se busca a tão almejada igualdade de gêneros, isso é legal? Não. A Netflix aparenta não saber construir personagens femininas fortes ao lado de personagens homens igualmente fortes. Em um família só pode existir um gênero que é destemido? Ridiculo isso. O problema maior é que isso não é caracteristica de uma serie isolada, é uma tendência da Netflix, que simplesmente pega temáticas sociais modernas, como o feminismo, e joga em suas séries, sem, entretanto, construir um roteiro contundente. E isso é o gancho para outro problema da série: a construção de personagens é fraquissima. Todos, inclusive as mulheres destemidas, se deixam levar por qualquer mentirinha besta, principalmente advinda da Dra. Smith. Chega a ser tosco. O personagem chega para acusa-la de algo totalmente convencido e por ela soltar um "não fui eu, voce deve estar equivocada, eu me importo com todos aqui..." e mais bla bla bla, a pessoa simplesmente faz cara "estou confuso, eu tinha certeza, mas se ela negou, então to errado, pois se eu estivesse certo ela simplesmente admitiria". As manipulações realizadas pela Dra. Smith não convencem o telespectador em nenhum momento, são fracas, fazias e toscas. A atuação da atriz, em si, é bastante fraca, se resumindo num total de 3 expressões faciais durante toda a série. Ademais, as coisas não são justificadas! Conforme outro telespectador aqui destacou, várias situações ocorrem de forma miraculosa. spoiler: Como a Dra. Smith sabia exatamente onde encontrar o robô após Will jogá-lo do penhasco? Ela não o seguiu quando ele saiu pro penhasco com o robô e Will não comentou a localização com ninguém! O personagem que identificou a pedra do will como sendo biomassa que podia ser convertida em combustível afirmou que eles precisariam de muuuuito dessa substância, até porque são diversas Jupiteres, pesando centenas de toneladas, com tanques de combustível gigantescos. E mais, não era o combustível em sua forma perfeita, era algo substitutivo, ou seja, não possui a mesma eficiência. Ai, eles coletando aquilo através de raspinhas cortadas com FAQUINHAS, de forma lenta para ser silencioso, em POUQUISSIMAS HORAS, e ainda sendo surpreendidos por um ataque dos animais que ali viviam, conseguiram coletar o suficiente???? COMO ASSIM? NÃO CONVENCE!. Outra coisa, três personagens estavam convencidos de que a Dra Smith havia roubado uma identidade alheia, sendo o primeiro o mecanico Don, depois a Judy e depois Maureen (não se escrevi certo) e só porque a mulher faz um discurso lamurioso, vitimista, tosquissimo, ficam com cara de "estou confuso" e vão embora sem fazer NADA? E pior, sem comentar isso com ninguém ou mesmo passar a investigá-la e supervisioná-la? É muito tosco, não convence. No final das contas, é uma série que pega uma temática muito legal e não investe em um roteiro robusto com uma construção de personagens - todos - convincente e realista. Isso se aplica a tudo na Netflix, pegam temáticas sociais modernas, como a igualdade de gênero e o empoderamento feminino, centram nisso, para pagarem de politicamente corretos e que se importam com essas questões e só. Roteiro, casting e construção de personagens deixam totalmente de lado. Únicas atuações boas são a do casal Robinson, Toby Stephens e Molly Parker e do guri, Maxwell Jenkins.
gabriel c.
gabriel c.

Segui-los Ler a crítica deles

1,0
Enviada em 15/04/18
Série sacal. O começo prende a atenção por ser fã de uma boa ficção ou falta de opção, a atuação razoável e os efeitos bons logo dão lugar a uma massante enxurrada de enredos mal conectados, dramas pessoais motivados por escolhas pífias que não cativam e um vilão dos piores que a Netflix já ofereceu. Dr Smith é um personagem egocêntrico medroso e calculista na sua essência. Das boas escolhas de repaginação que a série escolheu, trocar a essência do vilão foi a pior sendo um dos elementos mais insatisfatório durante a experiência. Não bastando sobreviver a um planeta que por si só já é cruel os Robsons ainda tem que lidar com uma Dra Smith que é má por sem nenhum motivo não convencendo. A série toda vemos a personagem mentir e tramar, deixando nos lá pelo terceiro episódio com ânsia de vômito. O enredo tem brechas e furos que não convencem, nos dando a sensação de sermos toda hora enganados e convencidos a aceitar, nos fazendo pensar que está ficção não crível foi feita para crianças. A nova formação da família Robson, também não me satisfez. Com uma mulher no comando e uma homem de formação militar toda hora correndo atrás de sua mulher, lutando pelo "direito" de ser pai com uma mulher com suas visíveis carências e falhas de caráter (como todo humano) que tem a posse de seus filhos e decide o quanto ele pode atuar na família, com a desculpa de que ele os abandonou sendo que a série mostra um soldado que foi a guerra pois este é o seu chamado. Todas as outras escolhas são okays, como um planeta povoado, um robô não explicado ou uma sociedade utópica onde um ser humano se forma em medicina com 18 anos, mas as partes ruins afundam a experiência, arrastando os por 10 capítulos. Como tudo que a Netflix fax, tem potencial mas foi muito mal executado spoiler: .
Marcio F.
Marcio F.

Segui-los Ler as 5 críticas deles

0,5
Enviada em 07/05/18
Poderia ser boa. Terminei o oitavo episódio e está sendo difícil terminar a temporada. O roteiro é péssimo e não prende a atenção. A vilã é patética. Deveria chamar "Perdidos no roteiro". Uma das piores séries do Netflix. Não percam tempo.
QG
QG

Segui-los Ler as 36 críticas deles

0,5
Enviada em 04/05/18
Muitooooooo chata mesmo e não percam seu tempo com isso um remeik xexelento da primeira versão o que salva são os efeitos especiais o resto não presta.
Danilo S.
Danilo S.

Segui-los Ler a crítica deles

5,0
Enviada em 01/05/18
Ótima série! apesar de algumas coisinhas sem nexo, ainda está de parabéns. Esse universo estelar e interplanetário com a qualidade nos efeitos, netflix está de parabéns, a série só tende a crescer a cada episódio, vale a pena assisitir. Aguardando ansioso a segunda temporada.
PAULO L.
PAULO L.

Segui-los Ler a crítica deles

1,0
Enviada em 15/04/18
Bem fraquinha, infelizmente.... Enredo bobo, personagens fracos, atores (maioria) também fracos. Acontecimentos previsíveis, parecendo novela. Comecei a ver super empolgado, mas já no meio do primeiro episódio percebi que não seria boa. Percebi uma direção fraca, não atenta aos detalhes, aos diálogos, ao enredo. A série não acontece, não prende, não dá vontade de seguir. Parece série infantil. A apelação patética, emocional, clichê, entre o menino e o robô dá vontade de desligar a tv. Parece novela mexicana. A vilã de carteirinha também ninguém merece, dá para saber praticamente tudo que vai acontecer com ela, suas vitórias e suas derrotas, de tão fraco e previsível que é o enredo.Tentei o segundo episódio, mas a coisa só piora. Nos 20 minutos do terceiro desisti de vez. Aí confesso que fui apenas adiantando até o final de cada episódio até o último. Uma pena, tinha grandes expectativas por ser uma nova versão da querida série antiga. Mas, infelizmente, a qualidade das produções originais da Netiflix estão cada vez piores. Acho que ela anda pagando pouco e contratando profissionais meia boca.... rs
Tereza R.
Tereza R.

Segui-los Ler a crítica deles

3,0
Enviada em 13/04/18
Não gostei que os problemas psicológicos e de relacionamento pessoal contaminaram a série! Perdidos no Espaço não era sobre isso! Muito drama...
Back to Top