Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Perdidos no Espaço (2018)
    Críticas dos usuários
    Críticas da imprensa
    Média
    4,1
    519 notas e 75 críticas
    distribuição de 75 críticas por nota
    25 críticas
    8 críticas
    6 críticas
    8 críticas
    14 críticas
    14 críticas
    Você assistiu Perdidos no Espaço (2018) ?
    Fabio V.
    Fabio V.

    Segui-los Ler as 10 críticas deles

    5,0
    Enviada em 14 de abril de 2018
    Ótima releitura da série classica, a série é uma adaptação da série clássica para os dias atuais, com temas bem atuais, destaque para a Dra Smith. Recomendo a série para os antigos fans e para pessoas que não conhecem a série clássica.
    Larissa B.
    Larissa B.

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 15 de abril de 2018
    Série uito boa. Te prende do começo ao fim...ADOREI... ansiosa pela segunda temporada!!! Fotografia e efeitos especiais ótimos. Podem ver sem medo!
    Valdemi G.
    Valdemi G.

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 14 de abril de 2018
    A qualidade dos efeitos especiais chama mais a atenção do que a falta do elenco famoso, tomara que tenha a temporada 2, so parei de ver quando acabou o último capítulo da temporada 1.
    Rodrigo M.
    Rodrigo M.

    Segui-los 11 seguidores Ler a crítica deles

    2,5
    Enviada em 17 de abril de 2018
    A coisa que me deixou mais irritado foi que a motivação da vila Dra. Smith não foi o suficiente para as coisas que ela arquitetou e fez. A série deixa várias coisas passarem superficialmente como por exemplo quando o spoiler: Will manda o robô pular do penhasco e ninguem pergunta aonde ele esta. E como a Dra. sabia aonde achar depois tmb nao foi explicado!!! Algumas coisas davam pra ser resolvidas bem simplesmente ou poderiam ser feitas de uma forma que fizesse a gente achar que foi dificil. spoiler: COMO EM TÃO POUCO TEMPO ELES CONSEGUIRAM DISTRIBUIR E ABASTECER TODAS AS NAVES COM OS DEJETOS DAQUELES BICHOS. É tanta coisa que vou parar de escrever! rsrs Mais a pior coisa foi a reviravolta na batalha final do robô; spoiler: do nada ele fica bonzinho outra vez ... enfim, eu to irritado pq eu realmente queria gostar dessa serie!
    Dione M.
    Dione M.

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 14 de abril de 2018
    A série foi atualizada e incluiu relacionamentos mais modernos, eu gostei e recomendo...as cenas de ação e tensão são ótimas também!
    QG
    QG

    Segui-los Ler as 42 críticas deles

    0,5
    Enviada em 4 de maio de 2018
    Muitooooooo chata mesmo e não percam seu tempo com isso um remeik xexelento da primeira versão o que salva são os efeitos especiais o resto não presta.
    Marcio F.
    Marcio F.

    Segui-los Ler as 5 críticas deles

    0,5
    Enviada em 7 de maio de 2018
    Poderia ser boa. Terminei o oitavo episódio e está sendo difícil terminar a temporada. O roteiro é péssimo e não prende a atenção. A vilã é patética. Deveria chamar "Perdidos no roteiro". Uma das piores séries do Netflix. Não percam tempo.
    Jhessiny M.
    Jhessiny M.

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    1,0
    Enviada em 6 de maio de 2018
    --------------------------------------------------------- A serie deveria estar na categoria infantil.
    gabriel c.
    gabriel c.

    Segui-los Ler a crítica deles

    1,0
    Enviada em 15 de abril de 2018
    Série sacal. O começo prende a atenção por ser fã de uma boa ficção ou falta de opção, a atuação razoável e os efeitos bons logo dão lugar a uma massante enxurrada de enredos mal conectados, dramas pessoais motivados por escolhas pífias que não cativam e um vilão dos piores que a Netflix já ofereceu. Dr Smith é um personagem egocêntrico medroso e calculista na sua essência. Das boas escolhas de repaginação que a série escolheu, trocar a essência do vilão foi a pior sendo um dos elementos mais insatisfatório durante a experiência. Não bastando sobreviver a um planeta que por si só já é cruel os Robsons ainda tem que lidar com uma Dra Smith que é má por sem nenhum motivo não convencendo. A série toda vemos a personagem mentir e tramar, deixando nos lá pelo terceiro episódio com ânsia de vômito. O enredo tem brechas e furos que não convencem, nos dando a sensação de sermos toda hora enganados e convencidos a aceitar, nos fazendo pensar que está ficção não crível foi feita para crianças. A nova formação da família Robson, também não me satisfez. Com uma mulher no comando e uma homem de formação militar toda hora correndo atrás de sua mulher, lutando pelo "direito" de ser pai com uma mulher com suas visíveis carências e falhas de caráter (como todo humano) que tem a posse de seus filhos e decide o quanto ele pode atuar na família, com a desculpa de que ele os abandonou sendo que a série mostra um soldado que foi a guerra pois este é o seu chamado. Todas as outras escolhas são okays, como um planeta povoado, um robô não explicado ou uma sociedade utópica onde um ser humano se forma em medicina com 18 anos, mas as partes ruins afundam a experiência, arrastando os por 10 capítulos. Como tudo que a Netflix fax, tem potencial mas foi muito mal executado spoiler: .
    Glauco P.
    Glauco P.

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 15 de abril de 2018
    Chata chata, muita enrolação e repetição de fatos aleatórios que acabam por estragar os planos de alguma forma, mas sempre com uma saída engenhosa dos gênios do espaço. A vilã não tem pé nem cabeça, o povo é tão inteligente mas cai feito patinho na lábia dela, da até raiva. O roteiro diversas vezes pula sem dar explicação do que aconteceu e do nada está tudo resolvido, massante até o final, quando da expectativa de ficar massa, mas ai acaba. Um ponto positivo está em ressaltar a insignificância do ser humano no universo, mas nada muito espetacular. Por fim, de espaço não tem quase nada, se colocassem como plano de fundo eles estarem fugindo de desastres climáticos ainda na Terra, ninguém ia notar a diferença, só tem mato e natureza selvagem. É possível comparar ao No Man's Sky, promete mas não entrega.
    PAULO L.
    PAULO L.

    Segui-los Ler a crítica deles

    1,0
    Enviada em 15 de abril de 2018
    Bem fraquinha, infelizmente.... Enredo bobo, personagens fracos, atores (maioria) também fracos. Acontecimentos previsíveis, parecendo novela. Comecei a ver super empolgado, mas já no meio do primeiro episódio percebi que não seria boa. Percebi uma direção fraca, não atenta aos detalhes, aos diálogos, ao enredo. A série não acontece, não prende, não dá vontade de seguir. Parece série infantil. A apelação patética, emocional, clichê, entre o menino e o robô dá vontade de desligar a tv. Parece novela mexicana. A vilã de carteirinha também ninguém merece, dá para saber praticamente tudo que vai acontecer com ela, suas vitórias e suas derrotas, de tão fraco e previsível que é o enredo.Tentei o segundo episódio, mas a coisa só piora. Nos 20 minutos do terceiro desisti de vez. Aí confesso que fui apenas adiantando até o final de cada episódio até o último. Uma pena, tinha grandes expectativas por ser uma nova versão da querida série antiga. Mas, infelizmente, a qualidade das produções originais da Netiflix estão cada vez piores. Acho que ela anda pagando pouco e contratando profissionais meia boca.... rs
    Marcos Paulo S.
    Marcos Paulo S.

    Segui-los Ler a crítica deles

    1,5
    Enviada em 14 de abril de 2018
    Inicialmente pareceu interessante, porém ao longo da série foi ficando repetitivo. A vilã fica muito forçada e a história previsivel. Os atores são razoáveis. Infelizmente poderiam ter aproveitado melhor a oportunidade do remake. Espero que as próximas temporadas sejam mais próximas do que foi a série original.
    Ricardo P.
    Ricardo P.

    Segui-los Ler a crítica deles

    2,0
    Enviada em 22 de abril de 2018
    Atuações não tão boas, personagens irritantes. Não recomendo que as pessoas assistam, é perda de tempo.
    Alexandre C.
    Alexandre C.

    Segui-los Ler a crítica deles

    2,0
    Enviada em 16 de abril de 2018
    Não tem absolutamente nada a ver com a série antiga. Neste sentido é um lixo! Nada mesmo! Então, esqueçam esse papo de remake. É uma outra série, uma outra história, outros personagens, outros tempos (o que não valoriza , em nada, esta nova série) etc etc etc...Vou ver até onde consigo acompanhar, mas, no segundo episódio, já estou me desinteressando. Perderam a oportunidade de reviver um clássico glamouroso e grandioso.
    Aprenda3D R.
    Aprenda3D R.

    Segui-los Ler a crítica deles

    1,0
    Enviada em 20 de abril de 2018
    Não se trata de reamake, as únicas coisas que remetem ao antigo e saudoso "Perdidos no Espaço" do meu ponto de vista é a musiquinha quando começa, os nomes dos principais, ter um robô, uma nave e eles estarem perdidos não sei se é no espaço, pois estão em um lugar identico a terra. Ainda nao terminei, estou na metade da temporada, e estou pensando seriamente se ainda vou perder meu tempo, pois até agora não aconteceu nada que me de pontos positivos e me chame a atenção para continuar, pois acontece fatos tão bobinhos com o fato de estarem em um lugar estranho, irrelevante para o enredo até agora na metade q estou. Esta insuportável as caras e bocas que os personagens principais fazem do tipo eu sou o bom, intelegente, é fácil pra mim, sei de tudo, aff, parecem q um quer demonstrar q sabe mais q o outro, expressões exageradas de arrogancia de sabedoria, ...etc. Pior ainda é ver q as tomadas de camera ficam focadas na Dra Smith e a tal com aquelas expressões de que esta aprontando, ou que vai fazer algo, espere pra ver, e já estou na metade e ela, só fez isso até agora, a não ser ter aprontado no primeiro episódio e acho q no segundo deixando para trás o personagem Dom. Em fim na metade e nao acontece nada, acho q se vai acontecer vai ter algo a ver com o Robô, pois até agora esta um mistério por trás dele, se sabe o q ele fez, mas nao da para imaginar se ele vai mesmo ser amigo fiel dos Robinsons. Acho muito investimento pra pouca produção, na série antiga os episodios duravam acho q uns 30 min e acontecia uma história que começava e terminava, não é este o caso. Lamentável até agora.
    Back to Top