Meu AdoroCinema
Federico Fellini
facebookTweet
Atividades Roteirista, Diretor, Ator mais
Nacionalidade Italiano
Nascimento 20 de janeiro de 1920 (Rimini, Romagna, Itália)
Morte 31 de outubro de 1993 aos 73 anos de idade
64
anos de carreira
30
filmes e séries lançados

Biografia

- - Casou-se com Giulietta Masina, com quem havia trabalhado no começo de carreira e com quem ficou a vida inteira, até sua morte em 1993, no ano em que completava 50 anos de casado.- Foi cartunista quando jovem.- Aos 7 anos de idade fugiu da escola para o circo, voltando dias depois para casa.

Filmografia

Nine
Nine
29 de janeiro de 2010
A Voz da Lua
A Voz da Lua
Data de lançamento desconhecida
Intervista
Intervista
Data de lançamento desconhecida
Ginger e Fred
Ginger e Fred
Data de lançamento desconhecida
E La Nave Va
E La Nave Va
Data de lançamento desconhecida
Cidade das Mulheres
Cidade das Mulheres
Data de lançamento desconhecida
Ensaio de Orquestra
Ensaio de Orquestra
Data de lançamento desconhecida
Casanova de Fellini
Casanova de Fellini
Data de lançamento desconhecida
Toda a filmografia Melhores filmes / séries

Fotos

Notícias

Cidade de Deus está entre os 100 melhores filmes estrangeiros de todos os tempos
NOTÍCIAS - Visto na Web
domingo, 4 de novembro de 2018
Mostra de cinema fará retrospectiva de Luchino Visconti, diretor de Morte em Veneza
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018
De 1º a 14 de março em São Paulo.
Em Busca de Fellini: Fã de Federico Fellini se emociona ao assistir A Estrada da Vida em novo clipe (Exclusivo)
NOTÍCIAS - Visto na Web
quinta-feira, 23 de novembro de 2017
O filme conta a história de uma jovem que dedica boa parte de seu tempo a assistir clássicos do cineasta italiano.
11 notícias sobre esta personalidade
Comentários
  • Rafael Vespasiano
    Noites de cabíria:     Mais uma obra-prima de Fellini! Uma de suas várias! Cabíria é uma prostituta vivida por Masina, que mesmo levando uma vida difícil, cheia de privações e de amargura, procura viver de forma alegre e divertida, exalando humor e alegria, o que prova que podemos ser alegres, mesmo enfretando dificuldades em nossas vidas. Uma aula de cinema e de vida, dada pelo gênio do cinema: Federico Fellini! Nota: 10.  
  • MExenberger
    Já vi vários, mas La Doce Vida é o que mais me encanta, principalmente pela presença de Anita Ekberg. Ela é um sonho que enche a tela de sexo, sensualidade e beleza.
  • Rafael Vespasiano
    Em "Entrevista", Fellini brinca com suas reminiscências, coisa que já tinha feito, de certa forma, em "Amarcord"; naquele é brilhante como o diretor faz sua autobiografia cinematográfica e faz várias referências a diversos filmes do cinema mundial que marcaram a sua vida; a narração do próprio Fellini é um prato cheio para seus admiradores; a homenagem que ele faz ao famoso estúdio de cinema italiano é merecida, pois lá foram feitos vários filmes emblemáticos do cinema mundial. Como sempre Fellini nos presenteia com um belíssimo filme saudosista. nota: 8,0.
  • Rafael Vespasiano
    Os Boas-vidas: Vemos aqui os chamados "filhinhos de papai", também denominados "playboys". Fellini mostra com muito humor a vida inútil que vivem rapazes de uma cidade pequena da Itália, que só pensam em festas, bebidas e mulheres e, nada de trabalhar e se sustentarem por conta própria, vivendo às custas do suor do trabalho dos pais, verdadeiros sanguessugas, como o próprio título do filme diz: "Os Boas-Vidas". nota: 8,0.
  • Rafael Vespasiano
    Julieta dos espíritos:Uma obra-prima de Fellini. Com interpretação magistral de sua esposa, na vida real, Giuleta Masina. Dessa vez Fellini explora o desgaste no relacionamento conjugal entre a personagem vivida por Masina e seu esposo no filme. Uma aula de direção! O filme é belíssimo misturando, como sempre na filmografia Felliniana, o surreal com o real. nota: 9,0.
  • Rafael Vespasiano
    Satyricon:     Adaptação do clássico da literatura universal, Satíricon, de Petrônio; Fellini faz uma belíssima e pessoal adaptação para o cinema, de forma humorística (com aquele típico humor denominado "Felliniano", visto que este adjetivo já foi dicionarizado), com cenários surreais e extravagantes (ponto forte do filme!); mesmo tratando de um tema difícil, o homossexualismo, Fellini nos presenteia com uma obra de arte. nota: 7,0.
  • priscababy
    Meu querido amigo novamente Meu nome é Priscila, estou interessado em entrar em relação com você, e dá-me um prazer entrar em contato com você depois de ver o seu perfil eu vou ficar muito feliz se você tem o desejo de entrar em contato comigo novamente com o meu endereço de e-mail privado e = prscababy68@yahoo.co.uk () para que eu possa lhe dizer mais sobre mim com as minhas fotos, obrigado. tente novamente em resposta direta ao meu e-mail privado (prscababy68@yahoo.co.uk)---------------------------------------------------------------------------------My dear friend again My name is Prisca, I am interested in entering into relationship with you, and give me a pleasure to contact you after viewing your profile i will be very happy if you have the desire to contact me again with my email address private e = (prscababy68@yahoo.co.uk) so I can tell you more about me with my photos, thanks. try again in direct response to my email address private (prscababy68@yahoo.co.uk)
  • Rafael Vespasiano
    A Trapaça:"A Trapaça", de 1955, é mais um belíssimo filme do grande diretor italiano Federico Fellini, de clássicos como: "A Doce Vida", "Noites de Cabíria", "Julieta dos Espíritos", "Fellini Oito e Meio", "A Estrada da Vida", "Abismo de um Sonho", entre outras obras-primas. Nesse "A Trapaça", Fellini mostra um grupo de trapaceiros, que anda pela Itália aplicando golpes, que sempre se tornam situações hilariantes. É uma comédia divertidíssima e inteligente. Um dos golpistas quer abandonar esta vida, para se tornar um bom exemplo para sua filha, aqui estão os episódios mais dramáticos do filme. Outro trapaceiro mente para a esposa (a excelente Giuletta Masina, esposa na vida real do diretor Fellini), dizendo que trabalha num emprego comum em outras cidades, tudo mentira! Dessa forma, Fellini mescla muito bem a comédia e o drama. Só podia ser um filme desse gênio do cinema: Federico Fellini! Dez!
  • Carlos
    Para mim, o maior cineasta italiano, junto com Sérgio Leone. Fellini era humano, e demonstrava isso em seus filmes. Nos encantava com a simplicidade de sermos pessoas...e nada mais do que isso. Detalhe que ele dava em seus filmes a mesma ênfase seja para pessoas pobres ou ricas.....o mendigo, a prostituta, o louco, todos estes faziam parte da grande família humana para Fellini.
  • Carlos
    A parceria com Nino Rota deu muito certo para os filmes de Fellini. A obra dele intitulada "Amarcord" contêm uma das mais belas e singelas canções da história do cinema.
Mostrar comentários
Back to Top