Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Viagem de Meu Pai celebra a relação entre pais e filhas, afirma o diretor Philippe Le Guay
    Por Bruno Carmelo — 11 de ago. de 2016 às 14:15
    facebook Tweet

    Nós conversamos com o cineasta francês sobre a comédia dramática.

    No começo, a peça de teatro "Le Père" parecia impossível de adaptar. Mas o cineasta francês Philippe Le Guay, um fã de adaptações da literatura e do teatro, decidiu modificar a história e levá-la ao cinema com dois grandes atores: Jean Rochefort no papel de um homem idoso e chantagista, e Sandrine Kiberlain como a filha ocupada que tenta entendê-lo.

    O AdoroCinema conversou em exclusividade com o diretor sobre A Viagem de Meu Pai durante o Festival Varilux de Cinema Francês. Ele evoca temas que passam da importância das relações pai-filha ao aspecto tipicamente francês do humor - ou seria anglo-saxão? Le Guay ainda revela a inspiração surpreendente no trabalho de Yasujiro Ozu.

    A comédia dramática já está em cartaz nos cinemas.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top