Meu AdoroCinema
A Menina que Roubava Livros
A Menina que Roubava Livros
Data de lançamento 31 de janeiro de 2014 (2h 11min)
Direção:
Elenco: Geoffrey Rush, Emily Watson, Sophie Nélisse mais
Gênero Drama
Nacionalidades EUA, Alemanha
Ver o trailer
Assista online
Imprensa
3,0 20 críticas
Usuários
4,53466 notas e 262 críticas
Adorocinema
3,0
notar :
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4
4.5
5
Vou ver

Sinopse e detalhes

Não recomendado para menores de 10 anos

Durante a Segunda Guerra Mundial, uma jovem garota chamada Liesel Meminger (Sophie Nélisse) sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo (Geoffrey Rush), ela aprende a ler e partilhar livros com seus amigos, incluindo um homem judeu (Ben Schnetzer) que vive na clandestinidade em sua casa. Enquanto não está lendo ou estudando, ela realiza algumas tarefas para a mãe (Emily Watson) e brinca com a amigo Rudy (Nico Liersch).

Título original

The Book Thief

Distribuidor Fox Film do Brasil
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 2013
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 3 curiosidades
Bilheteria no Brasil 1 362 395 entradas
Orçamento 35 000 000 $
Idiomas Inglês, Alemão
Formato de produção -
Cor Colorido
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -

Assista ao filme

Online
Alugar
Veja todos os filmes online

Críticas AdoroCinema

3,0
Legal
A Menina que Roubava Livros

Emoção fast food

por Lucas Salgado
Adaptação de obra homônima de Markus Zusak, A Menina que Roubava Livros conta a história da jovem Liesel Meminger, uma garota que vive com os pais adotivos na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. Apaixonada por livros, ela acaba desenvolvendo o hábito de "roubar" obras para ler para o amigo Max, um judeu que mora clandestinamente em sua casa.Narrada pela Morte, de forma inconstante, mas curiosa, a trama tem como ponto mais interessante a relação entre Liesel (Sophie Nélisse) e seu amiguinho Rudy (Nico Liersch). Os jovens estão bem naturais e transmitem bem a inocência e, ao mesmo tempo, a vontade de descobrir o mundo das crianças.Os ótimos Geoffrey Rush e Emily Watson vivem os pais adotivos da protagonista, papéis quadrados e pouco complexos. Rush é o pai acolhedor e que tem momentos de quase criança, enquanto que Watson é o centro da família, uma figura dura e mal-humorada. Os per...
Ler a crítica
A Menina que Roubava Livros Trailer Legendado 2:17
A Menina que Roubava Livros Trailer Legendado
150 216 visualizações
A Menina que Roubava Livros Trailer Original 2:22

Entrevistas, making-ofs e cenas

A Menina que Roubava Livros Making of Legendado 1:16
A Menina que Roubava Livros Making of Legendado
1 629 visualizações
A Menina que Roubava Livros Making of (1) Original 1:16
A Menina que Roubava Livros Making of (1) Original
342 visualizações
15 vídeos
Pela web

Elenco

Geoffrey Rush
Personagem : Hans Hubermann
Emily Watson
Personagem : Rosa Hubermann
Sophie Nélisse
Personagem : Liesel Meminger
Ben Schnetzer
Personagem : Max Vanderburg
Ficha completa

Críticas da imprensa

  • Cinema10
  • Blogs Pop
  • Cinepop
  • Diário de Pernambuco
  • Preview
  • Almanaque Virtual
  • A Tarde
  • Cineweb
  • Folha de São Paulo
  • Gazeta do Povo
  • Rolling Stone
  • Screen International
  • The Hollywood Reporter
  • Variety
  • CineClick
  • Cinema com Rapadura
  • Papo de Cinema
  • O Globo
  • Omelete
  • Rubens Ewald
20 Artigos de imprensa

Críticas de usuários

Carlos O.
Crítica positiva mais útil

por Carlos O., em 01/02/2014

5,0Obra-prima

mais uma dos filmes que mostram o sofrimento de todos os envolvidos em uma guerra que mudou o curso do mundo...um filme que... Leia mais

Vanusa G.
Crítica negativa mais útil

por Vanusa G., em 03/02/2014

3,0Legal

O filme deixou um pouco a desejar em alguns detalhes do livro que davam um Q especial . Mas, por outro lado , se redimiu... Leia mais

Todas as críticas de usuários
44% (116 críticas)
28% (74 críticas)
19% (49 críticas)
6% (17 críticas)
1% (3 críticas)
1% (3 críticas)
Você assistiu A Menina que Roubava Livros ?
262 Críticas de usuários

Fotos

18 Fotos

Curiosidades das filmagens

Passado na telinha

O diretor Brian Percival é conhecido pelo trabalho na premiada série Downton Abbey.

Demorou para começar

A Fox 2000 comprou os direitos de adaptação em 2006, mas só começou a dar seguimento ao projeto em 2013.

Origem

Adaptação do livro "A Menina que Roubava Livros", de Marcus Zusak.

Últimas notícias

Dicas do Dia: Na Natureza Selvagem e Atração Perigosa são as atrações de hoje
NOTÍCIAS - Lançamentos
quinta-feira, 12 de abril de 2018
Na TV aberta tem sessão de À Prova de Fogo.
Oscar 2018: Relembre as 51 indicações de John Williams ao prêmio da Academia
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
domingo, 28 de janeiro de 2018
Só Walt Disney, com 59 nomeações, está à frente do compositor no ranking geral.
44 Notícias e Matérias Especiais

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Chris C.
    Não gostei muito da sinopse.... sobrevive através dos livros que rouba? Enfim, estou super ansiosa para vê esse filme, espero que faça jus ao livro.
  • Isa V.
    Assisti o filme agora pouco e me apaixonei, muito emocionante. É maravilhoso tudo no filme aconteceu como eu imaginei enquanto lia o livro. Esse filme é sensacional assim como os atores.
  • Senhor Ivan!
    No período de guerra,ainda existe esperança dentro de Liesel (Sophie Nélisse).Uma garota que vive aos cuidados de seus pais postiços,em uma pequena casa coberta de neve.Onde a cidade vive aos comandos de militares,ordenado por Hitler.Onde a cada cena,e em cada janela,pode se ver bandeiras Nazistas.Essa fotografia é constante no filme,onde é naturalmente linda,pela a cor branca da neve que cai sem cessar.Mas a história,é lenta e sem emoção.Na maioria das vezes,vivendo apenas de diálogos bem esticados,que não faz nenhuma mudança na trama.Onde vive apenas na personagem principal,Liesel,e suas atividades constantes em seus passeio,com seu amigo.
  • Lindsai D.
    Falo bonito.
  • Willians A.
    Acabei de assistir e confesso que deixa muito a desejar; para quem não leu o livro é um filme que não atrairá olhares,de certa fora, críticos, mas para quem teve a oportunidade de apreciar a Obra de Markus Zusak perceberá que muitos detalhes foram omitidos ou modificados. Esperava muito mais, nota 7.
  • Eduardo A.
    Perfeito! <3
  • Marcia A.
    Assisti ontem e adorei, porém não podemos compara-lo ao livro, pois nada é mais emocionante do que a imaginação de quem lê, independente do livro!
  • Eduardo A.
    Há sim.
  • Roger M.
    Sai do cinema extasiado de emocao! Um filme lindo que vai te comover! Atuacoes impecaveis do casal Geoffrey Rush e Emily Watson e impossivel nao apaixonar pelas criancas Sophie Nelisse e Nico Liersch. Outro atrativo do filme é a bela fotografia e sua ambientacao na Alemanha durante o Regime Nazista de Hitler! Lindo e emocionante! Dou nota maxima de 5 estrelas com certeza!
  • Miih C.
    Acabei de assistir e adorei .. Filme ótimo! Recomendo !!
  • Estevan Magno
    Tem mesmo, porque o livro é excelente, o autor escreve de um modo espetacular e muito viciante. O livro é de se emocionar, assim como foi esta obra de arte.
  • Gwen Stacy
    Já não tinha gostado muito do livro, fui ver o filme por curiosidade e não gosteimuito "contos de fadas" que não condiz com a realidade da época
  • Estevan Magno
    Nos livros, podemos viajar na imaginação, e nos deixar emocionar. Nem sempre é preciso condizer com a realidade só porque se trata de uma época que ocorreu. A história de Liesel é ficção e é muito bem escrita e contado por um autor que consegue mexer com a vida e os sentimentos das pessoas. Agora aqueles que não deixam espaços para que a emoção tome conta... sinto muito, mas a vida é feita das pequenas coisas, emoções e momentos, não se deixe levar apenas pela racionalidade, a vida é muito mais que isso.
  • Estevan Magno
    Quem leu o livro vai gostar do filme (assim como eu), mas sairá com a sensação de que faltou algo. Adorei o livro, e o filme de 5, dou 4 estrelas.
  • hquintel
    Uma obra prima! A música de um dos mais importantes maestros e compositores da atualidade - John Williams. A ideia de um contador de historia ser a morte fazendo consideracoes filosoficas e uma brilhante concepcao. O desempenho de Liesel e memoravel, sem prejuizo dos demais atores. A direcao foi feila o momento historico e aos objetos da epoca.Os valores enfatizados sao emocionantes. Falha o filme ao nao denunciar que o socialismo nacional alemao era admirador e co-irmao do socialismo sovietico e que foram aliados ate certo ponto. Nao fica claro ao final se Liesel se casa com Max. mas seria uma solucao reta do enredo.
  • Los P.
    O filme fico muito bom .
  • Everton J.
    Eu gostei do filme, realmente não acontece muita coisa e o ritmo é lento, mas mesmo assim gostei!
  • Fabio X.
    Filme que nos prende em cada detalhe na realidade crua de uma época pela façanha que o diretor conseguiu transpor ao sentimento tocante.
  • Lorena
    No livro ela rouba outras coisas também, mas os livros foram o que transformaram e salvaram a vida dela.
  • Cristiane O.
    Não
  • Cristiane O.
    Adorei, pelo que me lembro do livro que li há alguns anos, o roteiro foi fiel ao livro. Algumas coisas foram um pouco fora do contexto da Guerra. Mas merece ser visto só por causa das atuações. Os atores que interpretam a Liesel e o Rudy foram fantásticos, encantadores.
  • Raquel S.
    Filme muito bom! Já li o livro e fiquei bem satisfeita com a adaptação! Tem seus erros sim, mas na maioria dos momentos nos emociona e fazem com que reflitamos sobre o que é viver.
  • Rogerio Teixeira
    Esse filme é muito bom e vale muito assistir mesmo que você já tenha lido o livro!
  • Willian R.
    Excelente filme, recomendo vale a pena. Fui achando ser chato, mais me surpreendeu.
  • junior J.
    Trando a trilha sonora, que é excelente, o filme é bem razoável. A Sophie, que interpreta a Liesel (que roubava livros), não passa qualquer emoção. Senhores, não estou dizendo que o filme não é emocionante. A história em si é emocionante, porém a personagem principal foi mal escolhida. Ficou só como uma menina bonitinha fazendo uma história emocionante. Quem duvidar do que estou falando, assistam e comparem com os dois meninos que fazem o Menino do Pijama Listrado (principalmente o tal menino do pijama). O personagem judeu é só para constar que uma história sobre nazismo tem que envolver um judeu, porque, no mais, sua importância no filme é simplesmente para dar apoio às ânsias de leitura da menina. Tratou o nazismo de forma muito superficial. Nada sobre o sofrimento dos judeus (salvo uma cena quase ao final de uma fila de judeus e o tal do max, que como já disse, é só uma escora para o desenvolvimento da Sophie).Geoffrey Rush e Emily Watson fazem uma interpretação bem melhor que a personagem principal.Enfim, como eu disse, a história é um bom drama que causa uma certa emoção, o que está longe de transformar o filme em bom. Não é porque você vai chorar no final, se é que vai, que vai dizer que o filme é excelente.Li algum comentário comparando o filme ao A vida é Bela. Digo que está muito, muito, longe.Filme razoável; sem pontos altos; segue um padrão constante, sem qualquer acontecimento pelo meio que lhe faça ficar colado na cadeira aguardando o final.Se eu falar mais, vou contar a história.Mas não deixem de assistir. É mais um filme para catalogar sobre aquela época lamentável do nazismo.
  • Gwen Stacy
    "daquele jeito" tudo fantasioso e limpinho imagina, a casa deles é bombardeada e o Rudy tá inteirinho só sujo ¬¬ e o resto da familia com um sanguinho no nariz, tipo era pra estarem desfigurados
  • Gwen Stacy
    concordo completamente! acho que esse filme pode ser melhor para as crianças terem um pouco de noçaomas é mto chato mesmo, mil vezes esses q vc citou e Fuga de Sobibor e a Lista de Schindler...Beeem melhores
  • Almir S.
    MUITO BOM. Ficou muito boa essa adaptação, sem falar que a atriz mirim é uma excelente atriz.
  • Gwen Stacy
    sim mais o que eu quero dizer é que esse filme é mto perfeitinhona época da guerra nao era tudo assim ... "limpinho"
  • Reinaldo Q.
    ÉEhhhhhh, mais ou menos, nunca veria outra vez!
  • Cida L.
    Primeiro li o livro, e, de curiosa por saber como eles fizeram, assisti ao filme. Nos dois casos, livro e filme, começou extremamente empolgante, divertido e, em certos momentos, dramático, mas nos dois casos tive aquela sensação de que tanto o autor quanto os produtores quiseram terminar logo com o livro e o filme, não lhe dando um final que lhe fizesse justiça. Já li muitos livros e assisti a muitos filmes com base em livros, assim como a opinião geral sempre foi de quem leu o livro se decepcionaria com o filme. Então, eu posso afirmar, em minha humilde opinião, (para não ofender os fãs) que tanto livro quanto filme não mereciam tanto sucesso, levando-me a crer que se outro tivesse narrando a história seria um daqueles livros que passaria despercebido.
  • Kelly L.
    que é chato, é, mas a história é bem bonita e o livro diva!
  • Gwen Stacy
    verdade o livro é bom
  • Juninho R.
    filme muito bom
  • Andrew Garfield
    Sério que a nota foi 3? Esse filme é maravilhoso! Daria 4,5 sem dúvida. A Tilha Sonora do Filme é linda!
  • Kaique F
    A menina que roubava livros (2013) é um filme que se passa na segunda guerra mundial, SIM! Tempo do Hitler, o grande nazista, de fogueiras de livros, e – coisa e tão –. Não li o livro de Marcus Zusak que foi lançado em 2006, mas assisti o filme e achei incrivelmente triste e muito bom! O que é mais interessante é que a narradora dessa história é a própria morta, mas também ao mesmo tempo é a jovem Liesel (Sophie Nélisse), mas tem uma coisa que assim como no livro e no filme está um tanto errado quando a morte diz “só cruzei com Liesel, três vezes” e como ela conta toda sua história? Mas fora isso o filme é super-incrível, eu super-recomendo. De verdade você não vai se decepcionar, o filme tem uma ótima qualidade, roteiro bom e cenas triste e linda!. Filme excelente. –, um dos meus filmes preferidos de 2013.
Mostrar comentários
Back to Top