Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Guardiões da Galáxia
    Críticas AdoroCinema
    4,5
    Ótimo
    Guardiões da Galáxia

    Uma adaptação original

    por Lucas Salgado

    Nunca é algo muito fácil para o cinéfilo, mas é sempre importante evitar grandes espectativas para um filme. Com trailers, então, é preciso tomar cuidado, pois algumas vezes reúnem todas as grandes cenas e deixam muito pouco para ser descoberto. Mas, de vez em quando, um trailer entrega justamente o que promete. Este é o caso de Guardiões da Galáxia.

    Guardiões da Galáxia - FotoDepois de um 2013 pouco inspirado, com os fracos Homem de Ferro 3 e Thor: O Mundo Sombrio, a Marvel tem realmente motivos para comemorar em 2014, com dois grandes filmes: Capitão América 2 - O Soldado Invernal e Guardiões. Este último, por sinal, é o mais divertido longa das adaptações dos quadrinhos da Marvel, funcionando quase que como uma comédia, oferecendo momentos em que o espectador irá rir alto na sala de cinema.

    Outro mérito de Guardiões está na originalidade. É claro que a palavra perde um pouco o sentido em se tratando de uma adaptação, mas dentro do universo Marvel, não havia sido lançado nada parecido. O longa conta com um frescor impressionante, traz novos personagens, jovens e carismáticos atores e um roteiro repleto de tiradas e boas cenas de ação.

    Peter Quill (Chris Pratt) é um humano que é abduzido da Terra quando criança e cresce ao lado de um grupo de ladrões. Ele acaba seguindo a profissão, até o dia que rouba algo que é desejado por Ronan, o acusador (Lee Pace), e pelo temido Thanos.

    Após enfrentar mercenários e uma filha de Thanos que estão atrás do objeto, um orbe, Peter acaba preso. No presídio, começa uma amizade com Gamora (Zoe Saldana), Drax (Dave Bautista), Groot (voz de Vin Diesel) e Rocket (voz de Bradley Cooper), o que levará a formação dos chamados Guardiões da Galáxia.

    Guardiões da Galáxia - FotoNo bom Os Vingadores - The Avengers, a Marvel buscou realizar um filme em que o grupo fosse mais importante que o individual. Consegue em alguns momentos, mas é inegável que existem personagens mais fortes do que os outros. Enquanto que o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) e o Capitão América (Chris Evans) possuem cenas marcantes, personagens como o Hulk (Mark Ruffalo) e o Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) são deixados um pouco de lado. Isso não acontece aqui. É realmente um filme sobre um grupo. Peter é claramente o protagonista, mas Gamora, Groot, Rocket e até Drax tem momentos marcantes.

    Conhecido pelo jeito atrapalhado em Parks and Recreation e pelo bom físico em A Hora Mais Escura, Pratt uniu as duas características no novo filme. O personagem tem como principal mérito o fato de ser bem humorado sem em momento algum ser idiota. Quem surpreende é Dave Bautista. O ex-lutador de MMA manda bem até mesmo em momentos dramáticos, além de, obviamente, apresentar uma imposição física impressionante.

    Saldana também vai bem, enquanto que Diesel dubla um Groot de poucas palavras. Cooper arrasa ao emprestar sua voz para Rocket, procurando um tom diferente, mais jocoso. Em alguns momentos, nem parece a mesma voz dos personagens de Se Beber, Não Case!, Trapaça e muitos outros. Benicio Del Toro, Karen Gillan, Glenn Close, John C. Reilly, Michael RookerDjimon HounsouOphelia Lovibond completam o elenco da produção, que, é claro, conta com uma participação especial de Stan Lee.

    Escrito e dirigido por James Gunn, em seu melhor trabalho, Guardians Of The Galaxy (no original) funciona como comédia, como ação, como filme de roubo e até um pouco como romance. A cena na qual o grupo se reúne para decidir quais os próximos passos é hilária, assim como toda a inteiração entre Rocket e Groot.

    Guardiões da Galáxia - FotoComo de costume nos filmes do estúdio, os efeitos visuais são incríveis, mas o que chama a atenção aqui é o desenho de produção, que é bem puxado para o universo dos quadrinhos, com muitas cores fortes, seja dos personagens, seja dos cenários. A maquiagem é outro trabalho à parte, com cada ator recebendo características próprias em sua cara e corpo.

    Não bastasse tudo isso, Guardiões conta ainda com uma trilha sonora absolutamente fenomenal. Quem cresceu nos anos 80, como Peter Quill, vai se empolgar e se emocionar com canções como "Hooked on a Feeling", "Moonage Daydream", "I Want You Back", "Escape (The Pina Colada Song)" e "Terrell - Ain't No Mountain High Enough". A vontade é sair da sala e procurar pela trilha.

    Divertido, emocionante, empolgantes... Guardiões da Galáxia é um filme único na trajetória da Marvel. Agora é esperar pelo segundo. E que 2017 chegue logo!

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top