Minha conta
    Ingmar Bergman

    Estado civil

    Atividades Roteirista, Diretor, Ator mais
    Nome de nascimento

    Ernst Ingmar Bergman

    Nacionalidade Sueco
    Nascimento 14 de julho de 1918 (Uppsala, Uppland, Suécia)
    Morte 30 de julho de 2007 aos 89 anos de idades (Faro, Gotland, Suécia)

    Biografia


    - Seus filmes favoritos são "Utvandrarna" (1971), "A Doce Vida" (1960) e "As Férias do Sr. Hulot" (1953).

    Primeiras aparições nas telas

    Tortura do Desejo
    Tortura do Desejo
    1944
    Crise
    Crise
    1946
    Chove Sobre Nosso Amor
    Chove Sobre Nosso Amor
    1946
    Um Barco para a Índia
    Um Barco para a Índia
    1947

    Seus melhores filmes e séries

    Carreira em destaque

    63
    Tempos de carreira
    0
    Premiação
    64
    filmes
    0
    Series
    0
    Indicação
    0
    Filme

    Gêneros favorito

    Drama : 66 %
    Documentário : 11 %
    Comédia : 11 %
    Comédia dramática : 11 %

    No AdoroCinema:

    0
    Vídeo
    6
    Imagens
    23
    Notícias
    89
    Fãs

    Trabalhou bastante com

    Erland Josephson
    Erland Josephson
    12 filmes
    Saraband (2003), Efter repetitionen (1984), Fanny e Alexander (1982), Sonata de Outono (1978), Face a Face (1976), Cenas de um Casamento (1973), Gritos e Sussurros (1972), A Paixão de Ana (1969), A Hora do Lobo (1967), No Limiar da Vida (1958), O Rosto (1958), Chove Sobre Nosso Amor (1946)
    Max von Sydow
    11 filmes
    A Hora do Amor (1971), A Paixão de Ana (1969), Vergonha (1968), A Hora do Lobo (1967), Luz de Inverno (1963), Através de um Espelho (1961), A Fonte da Donzela (1960), No Limiar da Vida (1958), O Rosto (1958), O Sétimo Selo (1957), Morangos Silvestres (1957)
    Fanny e Alexander (1982), Gritos e Sussurros (1972), Stimulantia (1967), Para Não Falar de Todas as Mulheres (1964), Através de um Espelho (1961), Sorriso de uma Noite de Amor (1955), Sonhos de Mulheres (1955), Uma Lição de Amor (1954), Noites de Circo (1953), Mônica e o Desejo (1953), Porto (1948)
    Bibi Andersson
    10 filmes
    Cenas de um Casamento (1973), A Hora do Amor (1971), A Paixão de Ana (1969), Quando Duas Mulheres Pecam (1966), Para Não Falar de Todas as Mulheres (1964), O Olho do Diabo (1960), No Limiar da Vida (1958), Morangos Silvestres (1957), O Sétimo Selo (1957), Sorriso de uma Noite de Amor (1955)
    Liv Ullmann
    10 filmes
    Saraband (2003), Sonata de Outono (1978), O Ovo da Serpente (1977), Face a Face (1976), Cenas de um Casamento (1973), Gritos e Sussurros (1972), A Paixão de Ana (1969), Vergonha (1968), A Hora do Lobo (1967), Quando Duas Mulheres Pecam (1966)
    Ingrid Thulin
    9 filmes
    Efter repetitionen (1984), Gritos e Sussurros (1972), O Rito (1969), A Hora do Lobo (1967), O Silêncio (1963), Luz de Inverno (1963), No Limiar da Vida (1958), O Rosto (1958), Morangos Silvestres (1957)
    Birger Malmsten
    9 filmes
    Face a Face (1976), O Silêncio (1963), Quando as Mulheres Esperam (1952), Juventude (1951), Rumo à Alegria (1950), Prisão (1949), Música na Noite (1948), Um Barco para a Índia (1947), Chove Sobre Nosso Amor (1946)
    Gunnel Lindblom
    6 filmes
    Cenas de um Casamento (1973), O Silêncio (1963), Luz de Inverno (1963), A Fonte da Donzela (1960), O Sétimo Selo (1957), Morangos Silvestres (1957)
    Gertrud Fridh
    6 filmes
    A Hora do Lobo (1967), Para Não Falar de Todas as Mulheres (1964), O Olho do Diabo (1960), O Rosto (1958), Morangos Silvestres (1957), Um Barco para a Índia (1947)
    Eva Dahlbeck
    6 filmes
    Para Não Falar de Todas as Mulheres (1964), No Limiar da Vida (1958), Sonhos de Mulheres (1955), Sorriso de uma Noite de Amor (1955), Uma Lição de Amor (1954), Quando as Mulheres Esperam (1952)
    Inga Landgré
    5 filmes
    Stimulantia (1967), No Limiar da Vida (1958), O Sétimo Selo (1957), Sonhos de Mulheres (1955), Crise (1946)
    Jarl Kulle
    5 filmes
    Fanny e Alexander (1982), Para Não Falar de Todas as Mulheres (1964), O Olho do Diabo (1960), Sorriso de uma Noite de Amor (1955), Quando as Mulheres Esperam (1952)
    Sif Ruud
    4 filmes
    Face a Face (1976), O Rosto (1958), Morangos Silvestres (1957), Porto (1948)
    Allan Edwall
    4 filmes
    Fanny e Alexander (1982), Para Não Falar de Todas as Mulheres (1964), Luz de Inverno (1963), A Fonte da Donzela (1960)
    Comentários
    • Senhor Ivan
      Maratona Ingmar Bergman - Finalizada em 18 de Agosto de 2019Morangos Silvestres - 9/10O Sétimo Selo - 8/10A Fonte da Donzela - 8/10Vergonha - 8/10Quando Duas Mulheres Pecam - 8/10Silêncio - 8/10A Flauta Mágica - 8/10Sonata de Outono - 8/10O Ovo da Serpente - 8/10Da Vidas das Marionetes - 8/10Gritos e Sussurros - 7/10Fanny & Alexander - 7/10A Hora do Lobo - 7/10Monika e o Desejo - 7/10Na Presença de um Palhaço - 7/10Juventude - 7/10Cenas de um Casamento - 7/10Através do Espelho - 7/10A Paixão de Ana - 7/10Luz de Inverno - 7/10No Limiar da Vida - 7/10Sorrisos de uma Noite de Amor - 7/10Sonhos de Mulheres - 7/10Depois do Ensaio - 7/10Noites de Circo - 7/10Música na Noite - 7/10O Rito - 7/10Para Não Falar de Todas Essas Mulheres - 7/10Quando as Mulheres Esperam - 7/10O Rosto - 7/10
    • jrpitboy cpf14933389861
      jr pit boy cpf14933389861 e um dos maiores mas tem o apoio de sua esposa e filha liv ullmann e marianne ullmann...
    • Rafael Vespasiano
      Sonata de Outono:Bergman sempre gostou e tentou e de certa forma conseguiu desbravar a alma feminina, nesse filme, ele mostra o relacionamento conturbado entre mãe e filha, aquela tentando pedir perdão à filha por ter abandonado a sua família. Interpretações marcantes, em especial, de Ingrid Bergman. O filme é reflexivo e até mesmo amargo em demasia algumas vezes, mas as relações inter-pessoais-familares é bem explorada por Bergman. Trilha sonora divina!
    • Rafael Vespasiano
      "Sonhos de Mulheres" é um filme que reflete sobre as ilusões e anseios das mulheres. Sonhos de subir na vida, mas que são destruídos por pessoas má-intencionadas. Uma reflexão de Bergman sobre sonho e ilusão. Uma pequena obra-prima. Bergman dava seus primeiros passos no cinema.
    • Rafael Vespasiano
      O olho do diabo:     Filme muito atípico da filmografia de Bergman, mas nem por isso um filme ruim, apesar de não ser, realmente, o melhor dele. A história é bem interessante e sacada, com humor bergmaniano, e o ator que interpreta Don Juan está soberbo! nota: 7,0.
    • Rafael Vespasiano
      Morangos silvestres:     Ótimo retrato da velhice solitária de um homem, que ainda vive no passado, relembrando a todo instante sua infância e juventude, namoros e namoradas, ou melhor, a namorada, pois ele sempre amou a mesma mulher, que se transformou na paixão e amor da sua vida até o fim, mesmo estando longe dela. Ótima reflexão sobre a vida, o amor e a velhice. Bergman realmente é um gênio da Sétima Arte! Nota: 10.
    • andré luiz
       Ingmar Bergman é o mestre do bom "cinema cabeça". Seus filmes não só representam a introspecção filosófica , mas o que há de melhor no cinema puro e simples! 
    Mostrar comentários
    Back to Top