Minha conta
    Amor e Sorte e Paulo Gustavo chegam na programação de fim de ano da Globo. Confira
    Por Paola Piola — 8 de dez de 2020 às 22:13

    A emissora apresentou a imprensa seus especiais 220 Volts, Gilda, Lúcia e O Bode, além do tradicional show de Roberto Carlos e a retrospectiva.

    "Hoje a festa é sua, hoje a festa é nossa...". Ouvir essa música em dezembro é certeza de que então é Natal e o que você fez? E a Rede Globo esse ano, além de uma vinheta comemorativa em animação, cumprindo as medidas do isolamento, programou uma série de especiais para celebrar que 2020 finalmente acabou! Tem comédia, música, amor e a famosa retrospectiva e a emissora apresentou tudo isso para a imprensa em uma coletiva online.

    Os grandes destaques ficam por conta dos especiais "220 Volts" com Paulo Gustavo, e "Gilda, Lúcia e o Bode", derivado da série Amor e Sorte, que foi sucesso em setembro, com Fernanda Montenegro e Fernanda Torres.

    220 Volts

    No dia 22 de dezembro, depois do tradicional show de Roberto Carlos, Paulo Gustavo chegará pela primeira vez nas telas da Globo com o programa próprio, já consagrado no Multishow ao longo de 5 temporadas e no teatro. Ao lado de Marcus Majella, o comediante interpreta diversos personagens como Dona Hermínia e Senhora dos Absurdos em situações clássicas das festas de fim de ano.

    A escolha dos personagens partiu do próprio ator, que selecionou seus preferidos e os que mais fazem sucesso na internet, e, coincidentemente, eles têm a ver com assuntos em alta do momento, como a feminista, a que critica os padrões de beleza. "Os personagens do 220 são frutos da minha observação, mas vistos com uma lente de aumento", diz. "E hoje eu vejo também que algumas coisas que eu fazia no programa, não tem mais graça. Amadureci como ator e como pessoa. Tem coisas que me incomodam naturalmente e já faço o roteiro pensando se posso estar ofendendo alguém", completou.

    Minha Mãe é Uma Peça 3 se tornará o maior sucesso de Paulo Gustavo nos cinemas?

    Gravado em novembro cumprindo todos os protocolos de segurança, o programa terá diversas participações especiais, como Deborah Secco e Iza, e Paulo contou que foi muito divertido gravar com uma equipe que ele escolheu e que já era fã do programa. A ida depois de tantos anos para a Globo foi um processo natural para ele, que começou no teatro e sempre almejou criar, escrever e interpretar seus próprios projetos. "Eu fiz meus proprios projetos no teatro com tanto amor que ganhou projecao e me levou pra outros braços da arte. Hoje eu faço TV e cinema porque eu faço teatro, então foi natural estar na tv por último, mas estou super feliz!", disse.

    Apesar do 220 Volts na Globo ser um especial, em 2021 uma série especial de Minha Mãe é uma Peça já está confirmada no Globoplay. "A Dona Hermínia foi sendo construída e lapidada ao longo de todos esses anos e ela é uma parte de mim, eu trato como algo sagrado porque ela mudou a minha vida para sempre. Eu nunca imaginei que fosse virar isso tudo", diz.

    Gilda, Lúcia e o Bode

    Já no Dia de Natal (25), teremos um reencontro com Gilda e Lúcia, personagens de Fernanda Montengro e Fernanda Torres em episódio da série Amor e Sorte, gravada durante a pandemia, e que foi sucesso. Dessa vez, depois de voltarem do isolamento na serra, mãe e filha passarão a morar juntas e lidar com uma crise financeira, "porque a gente vai discutir covid no Natal? Ninguém aguenta mais!", brinca Torres.

    Um dos grandes destaques do especial fica por conta do Bode, prêmio de uma rifa que Gilda ganha no seriado. "O bode do primeiro episódio era de um vizinho nosso, ele fedia, não era amigável. O de agora é o melhor ator. Ele foi apelidado de Zequinha Montenegro. Ele é um príncipe!", diz Fernanda Torres, rindo.

    Glenn Close afirma que Fernanda Montenegro deveria ter levado o Oscar em 1999

    As atrizes aproveitaram para falar um pouco sobre a pandemia e quarentena e enquanto a filha diz que está tão cansada que já perdeu o fuso horário, Fernanda Montenegro diz q tem paciência, apesar de um pouco revoltada. "Nessa idade eu fico me perguntando se vou ter tempo de rever as coisas de organizarem, ter uma paz de novo. Temos que gritar 'vamos sair!', mas sem perder a esperança", diz. 

    Para Montenegro, nesses momentos difíceis o que restou é a ligação amorosa, familiar entre as personagens e algo que foi muito presente na vida dos brasileiros durante a pandemia. "O bonito é a relação amorosa entre elas e isso emocionou até no primeiro episódio, as pessoas passaram a pandemia revendo suas mães, avós...", finaliza.

    10 atuações marcantes de Fernanda Montenegro

    E com o sucesso da série, provavelmente não será diferente com o especial, por isso fica a pergunta: veremos mais Gilda e Lúcia em 2021? A sugestão das atrizes é, quem sabe, fazer episódios em datas comemorativas, como Páscoa e Dia das Mães. "Talvez a gente vire um outro tipo de especial tipo o Roberto Carlos!", brincam. 

    Confira a programação de fim de ano da Globo:
    • 22/12 - Especial Roberto Carlos: Emoções em Jerusalém
    • 22/12 - 220 Volts Especial de Fim de Ano
    • 24/12 - The Voice Especial de Natal
    • 25/12 - Gilda, Lúcia e o Bode
    • 29/12 - Retrospectiva 2020
    • 31/12 - Show da Virada
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top