Minha conta
    Big Little Lies: Uma das Cinco de Monterey morreria na primeira versão do roteiro, conta atriz
    Por Laysa Zanetti — 23 de jul. de 2019 às 13:30

    EITA.

    ATENÇÃO! Contém spoilers do final da 2ª temporada de Big Little Lies

    A segunda temporada de Big Little Lies terminou no último domingo fechando uma porta: após a decisão do processo pelas guardas de Max e Josh, as Cinco de Monterey — Madeline (Reese Witherspoon), Celeste (Nicole Kidman), Jane (Shailene Woodley), Bonnie (Zoë Kravitz) e Renata (Laura Dern) vão juntas até a delegacia de polícia, possivelmente para confessarem a verdade sobre o que aconteceu com Perry (Alexander Skarsgard) na Noite da Trívia. Será que há espaço para uma temporada três?

    Em entrevista à Vanity Fair, a atriz Poorna Jagannathan, que interpretou Katie Richmond, advogada de Celeste no caso contra Mary Louise (Meryl Streep) contou que ficou surpresa quando viu o desfecho da temporada. "Eu li o roteiro e assisti ao episódio e pensei: 'Ah, meu Deus, talvez haja uma terceira temporada!' Não é o roteiro que eu recebi! Uma personagem sequer sobrevive. Uma personagem morre. É um roteiro diferente. Essa versão deixa a porta aberta para alguma coisa que eu imaginei estar definitivamente fechada."

    Jagannathan (The Night Of) não revelou na entrevista qual personagem morreria originalmente — e a HBO não respodeu aos pedidos da VF para comentar o assunto —, mas a publicação sugere que talvez a vítima fosse Bonnie, já que durante boa parte da temporada o público é bombardeado com flashbacks e cenas envolvendo seu possível afogamento. Vale lembrar que o estado catatônico em que a personagem se encontra no início da temporada, assombrada pela culpa e pelo iminente quadro depressivo em razão da morte de Perry, poderiam ser os catalisadores desta situação.

    A brusca alteração do desfecho da temporada pode ter relação com a crise de comando criativo que teria tomado conta da segunda temporada. Conforme denunciou uma reportagem do IndieWire, a diretora Andrea Arnold teria sido despida de sua autonomia mesmo após ter dirigido todos os novos episódios. A publicação revela ainda que o roteirista e produtor David E. Kelley entregou todos os episódios para que Jean-Marc Vallée cuidasse da montagem, mesmo ele não tendo participado da rotina de filmagens, porque estava ocupado com Sharp Objects à época. Vallée teria chegado a refilmar várias cenas de toda a temporada, descartando boa parte do roteiro executado por Arnold sem que ela fosse consultada ou comunicada. Muitos cogitam que este seja o motivo da exclusão da famosa cena do sorvete, entre outros problemas de continuidade narrativa que permeiam a temporada.

    Confira a entrevista, na íntegra, no episódio do podcast Still Watching: Big Little Lies, em inglês:

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top