Minha conta
    "Dois mil anos depois...": Vinheta de Bob Esponja esconde um significado mais profundo do que se imagina
    Rafael Felizardo
    Rafael Felizardo
    -Redator | Crítico
    Sonhador desde pequeno e apaixonado por cinema de A a Z, encontrou em David Lynch um modo de sonhar acordado.

    Você já ouviu falar em Jacques Cousteau?

    Aclamada animação da Nickelodeon, Bob Esponja vem conquistando o público desde 1999, responsável por apresentar ao mundo a carismática esponja amarela que veste calças quadradas. Junto aos amigos Patrick Estrela, Lula Molusco e mais, o personagem apronta suas peripécias na Fenda do Biquíni, uma região no fundo do mar que ambienta o show.

    Levando em consideração o fato da obra ter tantos elementos icônicos, você lembra da vinheta presente em alguns episódios, “Two hours later” (Duas horas depois)? Acompanhada de um reconhecível sotaque francês, muitos não sabem que ela esconde um significado mais relevante do que o esperado.

    Nickelodeon

    Na versão original, a voz da vinheta é uma homenagem ao francês Jacques Cousteau, um falecido oficial da marinha francesa, cineasta e oceanógrafo. Cousteau foi responsável por inventar o Aqualung, um equipamento de mergulho autônomo que substituiu os pesados escafandros e revolucionou o estudo do fundo do mar. Ele também assinou alguns documentários que mostraram um pouco de suas descobertas relativas ao cotidiano da fauna e flora marinha.

    Bob Esponja: Dois episódios da série foram censurados pela Nickelodeon – e o motivo vai te surpreender

    No Brasil, a vinheta normalmente é conhecida como “Dois mil anos depois” e chegou a nós sob a voz do dublador Tatá Guarnieri. Tatá ficou famoso por vocalizar Jackie Chan em diversas produções dubladas, destacando-se A Máscara de Ferro, Operação Zodíaco, Três Ladrões e um Bebê e mais.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Back to Top