Minha conta
    Festival do Rio 2022: Paloma e Exu e o Universo estão entre os grandes vencedores; confira a lista
    Por Bruno Botelho dos Santos — 17 de out. de 2022 às 10:29

    Foi anunciada a lista com todos os premiados do Festival do Rio 2022, que aconteceu entre os dias 6 a 16 de outubro.

    O Festival do Rio 2022 aconteceu entre os dias 6 a 16 de outubro e os premiados da edição foram anunciados neste domingo (16). O destaque ficou para Paloma, de Marcelo Gomes, premiado como Melhor Filme pelo Prêmio Felix e pelo júri oficial da Première Brasil. No total, 70 produções foram escolhidas para cinco mostras: Competição Nacional, Novos Rumos, Hors Concours, Retratos e O Estado das Coisas.

    Confira a lista completa dos premiados no Festival do Rio 2022:  

    Première Brasil

    Melhor longa de ficção: Paloma, de Marcelo Gomes  Melhor longa documentário: Exu e o Universo, de Thiago Zanato  Menção honrosa do júri: 7 Cortes de Cabelo no Congo, de Luciana BezerraGustavo MeloPedro Rossi Prêmio Especial do Júri: Mato Seco em Chamas, de Adirley QueirósJoana Pimenta  Melhor direção de ficção: Julia Murat, por Regra 34 Melhor direção de documentário: Juliana Vicente, por Diálogos com Ruth de Souza Melhor fotografia: Joana Pimenta, por Mato Seco em Chamas Melhor roteiro: Carolina Markowicz, por Carvão Melhor direção de arte: Marines Mencio, por Carvão Melhor montagem: Matheus Farias, por Propriedade Melhor atriz coadjuvante: Aline Marta, por Carvão Melhor ator coadjuvante: Timothy Wilson, por Fogaréu Melhor ator: Dario Grandinetti, por Bem-vinda, Violeta! Melhor atriz: Kika Sena, por Paloma Melhor curta: Escasso, de Clara Anastácia e Gabriela Gaia Meirelles

    Première Brasil Novos Rumos

    Melhor longa: Três Tigres Tristes, de Gustavo Vinagre Melhor direção: Leonardo Martinelli, por Fantasma Neon Prêmio Especial do Júri: Maputo Nakuzandza, de Ariadine Zampaulo Melhor curta: Curupira e a Máquina do Destino, de Janaina Wagner

    Prêmio Felix

    Melhor Filme Brasileiro: Paloma, de Marcelo Gomes Melhor Documentário: Corpolítica, de Pedro Henrique França Menção Honrosa: Não é A Primeira Vez que Lutamos pelo Nosso Amor, de Luis Carlos de Alencar Melhor Filme Estrangeiro: Meu Lugar no Mundo (Mi Vacío y Yo), de Adrián Silvestre Prêmio Especial do Júri: Fogo-Fátuo, de João Pedro Rodrigues Homenagem: Prêmio Suzy Capó Personalidades do Ano para o ator e comediante Paulo Gustavo, in memoriam

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top