Minha conta
    Warner Bros. se pronuncia sobre declarações de J.K. Rowling
    Por Barbara Demerov — 11 de jun. de 2020 às 11:03

    Após comentários transfóbicos, estúdio que adaptou a saga Harry Potter no cinema tomou uma posição.

    Após Daniel Radcliffe e Eddie Redmayne terem se pronunciado a favor da comunidade trans no mundo, o estúdio Warner Bros. e a atriz Emma Watson também se uniram ao time daqueles que criticaram J.K. Rowling e suas recentes postagens polêmicas na internet.

    No último sábado (06), Rowling afirmou em sua conta do Twitter que não é possível separar o sexo biológico do conceito de gênero. “Se o sexo não é real, não existe atração pelo mesmo sexo. Se o sexo não é real, a realidade vivida pelas mulheres ao redor do mundo é apagada. Eu conheço e amo as pessoas trans, mas apagar o conceito do sexo impede a capacidade de muitos discutirem significantemente a vida deles. Não é ódio falar a verdade”, publicou.

    A Warner rebateu tais afirmações e fez um comunicado oficial nesta quarta-feira (10), publicado via Deadline. Leia na íntegra:

    Os eventos nas últimas semanas confirmaram nossa determinação como empresa de enfrentar questões sociais difíceis. A posição da Warner Bros. sobre inclusão está bem estabelecida, e promover uma cultura diversificada e inclusiva nunca foi tão importante para nossa empresa e para nosso público em todo o mundo. Valorizamos profundamente o trabalho de nossos contadores de histórias, que se dedicam muito ao compartilhar suas criações com todos nós. Reconhecemos nossa responsabilidade de promover a empatia e advogar a compreensão de todas as comunidades e todas as pessoas, principalmente aquelas com quem trabalhamos e com as quais alcançamos através de nosso conteúdo.

    Emma Watson também emitiu uma declaração em sua conta do Twitter em defesa dos direitos e da identidade trans. Segundo a atriz de Harry Potter, "as pessoas trans são o que dizem ser e merecem viver suas vidas sem serem constantemente questionadas ou informadas de que não são quem dizem ser."

    Também nesta quarta-feira, Rowling publicou um extenso artigo em seu website. Nele, a autora critica o excesso de ativismo trans que, para ela, é novo. Mas ela também afirma ao longo do texto a seguinte frase: "É claro que os direitos trans são direitos humanos e, é claro, a vida trans importa". Leia o texto completo clicando aqui.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonas Bittencourt Jr.
      Isso mesmo Guilherme, uma pessoa inteligente por aqui , finalmente.
    • Guilherme Anjos
      O que o Jonas está manifestando aqui é uma simples revolta pelo fato de que um comentário de um fato científico fora tratado escandalosamente como um ato de discriminação sexual, o que é um absurdo. Eu entendo a revolta dele, pois J.K. Rowling não falou nada de errado, agora o tanto que estão a crucificando apenas por ela ter dito algo que É FATO. Não sei onde iremos chegar, mas uma coisa eu sei, mulheres sempre serão mulheres e homens homens, o sexo é imutável. Apenas mulheres podem engravidar, apenas homens possuem uma força maior do que o sexo feminino, pois seus corpos SÃO ASSIM, NASCERAM E SERÃO ETERNAMENTE ASSIM. Se você muda algo por fora, ou inclui uma genitália do sexo oposto, você aparenta ser do sexo oposto, mas seu DNA ainda possui o mesmo cromossomo. VOCÊ Ainda é o mesmo.
    • Jonas Bittencourt Jr.
      Obrigado pela sua opinião, o curso de Humanas fica ao fim do corredor, tenha uma boa aula Kkkks
    • Jonas Bittencourt Jr.
      Oi? Onde foi que eu disse que o mundo está chato, ''querida''? Eu acho o mundo um lugar maravilhoso, e até bem engraçado às vezes, já que eu posso ler comentários como os seus.
    • Guilherme Anjos
      Ela só falou verdades. Todos os animais só nascem com dois sexos. E morrem do mesmo jeito, o que existem são artifícios para tornar um sexo mais parecido com outro, mas no fim das contas, o sexo continua o mesmo, o corpo responde da mesma forma de quando nasceu, não podemos mudar isso.
    • FCS
      sim.
    • FCS
      o mundo tá chato pra machista, intolerante, homofóbico e racista. Lide com isso.
    • FCS
      quanta bobagem. ''todo mundo tem direito de viver como quiser,'' então qual o motivo desse seu mimimi? ''não agrida ou persiga/difame'' , se posicionar de maneira tola é incitar preconceito, agredir identidade. Ponto, e sem mimimi.
    • Jonas Bittencourt Jr.
      É óbvio que todo mundo tem direito de viver como quiser, desde que não invada o espaço de terceiros. Assim como todo mundo tem direito de não concordar com a forma como você vive, assim como outros tem direito de não concordar com a sua discordância...E assim vai eternamente. Todo mundo tem direito de se expressar sobre o que quiser, desde que não IMPONHA suas convicções à ninguém, não agrida ou persiga/difame, etc..O que J.K falou é apenas um fato científico, irrefutável. No mesmo texto, ela diz que ama as pessoas trans, então ela não falou com a intenção de humilhar, descriminar. Ela apenas externou um fato de simples compreensão.
    • Jonas Bittencourt Jr.
      Meus Deus mas que frescura do caralho que estamos vivendo nesse momento hein
    • Andre Guilherme
      Afirmar algo biológicamente irrefutável agora é motivo de CANCELAMENTO.
    Mostrar comentários
    Back to Top