Minha conta
    Festival Latino-Americano 2019 divulga filmes selecionados e programação
    Por Ygor Palopoli — 18 de jul de 2019 às 13:55

    Diretora brasileira Tata Amaral e ator chileno Patrício Contreras são alguns dos homenageados da vez.

    Exibindo um total de 148 produções, de 16 países diferentes, o 14º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo acaba de divulgar a programação do evento. Fakir, dirigido por Helena Ignez e ainda inédito no Brasil, foi o grande escolhido como filme de abertura, no dia 24 de julho, quarta-feira, às 20h30. Vale lembrar que sessão é aberta ao público e acontecerá na Sala Simón Bolívar do Memorial da América Latina.

    Responsável por trazer obras ainda não lançadas em terras nacionais e longas brasileiros em première mundial, a Sessão Contemporâneos exibe filmes de países como Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Guatemala, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Porto Rico, Uruguai e Venezuela.

    Dentre estes, destacam-se o chileno Cuecas Rasgadas (Arnaldo Valsecchi), o argentino Eu Menina (Natural Arpajou), o cubano A Música das Esferas (Marcel Beltrán) — estes dois últimos diretores presentes no Festival —, o venezuelano Eu, Impossível (Patricia Ortega), e o uruguaio Pornô Para Iniciantes (Carlos Ameglio).

    Marcando presença de peso nas mostras, estão também os nacionais No Coração do Mundo (Maurilio Martins, Gabriel Martins), Eldorado, Mengele Vivo ou Morto? (Marcelo Sampaio), Ensaio Sobre o Fracasso (Cristiano Burlan), A Mulher da Luz Própria (Sinai Sganzerla) e o próprio Fakir, na abertura.

    Mercúrio Produções
    Fakir (Helena Ignez).

    As cineastas brasileiras Tata Amaral, Cláudia Priscilla, a atriz Léa Garcia e o ator chileno Patrício Contreras serão os grandes homenageados do Festival de Cinema Latino-Americano, que trará algumas de suas obras mais emblemáticas para sessões. O encerramento do Festival, que acontece em 31/07, às 20h00, no Cinesesc, será marcado pelo filme Compasso de Espera, do diretor teatral Antunes Filho.

    Além de diversas entradas francas, a intenção do evento é trazer preços acessíveis, que vão de R$5 a R$12. As  exibições, debates e oficinas vão acontecer no Cinesesc, Memorial da América Latina, Spcine Olido e Spcine Centro Cultural São Paulo (CCSP).

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top