Minha conta
    Oscar 2019: Graças a Roma, Alfonso Cuarón recebe quatro indicações ao prêmio
    Por Katiúscia Vianna — 22 de jan. de 2019 às 15:14

    Na verdade, são cinco. E poderiam ser seis!

    Roma está liderando a disputa ao Oscar 2019, com 10 indicações, ao lado de A Favorita. E o diretor Alfonso Cuarón pode fazer história, saindo da cerimônia com quatro estatuetas na bolsa. Já premiado pela Academia por Gravidade, o cineasta está indicado — nominalmente — em quatro categorias: melhor filme (como produtor), direção, roteiro original e fotografia. 

    Por sua vez, o prêmio de melhor filme estrangeiro não é cedido para uma pessoa diretamente, mas sim o país de origem. Então, caso Roma ganhe, México é o vencedor oficial. Porém, é Cuarón que subirá ao palco para aceitar o prêmio, como o diretor da obra. Isso sem contar a esnobada que a obra da Netflix sofreu em fotografia, senão o moço teria seis brigas pela frente.

    Tecnicamente, Walt Disney é a pessoa que recebeu o maior número de indicações ao Oscar, num mesmo ano, em 1954, porém muitas das categorias onde ele concorreu nem existem mais. Hoje, Cuarón divide seu recorde com Warren Beatty (duas vezes com O Céu Pode Esperar e Reds), Alan Menken (A Bela e a Fera) e os irmãos JoelEthan Coen (Onde os Fracos Não Têm Vez).

    Outro profissional multitarefa na disputa do Oscar 2019 é Bradley Cooper. Apesar de não ter sido indicado na categoria de direção, o moço está concorrendo em melhor filme (como produtor), ator e roteiro adaptado por Nasce uma Estrela. Quem vai levar a melhor? A cerimônia acontecerá no dia 24 de fevereiro.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top