Minha conta
    Natalie Portman afirma que Vox Lux é o filme mais político de sua carreira
    Por Renato Furtado — 5 de set. de 2018 às 14:12

    E onde é que entra V de Vingança?

    Só porque V de Vingança lida com revoluções e governantes corruptos, isso não quer dizer que este seja o trabalho mais político da carreira de Natalie Portman. De acordo com a própria estrela de Hollywood, o longa de James McTeigue não é o detentor do primeiro lugar: o campeão político de sua filmografia é o vindouro Vox Lux, lançado mundialmente durante a atual edição do Festival de Veneza.

    "Vox Lux é o filme mais político que já fiz. Não acho que nem mesmo duas pessoas sairão da exibição com o mesmo sentimento. O filme faz as pessoas debaterem", declarou a atriz (via Variety). No drama musical, Portman interpreta Celeste, uma pop star com sua parcela de problemas psicológicos e o peso de um trauma em suas costas: quando adolescente, Celeste sobreviveu a um tiroteio em sua escola.

    Assim, o projeto do diretor Brady Corbet (A Infância de um Líder) analisa algumas das manifestações mais essenciais da constituição estadunidense moderna: a exacerbada cultura pop local e os trágicos atentados cometidos por jovens em escolas ao redor do país. Contando com o fato de que os Estados Unidos são administrados pelo eternamente controverso Donald Trump, às voltas com a regulamentação de armas nos EUA, Vox Lux realmente pode ser o trabalho mais político de Portman.

    Aclamado pela crítica internacional presente na mostra italiana - onde ganhou o "apelido" de anti-Nasce uma Estrela, o hit de Bradley Cooper - e prestes a rumar ao igualmente prestigiado Festival de Toronto, que terá cobertura completa do AdoroCinema, Vox Lux ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top