Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Missão Impossível - Efeito Fallout é a maior estreia da semana
    Por Rafaela Ferreira — 26 de jul. de 2018 às 10:10

    O romance Todo Dia também é destaque.

    Ethan Hunt está de volta! Com direção de Christopher McQuarrieMissão Impossível - Efeito Fallout é o sexto filme da franquia e a maior estreia dessa semana. Estrelado por Tom CruiseHenry Cavill e Rebecca Ferguson, o longa de ação, exibido em 1,3 mil salas de todo o país, traz o espião unindo forças com o time do IMF em uma corrida contra o tempo para acertar as contas com os erros do passados. 

    Quem também chega competindo por atenção nos cinemas brasileiros é o romance Todo Dia. Na trama, A é uma entidade que tem o incrível poder de acordar todos os dias em um corpo diferente, independente de gênero, cor ou idade. Sua rotina de constante adaptação, no entanto, sofre uma reviravolta quando acorda no corpo de Justin (Justice Smith) e acaba se apaixonando pela namorada dele, Rhiannon (Angourie Rice). Abre em 238 salas.

    Para informações sobre os horários das sessões, acesse nosso guia de programação.

    Confira abaixo os trailers, críticas e a opinião da imprensa sobre os filmes que estreiam nesta semana.

    Missão Impossível - Efeito Fallout

    "Como bom exemplar de gênero, disputas entre agências nacionais de espionagem, conflito de métodos de ação, figuras ambíguas, acerto de contas, desmascaramento de vilão, grandes armações, perseguições intermináveis e porradaria fazem parte do pacote e são ingredientes muito bem dosados pelo diretor. [...] Missão Impossível – Efeito Fallout é divertido como poucos e sem piadas forçadas ou tudo jogado no colo do alívio cômico. A graça nasce de troca de olhares, plano/contraplano improvável e com duração estendida, reações sem palavras e do conhecido azar de Ethan Hunt, sempre envolvido em surreais situações complicadíssimas que só vão piorando". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Todo Dia

    "Apesar da embalagem enxuta, e de um encaminhamento de certo modo previsível, Todo Dia consegue romper com o conservadorismo vigente na maior parte das produções teen, apontando para uma discreta ruptura com os códigos sexuais, de gênero e de identidade de modo geral. Ainda falta muito para chegarmos a um romance de apelo comercial realmente subversivo – nem Com Amor, Simon, dotado de uma temática gay, conseguia sugerir o desejo sexual sem chocar as plateias americanas -, mas já constitui um passo considerável". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    A Festa

    "A Festa não é inspirado numa peça de teatro, mas parece ser. Não apenas pela unidade de espaço (tudo se passa na casa de Janet e Bill), mas pelo fato de os personagens estarem em cena o tempo inteiro. Por puro sadismo do dispositivo, eles não abandonam o lugar, mesmo quando a situação se torna insuportável. Os convidados estão impedidos de partir porque seu propósito de (auto)destruição ainda não foi cumprido. [...] Mesmo assim, para não soar excessivamente teatral, o projeto aposta em enquadramentos próximos dos rostos, movimentação ágil da câmera e um preto e branco contrastado". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Alguma Coisa Assim

    "Tecnicamente, o filme tem seu valor, especialmente na fotografia de Marcelo Trotta, que mostra bem a inquietude dos jovens. E ao mesmo tempo explora a beleza dos ambientes. A montagem de Esmir e Caroline Leone consegue pular bem de um período para o outro, mas não foi capaz de cortar os excessos da produção. [...] No final das contas, o longa não traz muito de novo com relação ao curta. Quem era fã da obra original vai gostar de ver o desenvolvimento dos personagens". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Lámen Shop

    "Como um biscoito da sorte, Lámen Shop combina receitas de vida e receitas culinárias, tratadas de modo indistinto. Os personagens ensinam uns aos outros como cozinhar, como amar, como se reconciliarem. Todas as feridas se resolvem entre carnes e temperos, entre lágrimas e abraços. Esta pode ser uma visão simplista dos laços sociais, mas é difícil dizer que falta sinceridade à utopia proposta pelo diretor". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Vinte Anos

    "Segundo a própria diretora, são 20 anos que separam seus dois documentários sobre os casais protagonistas. Só que, se o primeiro filme foi lançado em 1993, o reencontro entre diretora e entrevistas aconteceu em 2008 - ou seja, 15 anos. As viagens periódicas de Alice e sua equipe permaneceram até 2015, como o próprio filme ressalta - ou seja, 22 anos. De onde saiu o número 20, é realmente um mistério". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Promessa ao Amanhecer

    "Pensando de forma enciclopédica, a trajetória de Romain Gary (1914 - 1980) sempre pareceu urgir por uma dramatização cinematográfica. Nascido na Polônia, em um território que hoje pertence à Lituânia e que na época fazia parte do Império Russo, Gary viveu de forma intensa. [...] Com um material tão rico em mãos, o diretor Eric Barbier (O Último Diamante) fez um trabalho competente em Promessa ao Amanhecer ao escolher costurar a narrativa do longa-metragem não com as vicissitudes da vida de Gary em si, mas com a complexa relação do escritor com sua mãe, uma figura apresentada como a ambivalente rosa dos ventos do protagonista". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Rodryg A.
      Promessa ao Amanhecer: esse promete.
    • Jonathan K.
      Missão Impossível 6. Nota: 10,0. Incrivel. Todo dia: nota: 8,0. muito bom. Sempre assisto um ou dois filmes na semana de estreia para passar o dia no cinema e aproveitar minha folga do trabalho.
    • Marcos Adriano Dams
      Missão Impossível: Efeito Fallout
    • Deise Ferreira
      Acho que Missão Impossível – Efeito Fallout vai arrebentar, além de ter todo talento, charme e beleza de Tom Cruise, vai ter um elenco de primeira, cenas arriscadas, e muita ação!
    • Vidamell Vida R.
      Missão Impossível
    Mostrar comentários
    Back to Top