Minha conta
    O Plano Imperfeito: Conheça Zoey Deutch, estrela do novo romance da Netflix
    Por Taiani Mendes — 24 de jun. de 2018 às 09:45

    Será que você já não a viu antes?

    Quem diz que a comédia romântica está morta não anda atento ao catálogo das produções originais Netflix. Os apaixonados mal se recuperaram do fenômeno instantâneo A Barraca do Beijo, estrelado por Joey King, e o serviço de streaming já lançou outro hit mirando nos fãs da boa e velha aventura amorosa levemente divertida: O Plano Imperfeito.

    Dirigido por Claire Scanlon (GLOW, Unbreakable Kimmy Schmidt, Faking It), o filme acompanha dois explorados assistentes de executivos, Harper e Charlie, que se unem para fazer com que seus chefes se apaixonem, imaginando que isso fará com que eles fiquem menos workaholics e exigentes no escritório.

    Taye DiggsLucy LiuJoan Smalls estão no elenco, e nesta matéria vamos apresentar apropriadamente a talentosa Zoey Deutch, que forma o casal principal com Glen Powell. Sabia que esse não é o primeiro encontro dos dois diante das câmeras? Sob o comando de Richard Linklater eles atuaram em Jovens, Loucos e Mais Rebeldes...

    Mas comecemos do início!

    Zoey Francis Thompson Deutch nasceu em 1994, em Los Angeles, com a arte correndo nas veias. Sua mãe é a atriz Lea Thompson, a inesquecível Lorraine da franquia De Volta Para o Futuro, e seu pai o diretor Howard Deutch, responsável por A Garota de Rosa-Shocking.

    Getty Images

    Com uma irmã mais velha, Madelyn, também investida na atuação, Zoey estreou na profissão em 2010, na série do Disney Channel Zack & Cody: Gêmeos à Bordo - spin-off de Zack & Cody: Gêmeos em Ação. Participações em NCISCriminal Minds vieram na sequência, além de um papel em Ringer, aposta da CW que tinha Sarah Michelle Gellar como gêmeas.

    O filme de estreia foi Mayor Cupcake, de 2011, estrelado pela mamãe, e o primeiro blockbuster seria O Espetacular Homem-Aranha, mas sua cena acabou cortada da versão final. Azar na ponta excluída, sorte no universo das adaptações que buscaram repetir o sucesso de Crepúsculo e Jogos Vorazes. Deutch protagonizou Academia de Vampiros - O Beijo das Sombras e atuou em Dezesseis Luas, que passaram longe de seus objetivos, mas sem dúvidas cimentaram o caminho da atriz no cinema.

    Seu carisma juvenil acessível, a beleza não intimidadora, confiança bem-humorada e o ar de boa moça que esconde transgressões a levaram ao estereótipo da menina dos olhos do personagem principal, papel que desempenhou em Tirando o Atraso, o já citado Jovens, Loucos e Mais RebeldesNerds, Bebidas e Curtição e Tinha Que Ser Ele?.

    O drama Antes que Eu Vá, com ares de Feitiço do Tempo, finalmente a livrou da posição coadjuvante e o potencial de estrela voltou a ser testado em Flower, ainda inédito no Brasil, em que vive uma adolescente nada convencional. Foi de intenso trabalho para a atriz o ano passado, quando participou ainda de Artista do Desastre, foi dirigida pela primeira vez pela mãe (The Year of Spectacular Men), viveu Oona O'Neill em O Rebelde no Campo de Centeio - A Vida de J.D. Salinger e atuou em clipe musical de Ed Sheeran.

    Seu próximo projeto é a comédia dramática Richard Says Goodbye, de Wayne Roberts, que terá Johnny Depp como astro principal.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top