Minha conta
    Danilo, goleiro e herói da Chapecoense, ganhará cinebiografia
    Por Renato Furtado — 8 de mai. de 2017 às 16:02

    O jogador foi vítima do trágico acidente de avião de novembro de 2016.

    Infelizmente, não é raro ver filmes baseados em tragédias e desastres da vida real. Os acidentes aéreos, especificamente, são uma temática recorrente para diversos realizadores como Paul Greengrass e Clint Eastwood, que em Voo United 93 e Sully - O Herói do Rio Hudson, respectivamente, não só investigaram as causas e consequências como também homenagearam os envolvidos nessas fatalidades. E celebrar a trajetória e a vida de Marcos Danilo Padilha, uma das pessoas vitimadas na trágica queda do avião da Chapecoense, é o objetivo de Thiago di Melo.

    Mais conhecido por sua atuação no mundo da música sertaneja e pela direção cinematográfica de seus videoclipes, que funcionam como verdadeiros curtas-metragens, di Melo divulgou que seu próximo projeto será Goleiro, uma cinebiografia sobre Danilo, o defensor das redes do time de Chapecó e principal herói da equipe. Foi com uma defesa, nos últimos minutos do segundo tempo no segundo jogo contra o San Lorenzo, que Danilo garantiu a classificação de sua equipe para a final da Copa Sul-Americana de Futebol. No entanto, o sonho do título teve um fim prematuro e violento quando o avião que levava os jogadores para a primeira partida da decisão do torneio, em Medellín, caiu por falta de combustível e pane elétrica.

    "O roteiro prioriza a história de vida e superação e não a tragédia. Conhecer sua família e ver a estrutura em que ele foi criado me fez entender o motivo de ele ser tão querido. Pude vivenciar e me emocionar com o amor que ele tinha por seus pais, irmã, esposa e filho e conhecer histórias que engrandeceram ainda mais o projeto", afirmou di Melo, que escreveu o roteiro do filme com o apoio da Associação Chapecoense de Futebol e entrevistou familiares, amigos e jogadores para fechar o script do projeto. Além de roteirizar e comandar Goleiro, di Melo também produzirá a trilha sonora do longa. A canção-tema será "Menino Sonhador", de autoria do cantor e cineasta.

    O elenco ainda não foi definido, mas, em entrevista à RIC TV, uma rede local do Paraná, o idealizador do projeto afirmou que estava negociando com Cauã Reymond para o papel principal e com Glória Pires e Tony Ramos para os papéis dos pais do goleiro. Com duração prevista de 1h40 e orçamento de aproximadamente R$ 15 milhões, segundo o próprio realizador, Goleiro não tem previsão de estreia.
    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top