Minha conta
    Cena cortada de Harry Potter e as Relíquias da Morte trazia triângulo amoroso entre Hermione, Rony e Vítor Krum
    Por Vitória Pratini — 5 de nov. de 2016 às 10:23

    Intérprete de Vítor Krum comentou em entrevista a ideia alternativa do diretor David Yates para o penúltimo filme da franquia.

    Todo mundo sabe que, bem antes de Hermione (Emma Watson) e Rony (Rupert Grint) ficarem juntos em Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, a talentosa aluna da Grifinória teve um flerte com ninguém menos que o famoso jogador de Quadribol da Búlgaria e participante do Torneio Tribuxo Vítor Krum (Stanislav Ianevski) em O Cálice de Fogo.

    O que você não deve saber é que o diretor David Yates, responsável pelos últimos quatro filmes da franquia Harry Potter e pelos dois primeiros de Animais Fantásticos e Onde Habitam, quase trouxe Krum de volta para As Relíquias da Morte - Parte 1. O personagem apareceria no casamento de Fleur e Bill.

    De fato, no livro de J.K. Rowling, Krum é convidado ao casamento e, na recepção, confronta Xenofílio Lovegood (Rhys Ifans) por usar um colar com o símbolo associado ao bruxo das trevas Gerardo Grindewald (no caso, o das Relíquias da Morte). Ele cumprimenta Hermione e a elogia, até que o Rony puxa a moça para a pista de dança, deixando claro para o búlgaro que os dois estavam juntos (apesar de ainda não estarem).

    "Love is in the air..."

    Entretanto, no filme, Yates tinha uma ideia diferente para esse momento: "[Ele] inventou uma nova história que não estava nos livros, um triângulo amoroso entre Vítor Krum, Hermione e Ron", explicou o intérprete do estudante da Durmstrang, Stanislav Ianevski em entrevista ao Entertainment Weekly. A cena foi gravada, "mas foi cortada do filme porque obviamente não se encaixava com todas as coisas horríveis que aconteceram no último livro."

    E como seria essa cena? Ianevski contou em detalhes: "Fizemos uma nova cena de dança, eu meio que roubei [Hermione] de Rony. Ela se lembrou dos nossos velhos tempos, Vítor estava agindo como um cavalheiro de novo, feliz por vê-la, ela estava feliz em vê-lo. Rony estava sentando num canto, com ciúmes e então Viktor a levou para a pista de dança."

    "Mas eu me mordo de ciúúúme...!"

    O ator acredita que essa tensão poderia ter continuado a partir daí e que Viktor teria uma boa chance de conquistar Hermione. "Não sei até onde eles poderiam ter ido", disse, rindo. "Se a história do sétimo [filme] que David Yates inventou tivesse se extendido, então talvez eles poderiam ter entrado em uma briga com Rony e Vítor obviamente iria ganhar e viver feliz para sempre com Hermione".

    Se você ficou imaginando o que rolou entre Hermione e Krum em O Cálice de Fogo, Ianevski especula, ironicamente: "Acho que é o segredinho deles, só Deus sabe. Bom, eles gostaram [de passar tempo juntos]. Era obviamente difícil para eles entender um ao outro... Ele realmente não entenderia muito. Ele só sentaria e a observaria, meio que observaria e protegeria. Talvez ele fosse... sendo o melhor apanhador de Quadribol do mundo, claro que tinha um grande ego, então ele defenderia quem gosta."

    Quem leu os livros sabe por alto que o primeiro beijo de Hermione foi com Vítor Krum, como Gina (Bonnie Wright) sutilmente joga na cara do seu irmão Rony em O Enigma do Príncipe, quando ele questiona porque ela está beijando Dino Thomas (Alfred Enoch) em público.

    E você, o que acha? Krum teria chance contra Rony? Você é #TeamRony ou #TeamVítor?

    Caso você esteja curioso para saber como está Stanislav Ianevski hoje em dia, dê uma olhada. Com 31 anos, ele continua atuando em produções búlgaras e, acredite, não está fazendo cosplay de Dothraki. (Piada ruim? Ok.)


    Vale lembrar que Animais Fantásticos e Onde Habitam chegará aos cinemas no dia 17 de novembro.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top