Minha conta
    As Sufragistas: Drama histórico feminista com Meryl Streep ganha cartaz nacional e data de estreia no Brasil
    Por João Vitor Figueira — 16 de out. de 2015 às 19:19

    Longa-metragem é baseado em fatos reais e acompanha a luta de um grupo de britânicas pelo direito ao voto.

    Suffragette ganhou data de estreia no Brasil, título em português e cartaz nacional. A produção se chamará As Sufragistas no circuito nacional, onde desponta nas telonas no dia 24 de dezembro, véspera de Natal. O primeiro cartaz do filme voltado para o público brasileiro traz os dizeres "Mães, filhas, revolucionárias" e segue o mesmo padrão visual do pôster internacional.

    "O filme se passa na Londres do início do século XX e retrata o crescimento das aparições em público das sufragistas, mulheres que resistiam à opressão de forma passiva, mas, a partir do momento em que começam a encarar uma crescente agressão da polícia, decidem se rebelar publicamente. A atriz Carey Mulligan interpreta Maud Watts, que trabalha com seu marido em uma lavanderia. Um dia, Maud reconhece uma companheira de trabalho entre os manifestantes de um grande protesto e percebe que deve reivindicar sua dignidade", diz a sinopse oficial em português do longa-metragem.

    Baseado em fatos reais, As Sufragistas conta com Helena Bonham Carter no papel de Edith Ellyn, uma ex-professora que passou a ajudar nas campanhas da organização "Women's Social and Political Union", quando rodou a Inglaterra para mobilizar mulheres a lutar por seus direitos, incluindo, principalmente, o direito ao voto. Meryl Streep interpreta Emmeline Pankhurst, líder do movimento pelo sufrágio feminino, fundadora da WSPU.

    O roteiro do filme foi escrito por Abi Morgan (Shame, A Dama de Ferro) e a direção é de Sarah Gavron (Um Lugar Chamado Brick Lane).

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top