Minha conta
    A Culpa é das Estrelas é a principal estreia da semana
    Por João Vitor Figueira — 5 de jun. de 2014 às 00:01

    Drama romântico baseado em livro de John Green chega aos cinemas nesta quinta-feira, junto com filmes como a refilmagem Oldboy - Dias de Vingança e o drama nacional O Lobo Atrás da Porta.

    O filme A Culpa é das Estrelas é a maior estreia desta quinta-feira. Adaptação para as telonas do livro de John Green que se tornou um campeão de vendas em países de todo o mundo, o drama romântico acompanha o desabrochar de uma paixão entre os adolescentes Hazel (Shailene Woodley) e Gus (Ansel Elgort), que se conhecem num grupo de apoio para jovens com câncer e vivem aquele que pode ser o primeiro e último amor de suas vidas.

    O filme conta com direção de Josh Boone, responsável por Ligados Pelo Amor. O roteiro do longa é assinado por Michael H. Weber e Scott Neustadter, que juntos escreveram o script de (500) Dias com Ela.

    Outro destaque desta quinta-feira é O Lobo Atrás da Porta, produção nacional que mescla drama e suspense que acompanha a complicada busca de um casal por seu filho desaparecido. Durante a investigação, segredos vem à tona e o delegado responsável pelo caso descobre que o caso é ainda mais complexo do que parecia. Com direção de Fernando Coimbra, o longa traz Leandra LealMilhem CortazFabiula Nascimento e Juliano Cazarré no elenco.

    Oldboy - Dias de Vingança, refilmagem do violento suspense Oldboy, de Chan-wook Park. A versão norte-americana do filme sulcoreano traz a direção do veterano Spike Lee e Josh Brolin no papel de um homem que é mantido em cativeiro por 20 anos que é misteriosamente libertado do dia para a noite e parte em busca de vingança. O elenco conta ainda com Elizabeth OlsenSharlto Copley e Samuel L. Jackson.

    As demais estreias são os dramas nacionais Meninos de KichuteRiocorrente ; os documentários Tim Lopes - Histórias de ArcanjoEm Busca de um Lugar ComumJunho - O Mês que Abalou o Brasil; a aventura histórica Vermelho Brasil e a comédia dramática Uma Vida Comum.

    Para informações sobre os horários das sessões, acesse nosso guia de programação.

    Confira abaixo os trailers, as críticas do AdoroCinema e a opinião da imprensa:

    A Culpa é das Estrelas: "Um projeto muito acima da média em comparação com os dramas normalmente oferecidos ao público adolescente. Os personagens têm complexidade, conseguem alternar entre dúvidas típicas da juventude e questões mais profundas sobre o amor e a morte. Dentro do gênero “melodrama romântico”, Hollywood raramente consegue fazer algo melhor. Sem dúvida, o palavreado simples e direto de John Green para abordar o câncer contribui para atmosfera naturalista e comovente." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Oldboy - Dias de Vingança: "Do modo como foi feito, Oldboy – Dias de Vingança fica no meio-termo. Tem uma linguagem convencional demais para o circuito de arte, mas é violento demais para o grande público. Possui todos os ingredientes temáticos do filme trash, mas é conduzido com a linguagem polida de um suspense policial. Os fãs do original dificilmente vão aprovar esta versão inferior, e quem não gostava da carnificina de Park Chan-wook não tem motivos para repetir a dose." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    O Lobo Atrás da Porta: "É justo dizer que a história não teria tamanho impacto se não fosse pelas grandes atuações do elenco, especialmente de Leandra Leal. Ela compõe uma figura da amante longe do imaginário machista: nada de uma bomba sexual dependente e passiva, e sim uma mulher de fala doce e olhar obstinado, que sabe oscilar muito bem entre a sedução e a chantagem. " Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Uma Vida Comum: Leia a opinião da imprensa.

    Vermelho Brasil

    Riocorrente: "A vida estressante dos dias de hoje é o objeto de estudo de Riocorrente, que utiliza-se de uma série de figuras de linguagem que deixam tudo muito interessante. Além de contar com efeitos visuais que mapeiam os sentimentos dos protagonistas, cria uma série de alegorias visuais. Neste sentido, os animais possuem função importante na trama. Leões, cachorros e ratos surgem em metáforas sobre o mundo atual." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Meninos de Kichute: "Na disputa do bafo, na supervalorização da pornografia, na provocação da pelada, no bullying, de uma maneira geral, os Meninos de Kichute cativam. Com bons diálogos – e pode chamar de diálogo a zoação de moleques de 12 anos? –, o nível de provocação chega a ser ousado, frente à patrulha do politicamente correto dos dias de hoje. Mas e não era assim? Com isso, o filme capta com precisão o humor “quinta-série” característico da idade. Neste ponto, um belo gol." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Tim Lopes - Histórias de Arcanjo: "O longa-metragem busca apresentar um panorama completo de Tim, tendo como enfoque principal seu brutal assassinato, traumático até hoje para os profissionais de jornalismo. Para tanto utiliza com habilidade um trunfo: Bruno Quintella, roteirista do documentário e filho do retratado. Presente em cena em diversos momentos, Bruno dá ao filme uma carga dramática extra pelo simples fato de ser um filho em busca de informações sobre o pai. Com isso, consegue obter depoimentos esclarecedores, não apenas sobre a morte de Tim mas também sobre as investigações decorrentes dela" Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Junho - O Mês que Abalou o Brasil

    Em Busca de um Lugar Comum:

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top