Minha conta
    Novos planos de assinatura vão chegar à Netflix — e estes te incentivarão a não usar a conta dos amigos
    7 de dez. de 2022 às 18:15
    Nathalia Jesus
    Nathalia Jesus
    -Redatora e crítica
    Apaixonada por filmes e séries (principalmente sul-coreanos), a redatora é uma contadora de histórias no mundo do entretenimento. No AdoroCinema, ela acompanha os principais lançamentos, premiações, festivais e solta o verbo em discussões relacionadas à diversidade e inclusão na sétima arte.

    Recentemente, o streaming criou um plano mais barato e com anúncios. Agora, a lista de planos inéditos vai continuar crescendo.

    Os usuários da Netflix já passaram por diversas fases da plataforma, vendo desde o nascimento, até a soberania do streaming, o aumento de preço e outros fortes concorrentes surgindo. Chegaram até mesmo a ver a plataforma aderir aos anúncios, em prol de fornecer um plano mais barato — porém limitado — aos assinantes.

    Agora, o copresidente-executivo da empresa, Ted Sarandos, disse que a Netflix terá mais planos com anúncios no futuro. Nesta terça-feira (6), durante a conferência UBS TMT, ele explicou brevemente sobre o novo projeto que, por enquanto, é apenas uma ideia em estado bruto.

    Temos várias camadas hoje, então é provável que tenhamos várias camadas de anúncios ao longo do tempo, mas nada para falar ainda. E o produto em si vai evoluir, eu suspeito, de forma bastante dramática, mas lenta, gradualmente.

    Em outro esforço para aumentar a receita, o co-presidente executivo também disse que a empresa se concentrará no compartilhamento de senhas em 2023. A Netflix disse que mais de 100 milhões de lares, incluindo 30 milhões nos EUA, estão usando uma senha compartilhada.

    Segundo Ted Sarandos, o aumento dos preços e taxas para quem compartilhar senhas não deixaria os consumidores felizes. Por isso, disse que a empresa está se concentrando em como resolver o problema de uma maneira que os clientes “vejam o valor da Netflix”.

    Existem pessoas que estão curtindo a Netflix, literalmente de graça hoje. Então, eles estão obtendo muito valor com isso. Acho que eles ficarão felizes em ter sua própria conta.

    Enquanto os novos planos (talvez mais baratos) não chegam, os usuários podem desfrutar do plano de R$18,90 reais por mês, em que propagandas são exibidas antes de o usuário dar play na série ou filme. Além do Brasil, outros 12 países também foram contemplados com esta nova assinatura, incluindo Canadá, Estados Unidos, México, França, Alemanha, Itália, Espanha, Reino Unido, Japão, Coreia do Sul e Austrália.

    Quanto ao tamanho do catálogo, é importante mencionar que, até o momento, a Netflix não vai liberar 100% da grade de filmes disponíveis nos planos já existentes. O motivo da decisão envolve questões contratuais, mas os representantes da plataforma de streaming afirmaram que farão “o possível para que quase todo o catálogo esteja disponível” para os assinantes do plano de R$18,90.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top