Minha conta
    Vidas Secas
     Vidas Secas
    4 de maio de 1964 No cinema / 1h 43min / Drama
    Direção: Nelson Pereira dos Santos
    Roteiro Graciliano Ramos, Nelson Pereira dos Santos
    Elenco: Atila Iorio, Maria Ribeiro (II), Orlando Macedo
    Assista agora
    Usuários
    3,7 41 notas e 3 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Em Vidas Secas, uma família miserável tenta escapar da seca no sertão nordestino. Fabiano (Átila Iório), Sinhá Vitória (Maria Ribeiro), seus dois filhos e a cachorra Baleia vagam sem destino e já quase sem esperanças pelos confins do interior, sobrevivendo às forças da natureza e à crueldade dos homens. Adaptação da obra de Graciliano Ramos.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
      GloboplayInscrições
      TelecineInscrições
    Veja todas as ofertas de streaming

    Trailer

    Vidas Secas Trailer 1:58
    Vidas Secas Trailer
    2.613 visualizações
    Pela web

    Últimas notícias

    5 filmes que definiram o cinema brasileiro como o conhecemos
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    segunda-feira, 26 de abril de 2021
    Muito antes de O Auto da Compadecida, Cidade de Deus e Tropa de Elite, os filmes brasileiros já eram um retrato de sua época.
    Festival Remaster: Confira o cartaz exclusivo do evento
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    segunda-feira, 10 de setembro de 2018
    Início em 20 de setembro
    Festival Remaster, Clássicos do Cinema Brasileiro traz filmes de volta às telonas
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quarta-feira, 5 de setembro de 2018
    Sete cidade receberão o evento entre os dias 20 e 26 de setembro.
    Festival de Cannes 2018: Relembre todos os prêmios vencidos pelo cinema brasileiro na história do evento
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    domingo, 6 de maio de 2018
    Palma de Ouro, melhor diretor, melhor atriz...
    6 Notícias e Matérias Especiais

    Elenco

    Atila Iorio
    Personagem : Fabiano
    Maria Ribeiro (II)
    Personagem : Sinhá Vitória
    Orlando Macedo
    Personagem : Soldado Amarelo
    Jofre Soares
    Personagem : Fazendeiro
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Seguir usuário 46.146 seguidores Ler as 2.254 críticas

    4,0
    Enviada em 8 de dezembro de 2021
    Clássico do cinema mundial! obra de Graciliano Ramos aplaudida no mundo todo, roteiro perfeito, mas com falhas de enquadramento, atuações boas, cenário lindo e devastado pela pobreza e esquecimento, uma história linda e triste de uma família em busca de um sol.
    Adriano Côrtes Santos
    Adriano Côrtes Santos

    Seguir usuário 543 seguidores Ler as 300 críticas

    5,0
    Enviada em 15 de fevereiro de 2019
    O diretor Nelson Pereira dos Santos, nos brinda com uma adaptação primorosa e seminal do Cinema Novo, da irretocável obra de Graciliano Ramos. Em Vidas Secas uma família de retirantes nordestinos foge da seca em um ciclo de miséria e humilhações reincidentes . Fabiano (Átila Iório), Sinhá Vitória (Maria Ribeiro), o filho mais novo (Gilvan Lima), o filho mais velho (Genivaldo Lima) e a cachorrra Baleia, formam a família cruelmente ...
    Leia Mais
    Kelvin C.
    Kelvin C.

    Seguir usuário 5 seguidores Ler as 2 críticas

    4,0
    Enviada em 22 de abril de 2014
    Ótimo filme, fiel a obra de Graciliano Ramos, retrata de forma forma real a precariedade sertanista contida na época.
    3 Comentários do leitor

    Foto

    Curiosidades das filmagens

    Revelada no laboratório

    Maria Ribeiro, que interpreta Sinhá Vitória, nunca havia trabalhado como atriz. Ela era funcionária do laboratório cinematográfico em que Nelson e muitos outros diretores do Cinema Novo revelavam seus filmes. Recusou o convite, mas o diretor insistiu, sugerindo que ela pedisse apenas uma licença de dois meses. Aí foi o chefe que não aceitou. Nelson Pereira recorreu ao produtor do filme, Herbert Richers, que conseguiu convencer o dono do laboratór Leia Mais

    Plano B

    Nelson Pereira dos Santos já havia tentado filmar o livro de Graciliano Ramos anteriormente. Acontece que uma tremenda chuva caiu no Nordeste pouco antes das filmagens, acabando com o tradicional cenário árido. Para não perder a viagem - e o dinheiro - o diretor filmou "Mandacaru Vermelho", um nordestern com ele mesmo no papel principal.

    Premiado em Cannes

    Vencedor do Prêmio OCIC no Festival de Cannes de 1964 - em empate com Os Guarda-Chuvas do Amor (1964).
    curiosidades

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade Brasil
    Distribuidor Herbert Richers Produções Cinematográficas
    Ano de produção 1963
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 6 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Preto & Branco
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Em ritmo de poesia, o filme tem seu início,meio e fim desgraçantes.Não há um momento sequer em que temos alegria por parte dos personagens principais.A dor do dia a dia é bem colocada,a jornada causa cansaço e o fim não é feliz.Uma das maravilhosas obras nacionais.O sertão como pano de fundo realça ainda mais a experiência.>Assistido em 13 de Janeiro de 2020-Dou nota 8/10
    Mostrar comentários
    Back to Top