Minha conta
    Capitão Fantástico
    Média
    4,5
    1111 notas e 93 críticas
    distribuição de 93 críticas por nota
    35 críticas
    34 críticas
    8 críticas
    8 críticas
    3 críticas
    5 críticas
    Você assistiu Capitão Fantástico ?

    93 críticas do leitor

    Anderson  G.
    Anderson G.

    Segui-los 954 seguidores Ler as 293 críticas deles

    3,5
    Enviada em 1 de março de 2017
    “Capitão Fantástico” é um daqueles filmes gostosos de ver, ele é divertido, engraçado, quase uma aventura, e mesmo assim, ele é complexo e trata de temas polêmicos e tabus, tudo com uma roupagem sarcástica e sem meias palavras. O filme trata sobre um assunto que canais de documentários adoram explorar, uma família que prefere viver na selva, longe dos prazeres, ou não, da cidade, mas o legal, é a forma como o roteiro aborda o filme, a família em questão é a de Ben (Viggo Mortensen) e seus 6 filhos, que após receberem a noticia da morte da mãe, decidem ir ao enterro da mesma, e nesse meio tempo, diversos questionamentos são colocados, reviravoltas, dramas e comedias acontecem. É um roteiro simples, mas muito bem trabalhado, que explora a contemplação de imagens para formar seu background. O filme se coloca num posicionamento ideológico, e nele se apoia, não vou falar sobre essa parte pois não me atrai, sua mensagem pra mim trata sobre a união da família, e o poder que a mesma adquire estando junta, batalhando e superando desafios, e claro, temos uma critica ao método de ensino tradicional, pois Ben prova que a educação dada em casa pode superar a de uma escola, pois trata a individualidade de cada aluno. Com uma fotografia limpa e com uma paleta de cores fortes, ângulos de câmera que em momentos exploram a contemplação, um belo figurino e um ótimo ritmo, “Capitão Fantástico” não é um primor tecnicamente, mas é muito bom. Em termos de atuação o filme nos presenteia com Viggo Mortensen que faz uma atuação de primeira classe, ele é amoroso e brutal, violento e preocupado, Viggo transmite espetacularmente toda a duvida e questionamentos sobre se é certo o que seu personagem está fazendo. Outro destaque fica para George Mackay que está completamente deslumbrante como o filho mais velho de Ben, e merecia no mínimo estar entre os pré- selecionados do óscar como coadjuvante. Matt Ross, que sempre foi um ator de serie, e nunca teve destaque algum como ator, agora consegue seu destaque com seu primeiro trabalho como diretor, vamos ficar de olho no que vem por ai de Matt. Por fim, “Capitão Fantástico” não é um primor, mas é um filme que consegue entreter e passar uma mensagem, como um bom roteiro e ótimas atuações.
    Bibiana D.
    Bibiana D.

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    5,0
    Enviada em 1 de março de 2017
    Esse filme é de maissssss!!! Eu chorei dee tantas cenas lindas expressando o mais genuíno amor que só uma família pode transmitir. União e companheirismo aliados a ideais de uma luta por um mundo melhor!!! De arrepiar
    AndréL0pes
    AndréL0pes

    Segui-los 23 seguidores Ler as 104 críticas deles

    5,0
    Enviada em 28 de fevereiro de 2017
    Filme maravilhoso, ele te faz refletir e forma sua própria opinião, eu particularmente adoro quando um filme faz isso (ao invés de empurrar uma ideia com a barriga pra você seguir sem mostrar outros modos de ver a situação), aqui vemos dois estilos diferentes de vida, de um lado vemos uma família da qual estamos habituados e de outro vemos um cara que não necessita de nada que a sociedade diz que ele precisa, ele cuida de seus filhos numa floresta, dormem a luz das estrelas, caçam, respeitam uns aos outros e se educam, mas por outro lado ele(a)s são só crianças e isso deixa eles desligados em relação ao estilo de vida das outras pessoas, além de ser perigoso escalar, caçar etc, além de ser emocionante o filme também usa o humor de maneira muito inteligente.
    Juarez Vilaca
    Juarez Vilaca

    Segui-los 2255 seguidores Ler as 393 críticas deles

    3,5
    Enviada em 28 de fevereiro de 2017
    Um bom filme de drama/ficção. O filme é bem feito, bem dirigido, com boa fotografia e roteiro. Viggo Mortensen, como o personagem central da trama, Bem, mereceu a indicação para o Oscar, fez um trabalho brilhante. Uma história de uma família que, hipoteticamente, vivem em contato direto com a natureza e afastada de centros urbanos, por decisão própria, colocando em prática filosofias hippie/socialistas, onde a verdade está acima de tudo. Na verdade é mais um conto de fadas, surgido da cabeça de pessoas radicais, que acreditam que são donos da verdade. O conto de fadas se desfaz ao longo do filme, quando descobrem que fatos acontecidos na família foram escondidos, propositalmente, levando o idealizador da aventura a mudança de planos e aderindo ao convívio urbano. Vale a pena.
    Airton Reis Jr.
    Airton Reis Jr.

    Segui-los 17 seguidores Ler as 55 críticas deles

    3,0
    Enviada em 22 de fevereiro de 2017
    "Capitain Fantastic", de Matt Ross, é um filme com história simples, uma ode a uma nova categoria em um terreno antes quase exclusivo das mulheres (supermães): os homens superpais solteiros, esforçados, dedicados e capazes de qualquer sacrifício para garantir boa educação e oportunidades de sobrevivência na selva humana aos filhos. spoiler: Não a toa o roteiro mata a mulher que deveria compartilhar o papel de cuidadora, em decorrência de uma doença psicológica ou psiquiátrica subjetiva, a depressão, que no filme é retratada como depressão pós-parto, mas o momento da morte da mulher demonstra que foi um processo que durou mais de dezoito anos, pois a cena inicial do filme é um ritual de passagem para a vida adulta do filho cujo parto teria dado origem à depressão mencionada.
    , Ademais, para quem de fato sabe dos ossos da paternidade, as crianças retratadas são bastante inverossímeis e quase não oferecem oposição ao trabalho abnegado do Capitão (Viggo Mortensen), spoiler: o qual, ao deparar-se com o "mundo real" demonstra de fato o que representou o sacrifício pessoal feito, a cena da barba feita é fundamental para expressar o alívio que representa transferir o fardo da criação dos filhos ao avô rico.
    . Para mim, que sou pai solteiro e esforçado, o filme soou lisonjeiro e como uma verdadeira homenagem a um trabalho para o qual muitas vezes não estamos preparados. Para assistir em família, como uma lição do esforço que deveria ser empreendido por todos para o êxito de qualquer grupo familiar.
    Pedro H.
    Pedro H.

    Segui-los 6 seguidores Ler as 6 críticas deles

    4,5
    Enviada em 19 de fevereiro de 2017
    Filme sensacional, um belo mix de natureza selvagem e pequena miss sunshine. Uma delícia de assistir. É bom ver hollywood falando de Noam Chomsky
    Cristiana G.
    Cristiana G.

    Segui-los Ler as 3 críticas deles

    4,0
    Enviada em 13 de fevereiro de 2017
    O que surpreende em Capitão Fantástico é a alternância de "pontos de vista" aos quais o espectador é induzido a concordar ou simpatizar no decorrer da narrativa. O que é "certo" na criação dos filhos? O que é "errado"? Ora parece que o filme defende um estilo de vida "hippie" e que se trata de uma crítica à sociedade de consumo. Ora parece o contrário, que o filme desdenha de estilos de vida alternativos, tendo no american way of life o exemplo mais "bem sucedido" de vida em sociedade. É essa alternância que torna o final do filme satisfatório para qualquer espectador. Não poderia haver final mais provocativo num momento em que, cada vez mais, as pessoas se rotulam a partir de falsos dualismos. Todos os jovens pais deveriam assistir Capitão Fantástico.
    Michaela L.
    Michaela L.

    Segui-los 3 seguidores Ler as 45 críticas deles

    4,0
    Enviada em 2 de fevereiro de 2017
    Um filme excelente e com uma perspectiva diferente! Não é o clássico batido de Hollywood, é um filme para refletir, diferente do que eu estava esperando. Mexe muito com a gente. Melhor final possível
    Paulo H.
    Paulo H.

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 27 de janeiro de 2017
    Ao término da obra, fui transferido rapidamente para o clássico "Clube da luta". Obviamente, não comparando os estilos distintos de David Fincher e Matt Ross, mas sim, a premissa sensacional de: Levar a vida da melhor maneira possível.
    Capitão fantástico, retrata com clareza o consumismo impulsivo da elite americana, o valor exagerado que damos à coisas fúteis, e principalmente, viver para ser melhor, para o auto conhecimento e para a natureza. Ben (Viggo Mortensen) descobre o real sentido da vida tardiamente, e decide passar para os seus seis filhos desde a infância de cada um, a melhor forma de encarar a vida.
    O longa transmite uma linda vontade de refletir, de se perguntar e rever conceitos básicos do nosso cotidiano..com personagens cativantes e bem representados, tudo isso de forma simples, engraçada, dramática e claro, espetacular.
    Denise S.
    Denise S.

    Segui-los 19 seguidores Ler as 3 críticas deles

    5,0
    Enviada em 25 de janeiro de 2017
    Não acredito que não foi indicado para a categoria melhores filmes do Oscar.
    Filme brilhante! Atuação impecável , principalmente das crianças!
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top