Minha conta
    Adeus, Minha Rainha
     Adeus, Minha Rainha
    14 de junho de 2013 No cinema | 1h 40min | Histórico
    Direção: Benoit Jacquot
    |
    Roteiro Benoit Jacquot, Gilles Taurand
    Elenco: Léa Seydoux, Diane Kruger, Virginie Ledoyen
    Título original Les Adieux à la reine
    Imprensa
    3,2 10 críticas
    Usuários
    3,2 52 notas, 7 críticas
    Adorocinema
    3,5
    Assistir em streaming
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Não recomendado para menos de 14 anos

    Julho de 1789, alvorecer da Revolução Francesa. A vida no Palácio de Versalhes continua imprudente e descontraída, distante do tumulto que reina em Paris. Quando a notícia da tomada da Bastilha chega à Corte, nobres e servos fogem desesperados, abandonando o Rei Luís XVI (Xavier Beauvois) e Maria Antonieta (Diane Kruger). Sidonie Laborde (Léa Seydoux), jovem leitora totalmente devotada à Rainha, não acredita no que ouve e permanece perto de sua adorada, confiante de que nada lhes acontecerá.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
    Amazon Prime Video
    Amazon Prime Video
    Por assinatura
    Assistir
    Looke
    Looke
    Por assinatura
    Assistir

    Críticas AdoroCinema

    3,5
    Bom
    Adeus, Minha Rainha

    Às margens da revolução

    por Lucas Salgado
    A revolução francesa, a queda da Bastilha e o cerco ao Palácio de Versalhes já foram retratados diversas vezes nas telonas. Obras como Danton - O Processo da Revolução, Casanova e a Revolução e A Marselhesa retrataram o período de forma marcante através dos talentos de nomes como Andrzej Wajda, Ettore Scola e Jean Renoir, respectivamente. Isso sem falar em Maria Antonieta, de Sofia Coppola. Adeus, Minha Rainha surge para retratar justamente o dia a dia de Versalhes às vésperas de sua tomada. E faz isso de forma muito interessante, escolhendo uma protagonista às margens dos debates políticos. A atriz francesa mais requisitada dos últimos anos, Léa Seydoux vive a personagem principal, Sidonie Laborde. Ela é a leitora oficial de Maria Antonieta (Diane Kruger) e ao mesmo tempo que se incomoda com o fato de ser muito requisitada, ela se sente feliz de ter a confiança da rainha e de outros ilu

    Trailer

    Adeus, Minha Rainha Trailer Legendado 1:51
    Adeus, Minha Rainha Trailer Legendado
    9.029 visualizações
    Adeus, Minha Rainha Trailer (2) Original 1:44

    Últimas notícias

    Exclusivo - Cena tensa de Adeus, Minha Rainha, que estreia em São Paulo, Brasília e em outras cidades
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    Exibido no Festival Varilux 2013, o longa estrelado por Diane Kruger e Léa Seydoux chega também em Curitiba, Belo Horizonte,…
    sexta-feira, 21 de junho de 2013
    Além da Escuridão - Star Trek é a principal estreia da semana
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    O circuito conta ainda com o suspense Segredos de Sangue, o drama romântico Antes da Meia-noite e o brasileiríssimo A Memória…
    sexta-feira, 14 de junho de 2013
    Festival Varilux de Cinema Francês revela programação e usa olhar sensual de Léa Seydoux no cartaz oficial
    NOTÍCIAS - Personalidades
    A organização divulga a lista de 15 filmes inéditos da programação, que começa no próximo dia 1º de maio. Conheça os títulos…
    terça-feira, 9 de abril de 2013

    Elenco

    Léa Seydoux
    Personagem : Sidonie Laborde
    Diane Kruger
    Personagem : Maria Antonieta
    Virginie Ledoyen
    Personagem : Gabrielle de Polignac
    Xavier Beauvois
    Personagem : Rei Luís XVI

    Comentários do leitor

    Sidnei C.
    Sidnei C.

    117 seguidores 101 críticas Seguir usuário

    3,5
    Enviada em 5 de agosto de 2013
    Há muitos filmes sobre a Revolução Francesa. Mais especificamente sobre a rainha Maria Antonieta, temos o recente filme de Sophia Coppola. Adeus, Minha Rainha trás, no entanto, variantes e novidades sobre o tema, que o tornam extremamente interessante, independente de sua precisão histórica. Aliás, a maior crítica que o filme recebeu dos historiadores foi insinuar um romance da rainha com uma nobre, uma platônica paixão homossexual. ...
    Leia Mais
    anônimo
    Um visitante
    2,0
    Enviada em 18 de outubro de 2013
    Na verdade,o filme começa super se explora bem a história,com ótimo figurino e canções daquela éém traz ótimas atuações,em cima de um roteiro bem com o passar de poucos minutos o filme vai se rendendo ao cansaço,ou talvez a preguiç em uma antipatia sem igual,principalmente nos diálogos bem amadores e sem vida (que chega a dar sono.).A única coisa que realmente interessa.é a história em volta das duas mas...
    Juarez Vilaca
    Juarez Vilaca

    2.778 seguidores 393 críticas Seguir usuário

    3,5
    Enviada em 24 de junho de 2013
    Um bom filme, bem dirigido, com cenários e figurinos perfeitos. A França tem essa facilidade de fazer filmes históricos, todos os cenários ainda estão preservados como eram na época. A história acontece nos bastidores do palácio de Versalhes, no período entre a queda da Bastilha e a instalação da Assembléia Constituinte, com a revogação dos poderes do Rei. O enredo gira em torno da vida diária de uma das criadas da Rainha Maria ...
    Leia Mais
    Julia B.
    Julia B.

    10 seguidores 1 crítica Seguir usuário

    1,5
    Enviada em 19 de junho de 2013
    Léa Seydoux e Diane Kruger porém o restante do elenco desaparece nas incertezas da Revolução Francesa. O roteiro deixa muito a desejar enfocando sempre numa possibilidade de spoiler: lesbianismo entre a rainha e uma das mulheres integrantes de sua Corte . Lamentável ver um episódio tão importante da História ser reduzido a isto.
    Leia Mais

    Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Adaptação

    Baseado no livro "O Adeus à Rainha", de Chantal Thomas.

    Preferiu Tim Burton

    Eva Green seria Maria Antonieta, mas desistiu para atuar em Sombras da Noite (2012).

    Festivais

    Filme de abertura do Festival de Berlim 2012.

    Detalhes técnicos

    Nacionalidades França, Espanha
    Distribuidor EUROPA FILMES
    Ano de produção 2011
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Francês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes : Melhores filmes do ano 2011, Melhores filmes Histórico, Melhores filmes de Histórico de 2011.

    Comentários

    • Senhor Ivan!
      Na verdade,o filme começa super bem.Onde se explora bem a história,com ótimo figurino e canções daquela época.Também traz ótimas atuações,em cima de um roteiro bem desenvolvido.Mas com o passar de poucos minutos o filme vai se rendendo ao cansaço,ou talvez a preguiça.Entra em uma antipatia sem igual,principalmente nos diálogos bem amadores e sem vida (que chega a dar sono.).A única coisa que realmente interessa.é a história em volta das duas principais.Nada mas...
    • Vivian I.
      A melhor Maria Antonieta que já assisti. Apesar de visualmente o filme ser muito bom, achei o roteiro perdido, muitas cenas sem sentido. Achei também estranha a relação dela com a Polinac, porque até onde eu sei esta era amante do Luis XV... 
    Back to Top