Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Minhas Mães e Meu Pai
    Média
    4,0
    333 notas e 84 críticas
    distribuição de 84 críticas por nota
    15 críticas
    23 críticas
    34 críticas
    10 críticas
    0 crítica
    2 críticas
    Você assistiu Minhas Mães e Meu Pai ?

    84 críticas do leitor

    Cid V
    Cid V

    Segui-los 45 seguidores Ler as 218 críticas deles

    2,5
    Enviada em 18 de outubro de 2019
    Nic (Benning) e Jules (Moore) formam um casal lésbico que possui um casal de filhos adolescentes, Joni (Wasikowska) e Laser (Hutcherson), que descobrem o doador do esperma que os gerou nas suas respectivas mães. Elas entram em contato com o doador, Paul (Ruffalo) e a partir daí as relações familiares se tornam crescentemente tensas. Mais em: https://magiadoreal.blogspot.com/2019/10/filme-do-dia-minhas-maes-e-meu-pai-2010.html
    anônimo
    Um visitante
    3,0
    Enviada em 2 de maio de 2019
    Minhas Mães e Meu Pai é um daqueles filmes independentes que não tem a menor vergonha de abraçar os clichês de seu gênero. É aquele típico arthouse movie todo desconstruídão com mensagem prafrentex, é sobre as várias confusões de uma ''família nada ortodoxa'', como definiu bem a crítica do site. Oco e previsível, o filme é salvo pelo ótimo elenco capitaneado pelas atuações carismáticas de Annette Bening e Mark Ruffalo.
    Pedro Henrique T
    Pedro Henrique T

    Segui-los Ler a crítica deles

    2,0
    Enviada em 25 de julho de 2018
    Estava gostando do filme, porém o final me decepcionou, o que acontece com o pai deles? Ele merece um final na história.
    Eva H.
    Eva H.

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 8 de julho de 2018
    1hora e 40 minutos perdidos, filme sem noção, com um diálogo pobre, foi o pior filme que eu já vi. Horrível, péssimo, de mau gosto!! Agora eu entendo pq o filme adrenalina não foi pra frente.
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 36272 seguidores Ler as 1 837 críticas deles

    4,0
    Enviada em 1 de agosto de 2017
    Muito bom! concorreu no óscar a melhor filme, roteiro, atriz coadjuvante e e ator coadjuvante, tendo um elenco forte, Mark Ruffalo, Julianne Moore, Annete Bening. Minhas mães e meu pai é criativo e muito humano, um filme que gera discordância, mas que também gera o amor entre pessoas independente da raça, cor ou intenção sexual.
    cinetenisverde
    cinetenisverde

    Segui-los 19145 seguidores Ler as 1 122 críticas deles

    3,0
    Enviada em 16 de janeiro de 2017
    Annete Bening é uma atriz talentosa. Seu único trabalho que acompanhei de perto, Beleza Americana, foi um exercício de neurose formidável, ainda que equivocado em sua exagerada conclusão final (culpa do roteiro?). Porém, através dele é possível ter uma noção muito boa das capacidades de interpretação de Bening tendo como personagem pessoas com algum descontrole emocional que a leve a influenciar negativamente a vida dos seus próximos.
    Frank R.
    Frank R.

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 23 de setembro de 2016
    Filme sem pé nem cabeça. Me admira como Ruffalo e Moore toparam participar de uma obra cretina dessa. O filme vai bem até os seus momentos de conclusão. Tu fica esperando alguma atitude dos filhos ou das mães e nada acontece, incrível. Final surpreendentemente desagradável, não recomendo. Fujam desta produção, serão 1h e 40min desperdiçados de suas vidas.
    João Ricardo D.
    João Ricardo D.

    Segui-los 16 seguidores Ler as 33 críticas deles

    2,5
    Enviada em 16 de julho de 2014
    Apesar de ser culpa da tradução mesmo, o título "Minhas Mães e Meu Pai" não deve deixar uma boa impressão. Mas, deixei de frescura e fui ver o filme. Ele retrata um tema bem atual, sobre as crianças concebidas por inseminação artificial que sentem a necessidade de conhecer o doador. Affem, vou deixar de enrolação e vou logo ao ponto: o roteiro é fraco. Mas² não se pode culpar os realizadores, já que realmente é um tema complexo e é difícil trabalhá-lo de forma satisfatória. E, além disso, o final estraga a mensagem inicial, sobre a convivência entre o doador e a família que ele ajudou. Ok, se eu falar mais é spoiler. Mas³, o filme, como quase todos os outros apresenta algo de bom. As atuações de Annette Bening e Mark Ruffalo são realmente merecedoras de prêmios e assim foram recompensadas (pelo menos com indicações). E também pela estrela em ascensão Mia Wasikowska que foi uma ótima Alice e repete o bom desempenho aqui. Só não entendi o fato de Julianne Moore ter pego uma indicação pro BAFTA. Ela está boa, mas tinham perfomances que não foram indicadas e são melhores (Jennifer Lawrence, Inverno da Alma). Josh Hutcherson está bom e mostra que pode melhorar em atuações futuras. Mesmo com as críticas (no sentido ruim mesmo), "Minhas Mães e Meu Pai" é uma experiência cinematográfica.
    Yago T.
    Yago T.

    Segui-los 18 seguidores Ler as 28 críticas deles

    4,0
    Enviada em 22 de outubro de 2013
    Muitos filmes retratam a família como um tema principal nos últimos anos, esse tema muitas vezes é maçante e sem criatividade, mas com TKAAR foi diferente. O filme é envolvido em um roteiro médio, mas com uma direção bmuito bem executada e um elenco impecável. Annette Bening e Julianne Moore são simplesmente brilhantes, ambas se mostram excelentes, tornando o filme muito bom. Mark Ruffalo faz um papel razoável e se destaca no elenco. Fugindo um pouco do gênero da comédia convencional e se tornando quase um drama, The Kids Are All Right se torna prazeroso de se assistir ao longo dos minutos, em alguns momentos, chegando a ser brilhante. 4/5
    Luca T.
    Luca T.

    Segui-los 7 seguidores Ler as 82 críticas deles

    3,5
    Enviada em 9 de abril de 2013
    Um filme engraçado, de uma familia 'moderna'. Tem partes apelativas e chatas. E achei que faltou um final para o personagem de Mark Ruffalo. Nota:3.5
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top