Meu AdoroCinema
Wim Wenders
facebookTweet
Atividades Diretor, Roteirista, Ator mais
Nacionalidade Alemão
Nascimento 14 de agosto de 1945 (Düsseldorf - Alemanha)
Idade 73 anos
42
anos de carreira
36
filmes e séries lançados

Biografia

Bacharel em medicina, filosofia e artes, o diretor alemão Wim Wenders sempre foi conhecido pela mistura de abordagens, transitando entre ficções, documentários e séries de televisão, marcadas frequentemente pelo realismo fantástico. Ele tornou-se conhecido por seu segundo longa-metragem, O Medo do Goleiro Diante do Pênalti (1972), conquistando diversas indicações a importantes premiações internacionais. O drama realista Alice nas Cidades (1974) e o suspense O Amigo Americano (1977), com Dennis Hopper no papel de Tom Ripley, contribuíram para seu reconhecimento internacional.Francis Ford Coppola convida-o a filmar nos Estados Unidos, e depois do grande fracasso de Hammett (1982), ele obtém sucesso de crítica com Paris, Texas (1984), sua segunda produção americana, que ganha a Palma de Ouro no festival de Cannes. De volta à Alemanha, ele dirige Asas do Desejo (1987), grande sucesso de bilh... Leia Mais

Filmografia

Por que Somos Criativos?
Por que Somos Criativos?
Data de lançamento desconhecida
Living the Light - Robby Müller
Living the Light - Robby Müller
Data de lançamento desconhecida
Papa Francisco: Um Homem de Palavra
Papa Francisco: Um Homem de Palavra
Data de lançamento desconhecida
Submersão
Submersão
19 de abril de 2018
National Bird
National Bird
Data de lançamento desconhecida
Os Belos Dias de Aranjuez
Os Belos Dias de Aranjuez
30 de março de 2017
Waiting for the Miracle to Come
Waiting for the Miracle to Come
1 de janeiro de 2016
Toda a filmografia Melhores filmes / séries

Fotos

21 Fotos

Notícias

Cidade de Deus está entre os 100 melhores filmes estrangeiros de todos os tempos
NOTÍCIAS - Visto na Web
domingo, 4 de novembro de 2018
Submersão: Representar uma história de amor é mais assustador do que fazer qualquer efeito especial, diz Wim Wenders (Exclusivo)
NOTÍCIAS - Entrevistas
sábado, 21 de abril de 2018
Cultuado cineasta alemão agradece ao trabalho dos atores James McAvoy e Alicia Vikander e diz que o filme, com linhas narrativas...
Submersão: James McAvoy fala sobre a “profundidade do afeto e da intelectualidade” no novo filme de Wim Wenders (Entrevista)
NOTÍCIAS - Entrevistas
domingo, 15 de abril de 2018
Ou: ‘Professor Xavier conta como foi filmar cenas românticas com a esposa do Magneto’.
19 notícias sobre esta personalidade
Comentários
  • Rafael Vespasiano
    "O Estado das coisas", de 1982, talvez seja a obra-priam de Wim Wenders, uma excelente obra cinematográfica, uma obra de arte reflexiva e  metalinguística, que fala sobre o próprio cinema, sobre a arte cinematográfica e a criação dartística de um filme. O filme fotografado em preto-e-branco ressalta a poesia primitiva do cinema. Grandes atuações e um excelente roteiro sobre a arte de fazer cinema! Dez! 
  • Rafael Vespasiano
    "Tão longe, tão perto", de 1993, é a continuação de "Asas do Desejo", de 1987, ambos dirigidos por Wenders, mas a sequência não repete o êxito artísitico do original. O final do filme é até interessante, mas até chegar lá, o filme se arrasta de forma monótona e até desinteressante, fato estranho na excelente obra fílmica de Wenders. O roteiro é apenas regular  e as atuações do elenco também. O filme é, enfim, apenas mediano.   
Mostrar comentários
Back to Top