Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Buffy, a Caça-Vampiros: Roteirista do reboot diz que não quer replicar a série de Joss Whedon
    Por Laysa Zanetti — 27 de jul. de 2018 às 14:02
    facebook Tweet

    "Só há uma Buffy", escreveu Monica Owusu-Breen, em resposta às reações negativas dos fãs.

    A roteirista Monica Owusu-Breen, responsável pelo reboot de Buffy, a Caça-Vampiros, comentou em seu Twitter sobre a reação negativa de parte dos fãs da série clássica ao anúncio.

    A nova versão de Buffy the Vampire Slayer foi anunciada na última semana, em paralelo à San Diego Comic-Con, e dividiu os fãs. Enquanto muitos se empolgaram com a notícia, uma grande parcela questionou a necessidade de dar outra roupagem aos personagens já eternizados, e foi a estes que Owusu-Breen escreveu. Leia abaixo.

    “Para alguns escritores de fantasia é Star Wars.
    Buffy the Vampire Slayer é o meu Star Wars.

    Antes de eu me tornar escritora, eu era uma fã. Por sete temporadas, eu vi Buffy Summers crescer, encontrar amor, matar este amor. Eu a vi lutar, se esforçar, e matar.

    Só há uma Buffy. Um Xander, uma Willow, Giles, Cordelia, Oz, Tara, Kendra, Faith, Spike, Angel... Eles não podem ser substituídos. A série brilhante e bonita de Joss Whedon não pode ser replicada. Eu não tentaria fazer isso.

    Mas aqui estamos nós, vinte anos depois...
    E o mundo parece muito mais assustador.
    Então talvez, poderia ser a hora de conhecermos uma nova Caçadora de Vampiros...

    E isso é tudo o que eu posso dizer.”

    O reboot de Buffy the Vampire Slayer será produzido pelo próprio Joss Whedon, criador da original. Owusu-Breen, que já escreveu para as séries Charmed, Alias: Codinome PerigoFringe e Agents of S.H.I.E.L.D., será a responsável pelo roteiro do piloto, com produção de Gail Berman, Joe Earley, Fran Kazui e Kaz Kazui.

    Ainda não há elenco anunciado, mas o plano é escalar uma atriz negra para assumir o papel principal. Na série produzida entre 1996 e 2003, Sarah Michelle Gellar viveu a protagonista, ao lado de Nicholas Brendon (Xander), Alyson Hannigan (Willow), Anthony Head (Giles), James Marsters (Spike), Emma Caulfield (Anya), Michelle Trachtenberg (Dawn) e David Boreanaz, que posteriormente protagonizou o spin-off Angel.

    Buffy the Vampire Slayer, frequentemente citada como uma das melhores e mais importantes séries das últimas décadas da televisão, trazia Buffy Summers enfrentando vampiros, demônios e forças do mal. Uma mistura de drama com pitadas de comédia, a série utilizada os seres sobrenaturais como uma metáfora para tratar a transição da adolescência para a vida adulta — e tem o que é considerado o melhor episódio musical já feito. 

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Igor Morais
      a voz dela é tão linda
    • Paulo César
      Já sei, Jade Eshete, que estava em Dirk Gently, maravilinda.
    Mostrar comentários
    Back to Top