Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Semana 2017: Longa-metragem Era Uma Vez Brasília leva o prêmio principal
    Por Felipe Ribeiro — 23 de nov. de 2017 às 16:36
    facebook Tweet

    Filme de Adirley Queirós apresenta um mundo distópico que mescla ficção científica e realidade para tratar de questões sociais.

    Ao fim de sete dias de exibições e debates sobre o cinema contemporâneo, principalmente o brasileiro, a 9ª Semana — antiga Semana dos Realizadores — anunciou os ganhadores da edição. O júri oficial composto por Mariana NunesPaula GaitánPhilipp Hartmann ofereceu o grande prêmio de Melhor Filme ao longa Era Uma Vez Brasília, de Adirley Queirós. A obra havia sido premiada no Festival de Brasília 2017 nas categorias de Melhor Direção, Fotografia e Som.

    Outras duas produções que foram bastante premiadas: o curta Travessia, de Safira Moreira; e o média-metragem Ava Yvy Vera – Terra do Povo do Raio, realizado por um coletivo indígena do povo Guarani-Kaiowá.

    Mesmo sem perspectivas de patrocínio para sua edição de 2018, a organização da Semana - Festival de Cinema anunciou que fará reformulações em sua estrutura para ampliar seu campo de atuação na cidade do Rio de Janeiro. Leia mais sobre a proposta no site do evento!

    Confira abaixo a lista completa de vencedores:

    JÚRI OFICIAL

    Melhor Filme: Era Uma Vez Brasília,de Adirley Queirós
    Grande Prêmio do Júri: Travessia, de Safira Moreira
    Prêmio pela Inovação da Narrativa Fotográfica: Ava Yvy Vera – Terra do Povo do Raio, de Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Johnaton Gomes, Joilson Brites, Johnn Nara Gomes, Sarah Brites, Dulcídio Gomes e Edna Ximenes
    Prêmio pela Força Libertária da Palavra e da Poesia: Poesia na Guerra, de Fernando Salinas
    Prêmio pela Experiência e Embate entre Som e Imagem: Resiliência, de Marcellvs L.
    Menção Honrosa pelo Imaginário do Caos e sua Reinvenção Apocalíptica: Pazucus – A Ilha do Desarrego, de Gurcius Gewdner

    JÚRI DE ESTUDANTES DE AUDIOVISUAL

    Melhor Longa-metragem: Café com Canela, de Ary RosaGlenda Nicácio
    Melhor Curta-metragem: Travessia, de Safira Moreira
    Prêmio Especial Cinema Compartilhado: Ava Yvy Vera – Terra do Povo do Raio, de Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Johnaton Gomes, Joilson Brites, Johnn Nara Gomes, Sarah Brites, Dulcídio Gomes e Edna Ximenes
    Prêmio Juninho de Cinema Cultural: Aristides de Sousa

    JÚRI DA CRÍTICA PELO COLETIVO ELVIRAS

    Melhor Filme: Histórias que Nosso Cinema (Não) Contava, de Fernanda Pessoa
    Prêmio Especial do Júri: Travessia, de Safira Moreira
    Menção Honrosa: O Peixe, de Jonathas de Andrade
    Prêmio Revelação: Ary Rosa e Glenda Nicácio, por Café com Canela

    JÚRI EDT. (Associação de Profissionais de Edição Audiovisual do Rio de Janeiro)

    Prêmio Ricardo Miranda de Montagem de Invenção: Germano Oliveira, por Música Para Quando as Luzes se Apagam; Rita M. Pestana e Affonso Uchôa, por Baronesa

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top