Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Kevin Spacey tem masterclass cancelada após denúncia de assédio
    Por Renato Furtado — 1 de nov. de 2017 às 10:32
    facebook Tweet

    Mais uma repercussão do caso Anthony Rapp.

    O site MasterClass é especializado em oferecer aulas exclusivas de grandes personalidades e artistas que são experts em suas áreas de atuação. Na seara do cinema, por exemplo, nomes como Martin ScorseseAaron SorkinKevin Spacey foram escalados para ensinar suas artes. Mas após ser acusado de assédio sexual por Anthony Rapp, o astro de House of Cards teve sua masterclass cancelada.

    "À luz dos recentes eventos, a MasterClass decidiu encerrar as inscrições para as aulas online de Kevin Spacey", declarou a empresa, em comunicado oficial (via Variety). Composto por 28 vídeos e lançada no início do ano passado, o conjunto de lições de Spacey durava mais de cinco horas e trazia ensinamentos e tutoriais sobre como "se portar em um teste de elenco", aperfeiçoar um monólogo e fazer imitações. Além disso, usuários premium tinham direito de enviarem performances em vídeo para que o próprio Spacey as avaliasse.

    A interrupção das aulas de Spacey é mais uma das repercussões do caso Rapp. Após ser acusado pelo ator de Star Trek: Discovery, que afirma ter sido assediado pelo ganhador do Oscar quando tinha apenas 14 anos de idade, o renomado intérprete declarou não se lembrar do ocorrido e "aproveitou" a ocasião para assumir sua homossexualidade. A revelação, cujo timing e forma não poderiam ter sido mais infelizes, foi encarada como uma tentativa de Spacey de justificar seus atos e provocou a ira da comunidade LGBT.

    A resposta do ator à denúncia e a acusação em si também fizeram com que o Emmy Internacional retirasse a homenagem dedicada à Spacey de sua programação. Além disso, seu comportamento foi duramente criticado pela Netflix e por Beau Willimon, criador e ex-showrunner de House of Cards - que, por causa dos recentes acontecimentos, interrompeu as gravações de sua sexta e última temporada.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Corrigindo o finalzinho: [...] de forma *LIMPA* e intransponível.
    • Sou ator em formação (cinema, tv, teatro e teatro musical) e infelizmente isso é muito mais comum do que uma pessoa ingênua pode pensar. Há muito assédio sim, há muita gente grande que faz isso aí - diretores, preparadores de elenco, caçadores de talento, produtores, etc.; inclusive já tentaram comigo, mas cortei o barato logo de cara; porém, há também muita gente conseguindo espaço porque vendeu seu corpo em troca disso justamente para essas mesmas pessoas, ou seja, fizeram porque quiseram fazer; de qualquer lado isso é sempre um problema sério. Se todos(as) os(as) assediadas(as) (ou não) resolverem abrir a boca vai aparecer muito mais gente suja. E o pior de tudo é que em muitos ambientes se você for de encontro a isso possivelmente você será excluído daquele grupinho e muito dificilmente conseguirá trabalhar com aquelas pessoas novamente. É por isso que tem muito(a) ator/atriz bom(boa) e sério(a) com dificuldades de conseguir um trabalho que lhe dê maior visibilidade, enquanto tem tanta gente fraca e ruim atuando no meio. E isso não vem de agora; de alguma maneira faz parte de uma antiga sujeira 'oculta' desse meio; só Calígula explica. De toda forma, lembremos que há muitos profissionais sérios na área, gente que dá duro de forma lima e intransponível.
    Mostrar comentários
    Back to Top