Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Bohemian Rhapsody: Após anos de desenvolvimento, começa a pré-produção de filme sobre Freddie Mercury
    Por João Vitor Figueira — 17 de jul. de 2017 às 15:47
    facebook Tweet

    Longa-metragem sobre a lendária banda Queen começa a ser filmado em Londres no próximo mês de setembro.

    Faz tempo que o guitarrista Brian May anunciou os planos de produzir uma biografia dedicada ao seu colega de banda, o lendário vocalista Freddie Mercury (1946 - 1991), dono de uma voz inconfundível que levou o Queen ao estrelato global. Em 2010, o músico anunciou que Sacha Baron Cohen seria o cantor nos cinemas. Três anos depois, em 2013, o humorista deixou o projeto por "diferenças criativas". No mesmo ano, Ben Whishaw foi escalado para o papel principal, mas não ficou no filme por muito tempo.

    No final de 2016, foi anunciado que Rami Malek (da série Mr. Robot) será Mercury e que Bryan Singer, cineasta da franquia X-Men, será o diretor do longa, intitulado Bohemian Rhapsody. Depois de idas e vindas, uma verdadeira dança das cadeiras nos bastidores e roteiros reescritos, o filme ganhou previsão para o início das filmagens.

    Segundo o site oficial da banda Queen, a pré-produção do longa-metragem começou nesta semana em Londres e as filmagens devem ter início na segunda quinzena de setembro. O comunicado ainda indica que o anúncio dos atores que vão interpretar Brian May, o baterista Roger Taylor e o baixista John Deacon será realizado na página do grupo no Facebook.

    O mais recente roteiro de Bohemian Rhapsody foi escrito por Anthony McCarten, indicado ao Oscar por ter produzido e roteirizado outra cinebiografia de um britânico notável, o filme A Teoria de Tudo, sobre o físico Stephen Hawking.

    "Rami tem uma grande presença e ele está extremamente dedicado ao projeto. Ele está vivendo e respirando profundamente o Freddie, o que é maravilhoso", declararam Brian e Roger ao site da banda.

    Bohemian Rhapsody vai retratar os primeiros anos do Queen, grupo de rock formado em Londres no ano de 1970, e terá como conclusão a apoteótica apresentação da banda no festival Live Aid, num concerto transmitido ao vivo para quase dois bilhões de espectadores em 1985.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top