Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Tomates Verdes Fritos
Tomates Verdes Fritos
Duração 2h 10min
Direção: Jon Avnet
Elenco: Jessica Tandy, Mary Stuart Masterson, Kathy Bates mais
Gênero Comédia dramática
Nacionalidade EUA
Usuários
4,4 219 notas e 18 críticas
notar :
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4
4.5
5
Vou ver

Sinopse e detalhes

Evelyn Couch (Kathy Bates) é uma dona de casa emocionalmente reprimida, que habitualmente afoga suas mágoas comendo doces. Ed (Gailard Sartain), o marido dela, quase não nota a existência de Evelyn. Toda semana eles vão visitar uma tia em um hospital, mas a parente nunca permite que Evelyn entre no quarto. Uma semana, enquanto ela espera que Ed termine sua visita, Evelyn conhece Ninny Threadgoode (Jessica Tandy), uma debilitada mas gentil senhora de 83 anos, que ama contar histórias. Através das semanas ela faz relatos que estão centrados em uma parente, Idgie (Mary Stuart Masterson), que desde criança, em 1920, sempre foi muito amiga do irmão, Buddy (Chris O'Donnell). Assim, quando ele morreu atropelado por um trem (o pé ficou preso no trilho), Idgie não conseguia conversar com ninguém, exceto com a garota de Buddy, Ruth Jamison (Mary-Louise Parker). Apesar disto Idgie era bem doce, apesar de nunca levar desaforo para casa. Independente, ela faz seu próprio caminho ao administrar uma lanchonete em Whistle Stop, no Alabama. Elas tinham uma amizade bem sólida, mas Ruth faz a maior besteira da sua vida ao se casar com Frank Bennett (Nick Searcy), um homem estúpido que espanca Ruth, além de ser secretamente membro da Ku Klux Klan. Inicialmente Ruth tentou segurar a situação, mas quando não era mais possível Idgie foi buscá-la, acompanhada por dois empregados. Idgie logo dá a Ruth um emprego em sua lanchonete. Por causa do seu jeito de se sustentar sozinha, enfrentar Frank e servir comida para negros no fundo da lanchonete, Idgie provocou a ira dos cidadãos menos tolerantes de Whistle Stop. Quando Frank desapareceu misteriosamente muitos moradores suspeitaram que Idgie, Ruth e seus amigos poderiam ser os responsáveis.
Título original

Fried Green Tomatoes at the Whistle Stop Cafe

Distribuidor -
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 1991
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 2 curiosidades
Orçamento -
Idiomas Inglês
Formato de produção 35 mm
Cor Colorido
Formato de áudio Dolby SR
Formato de projeção 1.85 : 1
Número Visa -
Pela web

Elenco

Jessica Tandy
Personagem : Ninny Threadgoode
Mary Stuart Masterson
Personagem : Idgie Threadgoode
Kathy Bates
Personagem : Evelyn Couch
Mary-Louise Parker
Personagem : Ruth Jamison
Ficha completa

Críticas de usuários

Elys P.
Crítica positiva mais útil

por Elys P., em 28/05/2019

5,0Obra-prima

Uma história fantástica sobre amizade ,Sobre preconceito racial e acima de tudo nos mostra que e sempre possível recomeçar.. Leia mais

Anne S
Crítica negativa mais útil

por Anne S, em 10/08/2017

2,5Regular

"Tomates Verdes Fritos" tornou-se um clássico, e como tal, deve ser respeitado. Porém, há muito pouco de bom no filme.... Leia mais

Todas as críticas de usuários
44% (8 críticas)
33% (6 críticas)
6% (1 crítica)
17% (3 críticas)
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
Você assistiu Tomates Verdes Fritos ?
18 Críticas de usuários

Fotos

16 Fotos

Curiosidades das filmagens

Vários

- Nos sets de filmagens o diretor Jon Avnet chamava a atriz Mary-Louise Parker de "Lou" e a atriz Mary Stuart Masterson de "Stu". Os apelidos foram dados devido à similaridade dos nomes.

Prêmios

- Recebeu 2 indicações ao Oscar, nas categorias de Melhor Atriz Coadjuvante (Jessica Tandy) e Melhor Roteiro Adaptado.- Recebeu 3 indicações ao Globo de Ouro, nas categorias de Melhor Filme - Comédia/Musical, Melhor Atriz - Comédia/Musical (Kathy Bates) e Melhor Atriz Coadjuvante (Jessica Tandy). - Recebeu 2 indicações ao BAFTA, nas categorias de Melhor Atriz (Jessica Tandy) e Melhor Atriz Coadjuvante (Kathy Bates).

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Gisela S.
    Maravilhoso. Uma linda história. Boa oportunidade para refletir sobre diversidade/preconceito.
  • Sandra M.
    adorei muito emocionante,historia para refletir e rever valores
Mostrar comentários
Back to Top