Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Sin City: A Dama Fatal
    Críticas AdoroCinema
    3,0
    Legal
    Sin City: A Dama Fatal

    Já vimos isso antes...

    por Lucas Salgado

    Nove anos após realizarem Sin City - A Cidade do Pecado, Robert RodriguezFrank Miller retornam para uma continuação. A razão para o longo intervalo seria a necessidade de encontrar uma grande e nova história. Por sinal, a justificativa acaba parecendo apenas uma desculpa, afinal se fosse para apresentar algo novo, eles teriam que esperar ainda mais tempo. Sin City: A Dama Fatal é o mesmo filme que o anterior. Sim, as histórias são diferentes, mas o espírito, os personagens e vários atores são os mesmos.

    Sin City: A Dama Fatal - FotoA verdade é que o grande atrativo do primeiro filme era o lado estético. Era quadrinhos em cena. Tudo muito novo e muito legal. Agora, continua legal, mas não é mais novo. Assim, toda tolerância que o espectador tinha com problemas narrativos e fracas atuações vai diminuindo.

    A trama, mais uma vez, foca a atenção em três histórias. Sofrendo com alcoolismo e com a falta de John Hartigan (Bruce Willis), Nancy Callahan (Jessica Alba) segue dançando em um bar enquanto busca coragem para enfrentar o senador Roark (Powers Boothe). Em outra frente, Dwight (Josh Brolin) recebe um pedido de ajuda da tentadora Ava (Eva Green) e não consegue resistir a ela mesmo já tendo sido traído anteriormente. A terceira história conta com Johnny (Joseph Gordon-Levitt), um misterioso rapaz que decide mostrar seu talento no pôquer em uma mesa repleta de pessoas influentes e perigosas.

    Sin City: A Dama Fatal - FotoCaras conhecidas como Marv (Mickey Rourke), Gail (Rosario Dawson), Goldie (Jaime King) e Manute (com Dennis Haysbert substituindo o falecido Michael Clarke Duncan) são vistos em cena. O elenco conta ainda com novidades como Jamie ChungJuno TempleLady GagaJeremy PivenRay LiottaChristopher MeloniChristopher Lloyd.

    Os fãs do primeiro filme e dos quadrinhos devem gostar da continuação, mas aquele ar de novidade não existe mais. Os efeitos visuais, a brutalidade, a escolha de objetos coloridos... Tudo segue o mesmo padrão. A grande força do novo longa acaba sendo Eva Green. A atriz de Os Sonhadores007 - Cassino Royale surge como uma figura sexy (mas muito sexy) e ameaçadora. Vista sempre com pouca roupa, Green faz jus ao título de Dama Fatal.

    Rodriguez e Miller retornam à direção no piloto automático, evitando assumir riscos e fazendo aquilo que já havia dado certo. Para alguns pode ser o suficiente, mas o certo é que Sin City 2 não é nada memorável.

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top