Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Piratas do Caribe - No Fim do Mundo
    Média
    4,5
    4313 notas e 544 críticas
    distribuição de 544 críticas por nota
    194 críticas
    184 críticas
    106 críticas
    42 críticas
    11 críticas
    7 críticas
    Você assistiu Piratas do Caribe - No Fim do Mundo ?

    544 críticas do leitor

    SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR
    SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR

    Segui-los 825 seguidores Ler as 293 críticas deles

    1,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Por mais que um filme apresente efeitos especiais espetaculares, sufocantes e intermináveis cenas de batalha e um ator cujo charme é central para o sucesso de um filme (melhor dizendo, uma trilogia), ainda assim, o roteiro é um fator diferencial. No caso do terceiro episódio dos "PIRATAS DO CARIBE", os roteiristas Ted Elliot e Terry Rossio são os responsáveis diretos pelo naufrágio do suposto último capítulo da saga. São tantas reviravoltas, detalhes, idas e vindas, que bagunça até a cabeça de um cinéfilo ávido para captar todos os detalhes da trama. Missão impossível decifrar as infindáveis reviravoltas na trama. De qualquer forma, lá estão o par romântico formado Will Turner (Orlando Bloom) e Elizabeth (Keira Knightley), que irão se casar durante uma seqüência de lutas, no próprio navio; o brilhante Johnny Depp no papel do pirata Jack Sparrow, cheio de trejeitos, como se fosse um astro pop; o pirata Barbossa (Geoffrey Rush); todos indo parar Cingapura para conseguir o mapa do fim do mundo. Tentarão se aliar com o igualmente pirata Sao Feng (Chow Yun-Fat, repleto de cicatrizes faciais) e tentar reunir os principais piratas do mundo e bater os seus algozes, os ingleses. A duração do filme é muito longa: 160 minutos, aproximadamente. Uns 40 minutos poderiam ter ficado na sala de montagem. A trilha sonora de Hans Zimmer é "over", excessiva, exagerada, estridente eu ousaria dizer. Os piratas não se tornam o fim da picada pelo fato de contarem com o charme de Jack Sparrow e do visual magnífico, o que é pouco para a quantidade de dólares investida nesse projeto. A franquia "PIRATAS DO CARIBE" deverá ter continuidade, segundo entrevista do produtor Jerry Bruckheimer na semana passada. Se "PIRATAS 3" já quase naufragou, imagine o "PIRATAS 4", que deverá invadir os cinemas mundiais em 2009.
    Victor N.
    Victor N.

    Segui-los 27 seguidores Ler as 104 críticas deles

    3,0
    Enviada em 11 de agosto de 2013
    Um ótimo final, mas o restante do filme é chato pra cacete, filme bom.
    Álvaro José S.
    Álvaro José S.

    Segui-los 16 seguidores Ler as 27 críticas deles

    3,0
    Enviada em 2 de julho de 2012
    Cadê o Jack? É a pergunta que mais ouvi sobre o filme, mas acho que a dose de Jack Sparrow foi o suficiente para o filme. O roteiro foi bem original, e pela trama, acho que o fim só podia ser o do filme mesmo.
    Estevan Magno
    Estevan Magno

    Segui-los 3034 seguidores Ler as 490 críticas deles

    4,0
    Enviada em 27 de dezembro de 2013
    O melhor filme dos piratas, com uma cena inicial perfeita e muito arrepiante em que os condenados a forca começam a cantar, enquanto os outros são enforcados. Muito bom esse filme, com muitos efeitos especiais sensacionais. A luta entre Jack e D. Jones é perfeita, uma das melhores lutas do cinema. Não é cansativo quanto o segundo e tem muito mais história que todos os outros. A série podia terminar neste e com grande estilo.
    Fernando S
    Fernando S

    Segui-los 1344 seguidores Ler as 389 críticas deles

    4,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Outro filmaço que encerra com chave de ouro esta primeira trilogia da série! Esse filme é o mais longo e também o que abaixou um pouco o nível dessa trilogia. Um ponto negativo do filme é a inconstância e as quebras de ritmo já que nas duas primeiras horas o filme apresenta um ritmo mais lento com cenas de batalhas isoladas e tem seu ritmo realmente iniciado a todo vapor em sua última hora. A aventura e as cenas incríveis rolam soltas aqui. O roteiro é bom assim como os demais pois não deixa tudo mastigado para sua audiência e nos faz pensar com seus diálogos e situações bem elaboradas mantendo sempre o humor ácido e o suspense característico. Para manter o nível dos anteriores vemos aqui também uma série de reviravoltas interessantes e é claro, uma dezena de revelações e de finais para os personagens, sem deixar de propor evidentemente uma possível sequência para a história, o início de uma nova saga dos piratas, o que vemos que acaba acontecendo mais tarde com o quarto filme. Este terceiro capítulo possui um ritmo mais cadenciado mas possui cenas realmente de tirar o fôlego, cito entre as principais a cena da batalha espetacular entre os navios em plena tempestade com um gigantesco redemoinho, a cena da queda de um penhasco d'água espetacular no reencontro da tripulação com Jack Sparrow, e a uma das cenas finais onde o navio do lorde Beckett é atacado pelos piratas, além de todas as cenas de batalha que mais uma vez apresentam um realismo sensacional. São realmente cenas de alto impacto visual e grandiosas dando um final à trilogia que a série merecia de fato. Algumas cenas porém são um pouco equivocadas como o casamento em plena batalha, e principalmente a história dos clones do Jack que ficaram sem muita função na história. O elenco estava mais uma vez perfeito, mas Jack Sparrow de Johnny Depp não brilhou como nos demais filmes que teve, até pelo encerramento da história, atenção dividida entre todos os personagens. Mais uma vez não encontro palavras para elogiar a parte técnica (fotografia, direção de arte, figurinos, maquiagem e efeitos visuais e especiais). Tudo simplesmente divino e realizado com perfeição impressionante. Não posso esquecer de citar a trilha sonora de Hans Zimmer que soube passar tudo o que o filme deveria nos momentos certos, como sempre. Mais um grande trabalho de Gore Verbinski que filmou essa terceira parte simultaneamente à segunda e conseguiu fazer dois filmes com identidades próprias e com a mesma qualidade e brilhantismo. Filme imperdível e eseencial para os fãs dos piratas que conquistaram o mundo!
    Lucimaraâ„¢
    Lucimaraâ„¢

    Segui-los 34 seguidores Ler as 139 críticas deles

    4,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Piratas do Caribe é Piratas do Caribe, não tem jeito. O filme é bemmm longo, quase três horas. Acho que 17 para às 3. Isso o torna cansativo, mas ele continua sendo bom. Acho melhor que o seguinte. Mas inferior ao anterior. Longas batalhas, otimos efeitos e apesar do final decepcionante do casal Elizabeth e Will, acho que é um bom exemplo de que quando se entra no mundo pirata não se sai mais. Principalmente no caso do Will. E diferente do que aparentemente as pessoas acharam, eu não o considero confuso ou de difícil compreensão. Eu entendi tudo! E olha que na época eu assisti com imagem CAM (gravado no cinema) pelo DVD. Para os fãs da franquia, é um ótimo filme, pra quem não gosta vai ser um filme chato e cansativo, então é melhor não assistir mesmo. Pra mim, não decepcionou. Recomendo. - 8,5
    Luis R.
    Luis R.

    Segui-los 12418 seguidores Ler as 759 críticas deles

    3,5
    Enviada em 4 de junho de 2017
    Terceiro filme é uma divertida aventura,uma sequência coerente para O Baú da Morte,frenético e bom!!!!!
    Carlos Henrique S.
    Carlos Henrique S.

    Segui-los 4768 seguidores Ler as 799 críticas deles

    4,0
    Enviada em 17 de março de 2019
    Piratas do Caribe foi se tornando um dos Blockbusters de Hollywood mais rentáveis e de maiores sucessos tanto de bilheteria quanto de crítica e seu terceiro filme que foi rodado paralelamente com o segundo e indicava um fim de uma trilogia muito bem sucedida que nos apresentava as aventuras de Jack Sparrow e sua tripulação.O diretor Gore Verbinski já tinha feito 2 excelentes trabalhos e com o terceiro ele fecha sua participação a frente da franquia e para esse filme ele tem alguns exageros e uns acertos que deixam o filme um pouco cansativo,que por outro lado são compensados pelas cenas grandiosas e muito bem realizadas.O elenco como um todo mostra um pouco de queda de atuações mas ainda assim conseguem se sair bem,Johnny Deep tem uma atuação mais discreta enquanto o Orlando Bloom tem uma boa atuação.No quesito roteiro o filme peca um pouco pois ele é incoerente em alguns momentos e estica demais o filme que tem exaustivas 2 horas e 49 minutos.A trilha sonora novamente é muito boa composta pelo Hans Zimmer e o trabalho de produção é muito competente,além disso o diretor nos proporciona uma cena específica no terceiro ato que é de encher os olhos usando o Slow Motion.No terceiro filme da franquia,o arco é até bem fechado contando com cenas grandiosas e muito bem dirigidas e estava perfeito para que terminasse por ali.
    Reisson A.
    Reisson A.

    Segui-los 5 seguidores Ler as 14 críticas deles

    5,0
    Enviada em 24 de março de 2015
    O Filme dos Pirates of the Caribbean é o melhor de todos fico em dúvida e não consigo decidir qual é o melhor todos os Quatros Filmes são Magníficos, Extraordinários, Fantástico e por mais que muita gente critique ele é incrivelmente fabuloso e maravilhoso. No Fim do Mundo é simplesmente o mais imprevisível e confabuloso.
    anderson j
    anderson j

    Segui-los 134 seguidores Ler as 222 críticas deles

    3,5
    Enviada em 13 de março de 2019
    Eu me lembro que há 11 anos quando vi este filme pela primeira vez, tive certeza de 2 coisas! 1- Que eu estava me divertindo pra caramba e 2- Que eu não estava entendendo nada daquilo tudo. Após tantos anos, revendo atualmente o filme, eu continuo me divertindo completamente, porém ainda não entendo muito esse filme. O enredo é complicado. Se no filme anterior, O baú da morte, já havia bastante desvio de percurso pra preparação deste desfecho, oque acabava deixando o filme o disperso, em alguns momentos com relação a ritmo, aqui este problema é elevado ao máximo. O filme tem informações demais, e o tempo todo há uma nova informação, e os desfechos de algumas destas informações, são desinteressantes ou pouco satisfatórias. E o filme gasta um tempo de tela muito grande nessas informações, e o ritmo é duração pesam drasticamente nesse capítulo. Porém, quando o filme dá por encerrado todas as subtramas e informações que incham o filme é decide ir ao ponto central, dando assim, resolução nos conflitos de cada personagem, é muito,muito empolgante e satisfatório como encerramento de "trilogia",a escala do filme é imensa e muito ÉPICA. a produção continua surreal e a direção muito boa. e Hans Zimmer adiciona alguns novos temas que dão mais força para as cenas. Porém esse capítulo já não tem a mesma levada dos anteriores, e o senso de aventura não é tão grande, o filme é mais sombrio e conto com uma paleta de cores acinzentada que reforça o tom levemente sombrio. Contrapartida,é o capítulo onde elementos humorísticos foram maiores, como por exemplos os "jack Sparrows imaginários",que pra mim foi uma forçada de barra grande. Apesar de longo e com muitas subtramas que dificultam a compreensão do todo por vezes, o filme tem um clímax estrondoso e muito satisfatório, que faz valer a pena pela demora e confusão de seu enredo. Filme tecnicamente impressionante, de escala imensurável. Vale muito a pena, e fecha muito bem os arcos. Pena que após O terceiro capítulo a franquia perdeu o segmento dado por gore verbinski, e entrou numa pegada mais leve e boba, com intuitos de entregar apenas aventurinhas de sessão da tarde.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top