Meu AdoroCinema
A Lição
Críticas AdoroCinema
3,5
Bom
A Lição

No limite

por Lucas Salgado

O cinema leste europeu é conhecido por seus dramas sociais intensos e intimistas. Normalmente são produções duras e frias, em que os diretores não economizam no sofrimento de seus protagonistas. O cinema romeno produziu inúmeros exemplos nos últimos anos, mas não está sozinho. Produzido na Bulgária, A Lição segue este mesmo caminho, explorando os problemas enfrentados pelo cidadão comum de seu país, que sofre nas mãos da burocracia e da ineficiência do sistema.

A Lição - FotoA trama gira em torno de uma dedicada professora de ensino médio (vivida pela ótima Margita Gosheva) que tenta não apenas ensinar inglês para seus alunos, mas também passar valores da vida em sociedade. Ela realiza bicos como tradutora para tentar ganhar um dinheiro a mais, mas vive em dificuldades, contando com uma filha pequena e um marido desempregado.

Determinado dia, ela recebe a notícia de que seu marido não pagou o empréstimo que havia feito no banco e que agora eles podem perder sua casa. A partir de então, a mulher decide assumir controle da situação e tentará de todas as formas conseguir dinheiro para arcar com suas dívidas e manter sua casa.

A trama é simples, mas envolvente. O único problema é que investe tanto em um círculo de desgraças de sua protagonista que acaba exagerando e soando repetitivo. Ainda assim, a dureza retratada tem seu valor na construção da personagem e do drama vivido por ela.

Gosheva é o grande nome da produção, criando uma personagem complexa, que é levada aos poucos às últimas consequências. Lembra um pouco o papel de Marion Cotillard em Dois Dias, Uma Noite. Por sinal, a direção de Kristina Grozeva e Petar Valchanov também remete ao trabalho dos irmãos Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne, principalmente pelo uso da câmera na mão para seguir seus protagonistas.

Um filme interessante, duro e com ótimos trabalhos de fotografia e direção de arte. O elenco conta ainda com boas presenças de Ivan Barnev, Ivanka Bratoeva, Ivan Savov e Stefan Denolyubov.

Filme visto no 5º Festival Internacional Cineramabc, em maio de 2015.

Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema

Comentários

Mostrar comentários
Back to Top