Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Invocação do Mal
    Críticas AdoroCinema
    4,0
    Muito bom
    Invocação do Mal

    Assista com susto

    por Roberto Cunha

    Se você gosta de levar uns sustos e, principalmente, sentir uns arrepios dentro da sala escura, Invocação do Mal chega nesta sexta-feira, 13, com potencial para proporcionar este tipo de prazer. Os não chegados podem questionar, mas a verdade é que tem um montão de gente que adora sentir medo. E esta turma vai descobrir que os demônios se alimentam "dele", neste filme inspirado em fatos reais, ocorridos na década de 1970. Bateu um grilo? Sente só o clima.

    Invocação do Mal - FotoEd e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Farmiga) são investigadores de casos sobrenaturais e acabam de dar uma palestra sobre o sinistro (e famoso) caso da boneca Anabelle, aqui visualmente mais demoníaca que a original. Enquanto isso, Carolyn e Roger Perron (Lili Taylor e Ron Livingston) se mudam com a filharada para uma casa nova. Chegando lá, a cadela deles se recusa a entrar, mas eles ignoram o "aviso" canino. Até o momento em que duas das filhas começam a relatar que estão "vendo coisas" e estranhos hematomas vão surgindo no corpo da mãe. Certa de que alguma coisa ruim está rolando e pode piorar, ela entra em contato com os paranormais famosos, que após uma visita ao local, descobrem que um mal terrível está a espreita todos. Chegou a hora do amor da família ser colocado à prova.

    Invocação do Mal - FotoAlém de citar clássicos, como O Exorcista e Os Pássaros, o roteiro dos gêmeos Chad e Carey Hayes não perde uma oportunidade sequer de inserir elementos instigantes e conhecidos, como relógios parando, um porão secreto, chiados de tv, ranger de assoalhos e portas. Além disso, um tradicional (e apavorante) puxão de pés na cama tem a companhia nada agradável de uma menina sonâmbula, um armário sinistrão e uma brincadeira infantil, já exibida no trailer. Tudo isso, pode apostar, promete arrepiar muiiiita gente. Claro que os mais escolados vão identificar uma série de clichês e poderão reclamar de algumas licenças típicas, como as filhas dormindo profundamente, enquanto uma mega cena tensa e barulhenta tá acontecendo com a mãe. Mas isso não tira a força do obra de jeito nenhum e a Warner já tem um "atividade paranormal" para chamar de seu.

    Invocação do Mal - FotoO longa tem boa trilha, tensão e foi dirigido por James Wan, o criador da franquia Jogos Mortais. Wan, por sinal, também dirigiu o bem sucedido Sobrenatural (2010), que faturou US$ 97 milhões ao redor do mundo, contra os invocados US$ 260 milhões deste título de agora. O motivo de tamanha diferença, certamente, está na decisão acertada de não deixar o humor possuir a trama, como aconteceu no de três anos atrás. Ele até existe, mas foi devidamente dominado neste filme, que você pode assistir "com susto". Nos créditos finais, quem já tiver tirado as mãos da frente dos olhos, vai poder ver as fotos dos personagens reais. Vai encarar? :0

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top