Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Azul é a Cor Mais Quente
     Azul é a Cor Mais Quente
    6 de dezembro de 2013 / 2h 57min / Drama, Romance
    Direção: Abdellatif Kechiche
    Elenco: Léa Seydoux, Adèle Exarchopoulos, Salim Kechiouche
    Nacionalidade francesa
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    4,1 25 críticas
    Usuários
    4,4 1598 notas e 123 críticas
    Adorocinema
    5,0
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 18 anos

    Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma garota de 15 anos que descobre, na cor azul dos cabelos de Emma (Léa Seydoux), sua primeira paixão por outra mulher. Sem poder revelar a ninguém seus desejos, ela se entrega por completo a este amor secreto, enquanto trava uma guerra com sua família e com a moral vigente.

    Título original

    La Vie d'Adèle - Chapitres 1 et 2

    Distribuidor IMOVISION
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2013
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 1 curiosidade
    Bilheteria no Brasil 103 775 entradas
    Orçamento $ 4.000.000
    Idiomas Francês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Assista agora
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    5,0
    Obra-prima
    Azul é a Cor Mais Quente

    Uma jornada de descoberta

    por Lucas Salgado
    A passagem da adolescência para o dia a dia adulto é um momento difícil de viver e ainda mais difícil de explicar. Por isso, são poucos os filmes que realmente se arriscam em traçar este caminho. E este é o caso de Azul é a Cor Mais Quente. Esqueça tudo o que leu sobre o filme. Não se trata de uma obra sobre duas mulheres que "se pegam" o tempo todo. Trata-se, sim, de uma produção ímpar sobre descoberta da juventude. O amor e o sexo estão ali, é claro, mas como pano de fundo para algo bem mais complexo.Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma garota de 15 anos que divide sua rotina entre completar o ensino médio e dar aulas de francês para crianças. Determinado dia, ela conhece Emma (Léa Seydoux), uma artista plástica de cabelos azuis. As duas começam a se conhecer e dão início a um relacionamento intenso. O filme tem em sua longa duração um dos seus pontos positivos. Suas quase três horas ajud...
    Ler a crítica
    Azul é a Cor Mais Quente Trailer Legendado 1:48
    Azul é a Cor Mais Quente Trailer Legendado
    388 501 visualizações
    Azul é a Cor Mais Quente Trailer Original 1:47

    Entrevistas, making-ofs e cenas

    Entrevista exclusiva com a atriz Adèle Exarchopoulos 6:31
    Entrevista exclusiva com a atriz Adèle Exarchopoulos
    20 266 visualizações
    Entrevista exclusiva com o diretor Abdellatif Kechiche 7:00
    Entrevista exclusiva com o diretor Abdellatif Kechiche
    1 300 visualizações
    Entrevista 1 - Inglês 3:05
    Entrevista 1 - Inglês
    10 280 visualizações
    10 vídeos
    Pela web

    Elenco

    Léa Seydoux
    Personagem : Emma
    Adèle Exarchopoulos
    Personagem : Adèle
    Salim Kechiouche
    Personagem : Samir
    Jérémie Laheurte
    Personagem : Thomas
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Taiani M.
    Taiani M.

    Segui-los 30 seguidores Ler as 17 críticas deles

    3,0
    Enviada em 12 de dezembro de 2013
    É tudo sobre Adèle. A dona da boca que toma conta da tela, que come com prazer, que tem sono agitado, que seduz, que não precisa de batom, que vai sem medo, que grita, que chora e come meleca, que ama, que chupa, que nunca cospe, que defende a profissão diante da pressão artística burguesa da namorada e seus pares. Satisfeita com o amor, tal qual a Pomme de "Um Amor Tão Frágil" (1977), interpretada por Isabelle Huppert, Adèle não ...
    Leia Mais
    Fernanda M.
    Fernanda M.

    Segui-los 13 seguidores Ler as 6 críticas deles

    3,5
    Enviada em 21 de dezembro de 2013
    O filme chamou minha atenção antes de ir vê-lo por toda a história das atrizes com o diretor e pelo fato das duas terem recebido a Palma de Ouro junto com ele. Além disso, já esperava que um filme que mostra um casal homossexual causasse polemica, ainda mais com as tão faladas cenas de sexo, Como em toda relação amorosa, o sexo está presente na vida do casal e o diretor não faz a mínima questão de esconder o ato ou deixá-lo ...
    Leia Mais
    Wellingta M
    Wellingta M

    Segui-los 95 seguidores Ler as 256 críticas deles

    5,0
    Enviada em 30 de junho de 2014
    Um dos filmes mais perfeitos, mais ousados e mais verdadeiros que já assisti. Não consigo imaginar esse filme em outra língua, que não seja a francesa. Sair da sala de cinema completamente chapada com a atuação dessas duas atrizes talentosas e corajosas. Um filme libertador, pena que seja para poucos pois o preconceito ainda está nos olhos de muitos.
    Ana Paula F.
    Ana Paula F.

    Segui-los 21 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 29 de dezembro de 2013
    O filme é realmente ótimo, um dos melhores que já vi. Ele é intenso e dá pra sentir junto com Adele seus sentimentos por Emma. Mas quem for assistir, AVISO: O filme contém cenas de sexo explícitos, oque chega a chocar telespectadores que nunca viram filme contendo esse tipo de conteúdo. Porém, talvez sem essas cenas o diretor não conseguiria transmitir sua idéias. O diretor queria mostrar ao público a vida de Adele, nos deixar ...
    Leia Mais
    123 Comentários do leitor

    Fotos

    16 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Dos quadrinhos ao cinema

    Le Bleu est une Couleur Chaude é uma adaptação das histórias em quadrinho homônimas, escritas e desenhadas por Julie Maroh, e publicadas em 2010.

    Últimas notícias

    Filmes para não assistir com seus pais ao lado
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sábado, 29 de dezembro de 2018
    Os Filmes da Minha Vida: Leandro Hassum revela seu lado romântico com paixão por Um Lugar Chamado Notting Hill
    NOTÍCIAS - Entrevistas
    sábado, 2 de junho de 2018
    Mas cuidado para não confundir com Um Lugar Silencioso, que o deixou apavorado!
    Festival de Cannes 2018: Os 20 melhores vencedores da Palma de Ouro em todos os tempos
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 28 de abril de 2018
    Os clássicos de ontem e os de amanhã.
    60 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Rafael R.
      É um filme romantico dramático diferente, eu curti, nota 4/5.
    • Adalgisa G.
      Disse tudo!! Também não gostei,acho que ele ganhou tantos prêmios assim somente pelas cenas de sexo...Dei nota 0,5 também.
    • Breno
      Vc é louco...
    • Marina N.
      Historia mt fraca
    • scotty doesn't know
      legalzinho esse filme, não gostei muito dos diálogos das personagens
    • Gauthier M.
      O filme começa bem! Desenvolve a personagem central, Adele e o universo adolescente francês no qual ela vive. Logo nos é apresentado o garoto pelo qual ela, devido à influência e pressão do círculo de amigas, se sente no dever de ter um relacionamento interpessoal, inclusive sexual. E de cara ela nota que não deseja àquilo. Confusa, procura por coisas novas se sentindo envolvida por uma amiga. Mas encontra sua grande paixão mesmo em Emma, a mulher exótica dos cabelos azuis, descolada, classe alta, culta e envolvida com pessoas de grande influência no meio artístico. Fica nítido devido aos excelentes diálogos entre elas no parque, nos jantares em casa, a diferença social entre Adele - apresentada claramente como classe média/baixa - e Emma. O filme consegue retratar bem o que é a cabeça de uma adolescente que se apaixona de forma muito intensa por uma mulher mais velha e diferente em termos sociais, culturais, e se sente confusa e pressionada a tomar decisões. Mas é somente isso que o filme propõe. Somente isso. O que torna a proposta da trama muito pobre, tendo em vista que poderia explorar e discutir de forma mais abrangente temas como: aceitação social sobre a liberdade de escolha da sexualidade, valores morais, diferença social, preconceito.O que deixa a desejar também é o fato de a linha temporal na narrativa do filme não ser clara o bastante; em alguns momentos passaram-se dias, em outros passaram-se anos e os pontos que estavam começando a ser levantados para uma reflexão passam batido ou são pouco explorados. O filme vai se encaminhando para o desfecho final, mas não há. Ele não pontua nada do desenvolvimento da trama e fica uma frustração, pois a proposta do filme é só apresentar a paixão intensa que Adele teve e desperdiçou devido à escolha errada que fez.Como ponto forte, vale destacar as atuações das atrizes principais, o figurino com tons de azul em momentos diferentes vividos por Adele, o filtro azul muito bem usado, juntamente com a fotografia.
    • leon s.
      Filme lixo
    • iflaviomachado
      O tema, as cenas polêmicas, que dividiram opiniões e as discussões, acabaram ofuscando o filme. Mas independente de qualquer coisa, ele é sem dúvida um dos melhores filmes dos últimos anos. História (sobre a juventude) e direção totalmente inovadora e única, sem clichês, com intensidade e profundidade jamais vistos dessa forma. Roteiro impecável sim! Quem não achou, me desculpe mas não sabe nada sobre cinema e assistiu esperando uma história comum. Mas melhor ainda é a Adele Exarchopoulos, que você assiste esperando uma atuação comum e estereotipada mas ela simplesmente é a dona do filme, e sem exageros, fez uma das maiores atuações femininas de todos os tempos! Essa menina é um fenômeno! Uma das maiores atrizes da atualidade, cujos olhos e boca já estão gravados na história do cinema. E daqui há alguns anos serão devidamente reconhecidos!! Vale muito a pena!
    • Marcia A.
      Filme maravilhoso, linda história de amor.... apaixonada pela Adele!
    • Debora B.
      Quero assistir, gosto do tema.
    • Eliseu V.
      Vou Ver Esse Filme Parece Ser Bem Interessante.
    • Vivian I.
      assisti e acho q este filme não tem nada demais... é a história de uma piriguete... do início ao fim não entendi o q a menina tinha na cabeça... a atriz tinha q ter ganhado um oscar, trabalha mto bem, mas o filme em si... não mostrou nada d+
    • Jonathas C.
      O típico filme que agrada a imprensa.
    • Marcio S.
      vou ver esse filme.
    • Ana C.
      também espero, tomara que a censura não seja 18 anos.
    • Diego G.
      mais uma obra de arte francesa
    Mostrar comentários
    Back to Top