Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Godzilla
    Média
    3,9
    1973 notas e 389 críticas
    distribuição de 389 críticas por nota
    77 críticas
    117 críticas
    98 críticas
    65 críticas
    18 críticas
    14 críticas
    Você assistiu Godzilla ?

    389 críticas do leitor

    Wagner R.
    Wagner R.

    Segui-los 14 seguidores Ler as 7 críticas deles

    4,5
    Enviada em 17 de maio de 2014
    Maravilhosamente intenso, do começo ao fim! O rei dos monstros, em um filme grandioso, repleto do sentimento saudosista, retorna com o merecimento em proporção épica. Eram grandes as expectativas para o remake do novo Godzilla, o monstro que 50 anos atrás ganhava um reconhecimento incrível dentro do mundo cinematográfico. E toda a experiência que o filme trouxe em 1954, se perdeu por completo quando Roland Emmerich tentou criar sua versão pífia em 1998. A missão que muitos davam como impossível em trazer de volta a verdadeira essência do Godzilla, caiu nas mãos do quase inexperiente Gareth Edwards, que traz aos fãs um filme que relembra o original mesclando com técnicas que o cinema atual disponibiliza. O filme que desta vez conta com um drama humano dentro do roteiro, cria a perspectiva de visualizar sobre todos os lados as consequências causadas por Godzilla e a batalha dos monstros em toda a cidade. Quando um acidente suspeito acontecesse na usina nuclear em que Joe Brody (Bryan Cranston) trabalhava, acarretando na morte de sua esposa, criam-se dúvidas sobre o que poderia causar tal destruição. 15 anos após os acontecimentos, Ford Brody (Aaron Taylor-Johnson), filho de Joe e agora um adulto, é o tenente do exército americano e precisa cuidar de seu pai, o qual possui respostas sobre o que aconteceu, mas que não é levado a sério. Gareth Edwards faz um fan service coerente ao cinema de Hollywood atualmente, o diretor cria em momentos de tensão, a ansiedade sobre o espectador e o momento certo para soltar aquele alivio de satisfação. O roteiro que vai liberando aos poucos detalhes sobre o monstro e reúne aspectos para guardar o melhor no final, deixa a expectativa de todos nas alturas e não decepciona quando entrega a ação prometida, pelo contrário, ao estufar de peito e no rugido de Godzilla, a emoção em contemplar aquilo é aterrorizadamente incrível. Talvez não seja errado dizer em que algumas ocasiões o filme apela para o sentimento apático do fim do mundo como é visto em muitas produções com a temática apocalíptica, entretanto, o que Edwards relaciona sobre ao que os humanos são capazes de fazer quando tudo está por água abaixo – tecnologias que não funcionam mais, bombas nucleares capazes de dizimar toda a cidade e catástrofes naturais prontas para se iniciar - reflete como é estar preparado para situações adversas. O diretor usa de suas técnicas parecidas do interessante, Monstros, para juntar o drama humano e todo o deslumbramento visual em altas proporções, utilizando técnicas de posicionamento das câmeras e o auxilio da trilha sonora afetando diretamente na visualização do filme, que em certo momento determina Godzilla ao lado de Ford Brody, como os heróis a qual você está torcendo. Godzilla entrega com satisfação um filme exuberante visualmente e aterrorizador na batalha dos monstros. Um verdadeiro filme que ensina a muitos como causar destruição em toda uma cidade, sem precisar de uma ação alucinante a todo tempo.
    Tassiana S.
    Tassiana S.

    Segui-los 10 seguidores Ler a crítica deles

    4,5
    Enviada em 18 de maio de 2014
    Assisti hoje, levei meu sobrinho e nós adoramos!!!
    Thiago Petherson
    Thiago Petherson

    Segui-los 88 seguidores Ler as 138 críticas deles

    2,0
    Enviada em 4 de janeiro de 2015
    Um horror ! Esperei muito por este filme, tanto pela sua rica história, quanto pela participação do maravilhoso Bryan Cranston. Porém, a única coisa que se salvou no filme, foi justamente a participação do ator de Breaking Bad. O filme tem muitos furos e peca muito nas cenas de ação, que praticamente não existem. O filme enrola, enrola e as cenas de ação se resumem ao combate entre os dois monstros. Os humanos são completamente ignorados no filme, sem quase nenhuma cena sequer envolvendo os mesmo. Muitos falam mal do Godzilla de 1998, do Matthew Broderick, porém, achei o filme de 1998 infinitamente superior a esse novo Godzilla. Sem contar que os Monstros são horríveis, e os efeitos são péssimos. Resumindo, filme totalmente dispensável. Fiquem longe !
    Cláudio F.
    Cláudio F.

    Segui-los 5 seguidores Ler a crítica deles

    4,5
    Enviada em 20 de maio de 2014
    Bom gente, minha nota é ótimo para o filme, não ta perfeito devido talvez a algumas atuações; enfim vamos lá. Primeiramente, sim, eu vi os 40 filmes da franquia Godzilla existentes, então opinarei sobre esse filme baseado nela (a franquia). O filme cumpriu o que prometeu do começo ao fim, o primeiro filme de 1954 era de "terror" quem assiste agora não acha, claro, mas o diretor deste novo filme quis voltar a origem de quando o Godzilla era mais tensão do que um filme de aventura/ação. Conseguiu perfeitamente; para aqueles que reclamam do fato: "ah mas a luta mesmo entre os monstros foi só no final", er, bem, assim como todos filmes do Godzilla...? Sério todos filmes japoneses focam mais nos humanos na historia do que no T-rex fêmea radioativa (sim na versão original ele é isso ai), dando a luta dos monstros tão esperada só no final. Botar o espectador nas tragédias ocorridas é uma constante desse filme; você chega a ficar cansado fisicamente na sessão do cinema. Para quem achou sem graça imagino que estava lá só pensando em "eu vim aqui pra ver destruição em massas e monstros gigantes, não um drama pesado e realista, que saco." Bom pois é, pior que eu tenho que dar razão, eu também não fui ao cinema para ver isso, e foi ótimo! Exatamente por isso o filme me pegou de surpresa e foi muito envolvente; quanto as partes: roteiro, como contar a historia e etc. sim deu pra perceber referencias dos filmes anteriores. Acredito que um grande problema que as pessoas ficam falando que o filme é ruim pode ser o seguinte. Filmes do Godzilla são trash por si só, ninguém os leva a serio, e, graças a isso o rei dos monstros virou um ícone pop. Isso mesmo, pop, mas neste filme de 2014 esse ícone sofreu uma quebra, e por isso algumas pessoas não estão aproveitando tanto o filme, ou indo assistir com a ideia errada do que irão ver. Enfim, o filme é muito bom, direção, fotografia, OST, excelentes, roteiro, bem é godzilla, não tem muito o que mudar do roteiro base, mas sim foi inovador, atuação, bem, acho que o personagem principal deveria demonstrar um pouco mais de medo, tristeza e desespero, mas ta bom. Ótimo filme, irei ver de novo, assim como outros que conheço irão também.
    Guilherme  F.
    Guilherme F.

    Segui-los 15 seguidores Ler as 10 críticas deles

    2,5
    Enviada em 28 de maio de 2014
    Um filme muito cheio de furos. Existem durante o filme pequeno furos que deixam de abrilhantar o mesmo. Algumas partes são legais, e prendem a nossa atenção. Mas na maioria das cenas existe uma enorme redundância que acaba por torna o filme um refilmagem bem pouco trabalhada. A ficção do filme é bem legal se você entrar no mundo do mesmo, mas o problema são os furinho, encontros surpreendentemente inesperados e sem nenhum nexo causal. Bom, ficaria mais grato em vê-lo na Sessão da Tarde. ATT... Guilherme Venâncio
    Leonardo R.
    Leonardo R.

    Segui-los 7 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 15 de maio de 2014
    o filme foi excelente com muitos efeitos , sons entre outros. mas é espetacular da forma que fizeram o filme .
    Victor Y.
    Victor Y.

    Segui-los 14 seguidores Ler as 4 críticas deles

    2,0
    Enviada em 24 de maio de 2014
    Bem,eu não assisti o Godzilla original,mas se for parecido com esse.... Muitos clichês,algumas expressões exageradas,roteiro fraco e bem previsível.É um bom exemplo de que não se deve ter expectativas altas quando vc assiste um trailer.
    Heverton Godinho
    Heverton Godinho

    Segui-los 38 seguidores Ler as 3 críticas deles

    0,5
    Enviada em 23 de maio de 2014
    Mais uma vez a história do monstro dos mares é retratada nos cinemas, porém desta vez o longa recebe apenas o nome do Godzilla, já que o próprio quase não é visto durante as 2h03min. O abuso de destruição em massa é cansativa de se ver, já que o filme não possui uma história atrativa e nem mesmo uma expectativa a ser vista no climax. Godzilla conta com um bom elenco, tendo dois atores famosos da atualidade: Aaron Johnson e Elizabeth Olsen, mas que infelizmente apenas mancharam seu Currículo com esse filme.
    Diego R.
    Diego R.

    Segui-los 21 seguidores Ler as 13 críticas deles

    1,0
    Enviada em 20 de maio de 2014
    Filme fraco uns monstros nada a ver, enredo fraco uma história fraca, 3d fraco resumindo todo o filme fraco pra mim perca de tempo e dinheiro...
    anônimo
    Um visitante
    3,0
    Enviada em 19 de setembro de 2014
    Os monstros sempre tomaram conta do cinema.E Godzilla,integra essa turma.Considerando que é o vovô desses gigantes.Pois bem.É bem simples de entender a lógica na história de Godzilla.Com um conteúdo bem simples mesmo de entender,o personagem invade a telona,com muito mistério e suspense.Mas o fato é que o filme chega mesmo com muitos furos.Principalmente envolvendo os personagens que poderiam dar uma espécie de continuidade mas detalhada ao filme.Mas não é isso que realmente acontece.Parece que estamos assistindo a uma série com capítulos bem editados.Os efeitos são lindos.Com um toque de escuridão em todo o filme,a trama fica bem dramática.Aaron Taylor parece meio que perdido,junto com os mau aproveitados Bryan Cranston e Elizabeth Olsen,que são muito mal aproveitados mesmo,não é nenhum segredo.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top