Críticas AdoroCinema do filme Atividade Paranormal
  • Sessões
  • Trailers & Clips
  • Créditos
  • Críticas
    • Críticas do AdoroCinema
    • Críticas da imprensa
    • Críticas dos usuários
  • Fotos
  • Você Sabia?

Críticas AdoroCinema Atividade Paranormal

2,0

Apenas uma Proposta
De Francisco Russo

É importante frisar logo de início: Atividade Paranormal é um fenômeno. Não pela qualidade do cinema apresentado, mas pelo sucesso obtido por um filme cujo orçamento foi de meros US$ 11 mil. É um valor ínfimo, não apenas para Hollywood como para qualquer país. A repercussão obtida é em parte mérito do filme, mas também conta com uma bela campanha iniciada na internet. Algo parecido com a realizada para A Bruxa de Blair, simulando que os eventos mostrados eram reais e gerando burburinho antes mesmo de seu lançamento nos cinemas. A consequência é notória: mais de US$ 100 milhões arrecadados, apenas nos Estados Unidos.

Entretanto, o sucesso comercial não significa que Atividade Paranormal seja bom. Aceitá-lo ou não depende muito da disposição do espectador em embarcar na proposta apresentada e relevar os diversos problemas existentes. O formato não é propriamente novo. Trata-se de um falso documentário, no estilo REC e o próprio A Bruxa de Blair, que aproveita a obsessão existente em gravar tudo que acontece, independente da gravidade do ocorrido. É um sintoma típico da sociedade atual, onde há quase a necessidade de ter sua vida de alguma forma documentada, por motivos pessoais ou para gerar algum retorno financeiro com o material. É o cinema da vida real, aproveitando o bordão muito usado pelos reality shows exibidos na TV.

Por um lado, esta opção funciona no sentido de transmitir veracidade ao espectador. Katie e Micah formam um casal que resolve documentar em vídeo tudo o que acontece com eles, em especial quando estão dormindo. O motivo é uma série de estranhos acontecimentos envolvendo Katie, o que inclui misteriosos sussurros e barulhos espalhados pela casa. O objetivo: descobrir o que está ocorrendo e conseguir uma prova de que há algo de sobrenatural ali - o que, é claro, acontece. Só que demora, bastante, até o filme chegar neste ponto. Até lá haja ambientação dos personagens, incluindo importantes características de suas personalidades.

Em pouco tempo o público descobre que Micah leva tudo como se estivesse em uma festa, se divertindo a valer, enquanto que Katie é mais serena e assustada. Não à toa, já que é ela o foco principal da história. As seguidas brincadeiras inconvenientes de Micah atingem o objetivo de esticar ao máximo a história de Atividade Paranormal, cuja trama principal é bastante precária. Só que também irritam, tamanha é a infantilidade de certos momentos. E isto atrapalha bastante seu desenrolar.

O filme realmente engrena quando as aparições sobrenaturais começam a ser mais regulares, o que faz com que o casal passe a tratar a situação com mais seriedade. É aqui seu grande trunfo: a capacidade de gerar tensão sem a utilização de efeitos especiais ou litros de sangue falso, tão comuns em filmes do tipo. Com trucagens sonoras, enquadramentos convenientes e leves efeitos, a intenção é explorar a ansiedade do público em saber o que vai acontecer e onde vai acontecer. É neste ponto que entra a percepção do espectador. Quem consegue se envolver com o clima sombrio, o considera um filme bastante tenso por ser factível. Já os mais habituados aos filmes de terror podem considerá-lo até leve, por ser mais um filme de espera pelo que está a acontecer do que propriamente um que gere sustos ou cause medo.

A grande verdade é que Atividade Paranormal é uma proposta simples, bem feita dentro de suas óbvias limitações financeiras, que deu certo. Por este lado, trata-se de um filme interessante e que deve ser visto. Mas não esperando o filme mais assustador de todos os tempos ou algo do tipo, como o marketing adora frisar. Seu maior mérito é o uso de um formato de cinema, o falso documentário, para gerar tensão de forma simples e correta. Nada além disto. E com um baita gancho no final para a continuação, é claro. Afinal de contas, filmes de terror jamais têm fim. Com muito ou pouco dinheiro disponível.

1,5

SUCESSO ANORMAL
De Roberto Cunha

Assistir filmes com forte carga de expectativa e desempenho estrondoso no exterior é sempre complicado. Mas difícil mesmo é entender o sucesso assombroso de Atividade Paranormal. O gênero terror, mais do que os filmes normais, precisa pegar o espectador nos primeiros minutos, ou melhor, no primeiro susto. Embora o sucesso seja indiscutível, não encontrei neste longa nada mais do que uma experiência não inédita de fazer um filme com um câmera, pretensamente não profissional, para dar a impressão de que nós, sentados na poltrona, estejamos participando do que estamos vendo. Isso é novo? De jeito nenhum!

A história é interessante e mexe com muita gente que já pode ter vivido algo semelhante em relação a barulhos estranhos, ventos repentinos ou sensação de ter ouvido algo. E Você? Acredita nestas coisas? Se verdade ou não, Atividade Paranormal partiu de uma simples queda de uma caixa de detergente e se transformou numa "lavagem" nas bilheterias, engordando o caixa de seus produtores e exibidores. O mérito? Ter feito com pouco dinheiro (reza a lenda que foram gastos US$ 11 mil) uma produção que, se não é uma obra prima do terror, tem seu valor enquanto história geradora de suspense. Mas faltou ritmo. E a repetição de olhar para o contador de horas da câmera, por exemplo, acabou se tornando um sonífero (acredite ou não, cochilei na poltrona) para quem não embarcou de cabeça na história.

Os atores cumprem bem o papel de pessoas normais diante da própria câmera, e os efeitos sonoros (poucos) e visuais (menos ainda) contribuem para gerar um clima de tensão que poderia ter sido melhor dimensionado. Os olhares mais exigentes terão uma nítida sensação de "barriga" no roteiro, que aliás tem um fiapo de história. No fim das contas, parece um bom conto de terror que foi esticado, tornando-se até certo ponto inverossímel. Afinal de contas, que casal maluco ficaria durante semanas, sozinho, testemunhando tanta coisa apavorante acontecendo? Puxe pela sua memória. Lembra de algum filme que abusasse tanto assim do fator tempo (na ficção), e de sua crença, enquanto assiste? A coragem e a naturalidade excessiva dos personagens são absurdas. Atividade Paranormal como filme de terror é fraco e como produção de baixo orçamento tem a força de outros do gênero que fizeram sucesso, gastando pouco. Nada mais do que isso. E o "verdadeiro fenômeno" é este sucesso anormal.

Dê sua opinião sobre esse filme
Quer ver mais críticas?

Comentários

  • Sarah S.

    Sinceramente eu amo esse filme, mas tbm eu amo todos os filmes de terror, mas esse foi o que mais me prendeu, eu fiquei pra ir no cinema pra ver o 4 e acabei nem indo, toda a vez que esse filme passa no telecine eu vejo, simplesmente amo não sei se é o jeito da filmagem que parece real, a estória, as ações tudo me encanta estou putamente (desculpe o palavriado) anciosa pra asssitir o 5 e com fé em Deus eu vou no primeiro dia de estréia .

Nossas últimas críticas
Deus Não Está Morto
  1,0

Lucy
  4,0

Os Mercenários 3
  3,5

Todas as últimas críticas
Melhores filmes em cartaz
Guardiões da Galáxia
  4,7

De James Gunn (II)
Com Chris Pratt, Zoe Saldana
Ficção científica
Trailer

Os Mercenários 3
  4,6

De Patrick Hughes (II)
Com Sylvester Stallone, Jason Statham
Ação
Trailer

Planeta dos Macacos: O Confronto
  4,5

De Matt Reeves
Com Andy Serkis, Jason Clarke
Ficção científica
Trailer

Todos os melhores filmes em cartaz
Mais Esperados
Foto : Hércules
1. Hércules

De Brett Ratner

Com Dwayne Johnson, Rufus Sewell

Filme - Ação

Trailer

2. Lucy
3. Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário
4. Se Eu Ficar
5. Os Vingadores 2: A Era de Ultron
6. Livrai-nos do Mal
7. Velozes & Furiosos 7
8. Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1
9. Annabelle
10. Cinquenta Tons de Cinza

 Mais filmes