Meu AdoroCinema
Tropa de Elite
Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Tropa de Elite" e da sua filmagem!

Sequência

Seguido por Tropa de Elite 2 (2010).

O livro e o filme

Apesar das contribuições do ex-capitão do BOPE, Rodrigo Pimentel, que escreveu em parceria com o sociólogo Luis Eduardo Soares o livro “Elite da Tropa”, Padilha afirma que o filme não é uma adaptação do livro. A intenção do diretor era filmar um documentário inspirado no best-seller. No entando, acabou enfrentando dificuldades para encontrar policiais dispostos a dar depoimentos sinceros sobre os fatos expostos no livro.

Interrompidos por motivo de força maior

Em novembro de 2006 traficantes do morro Chapéu Mangueira, onde as filmagens eram feitas, seqüestraram parte da equipe que trabalhava no filme e roubaram as armas cenográficas. 59 delas eram réplicas e 31 verdadeiras, adaptadas para tiros de festim. As filmagens foram paralizadas por cerca de duas semanas.

A versão pirata não atrapalhou

Uma edição não finalizada do filme vazou e foi comercializada por camelôs de todo o Brasil. Uma pesquisa realizada pelo IBOPE estimou que mais de 11 milhões de pessoas teriam visto o filme em sua versão pirata. Muitos consideram que o vazamento foi um dos responsáveis pela grande popularidade do filme no Brasil. Apesar de tudo, Tropa de Elite teve um bom desempenho nas bilheterias, sendo visto por quase 2,5 milhões de espectadores e gerando uma receita de R$ 24.666.621.

Ideia original

Inicialmente, Tropa de Elite era um projeto de documentário, derivado de Ônibus 174 (2002), tendo o BOPE como tema principal.

A SWAT brasileira

A sigla BOPE significa Batalhão de Operações Policiais Especiais.

Sessão especial

Escolhido como o filme de abertura do Festival do Rio 2007.

Casting

A escolha do elenco foi feita por Fátima Toledo.

Trabalho de campo

Para preparar o filme, José Padilha trabalhou dois anos em investigações com a colaboração do BOPE, psiquiatras da PM e ex-traficantes. O diretor entrevistou e ouviu histórias de 15 policiais, que conheceu depois que fez o filme Ônibus 174 (2002).

Prêmios

GRANDE PRÊMIO DO CINEMA BRASILEIRO
Ganhou
Melhor Filme - Voto Popular
Melhor Diretor - José Padilha
Melhor Ator - Wagner Moura
Melhor Ator Coadjuvante - Milhem Cortaz
Melhor Fotografia
Melhor Maquiagem
Melhor Som
Melhores Efeitos Especiais
Melhor Edição

Indicações
Melhor Filme
Melhor Roteiro Original
Melhor Figurino
Melhor Trilha Sonora
Melhor Direção de Arte

FESTIVAL DE BERLIM

Ganhou
Urso de Ouro

Ranking dos Melhores Filmes Nacionais

Trigésimo melhor filme nacional de todos os tempos segundo a Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).
Curiosidades de filmes mais lidas dos últimos 30 dias
  • A Teoria de Tudo (2014)
  • Dragon Ball Super Broly (2018)
  • Bohemian Rhapsody (2018)
  • Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (2018)
  • Vingadores: Guerra Infinita (2018)
  • Até o Último Homem (2016)
  • Vingadores: Ultimato (2019)
  • Robin Hood - A Origem (2018)
  • Os Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro (2017)
  • Mogli - Entre Dois Mundos (2018)
  • Cadáver (2018)
  • Cinquenta Tons de Cinza (2015)
  • Cinquenta Tons de Liberdade (2018)
  • Venom (2018)
  • Nasce uma Estrela (2018)
  • A Vida em Si (2018)
  • O Chamado do Mal (2017)
  • De Repente uma Família (2018)
  • Como Eu Era Antes de Você (2016)
  • Capitã Marvel (2019)
Back to Top