Meu AdoroCinema
A Órfã
facebookTweet
Sessões Vídeos Créditos Críticas dos usuários Críticas da imprensa Críticas do AdoroCinema Fotos
A Órfã
Data de lançamento 4 de setembro de 2009 (2h 03min)
Direção:
Elenco: Vera Farmiga, Peter Sarsgaard, Isabelle Fuhrman mais
Gêneros Suspense, Terror
Nacionalidade Eua
Ver o trailer
Imprensa? 0 crítica
Usuários 4,21467 notas e 104 críticas
Adorocinema 4,0

Sinopse e detalhes

Kate (Vera Farmiga) e John Coleman (Peter Sarsgaard) ficam arrasados devido a um trágico aborto. Apesar de já ter dois filhos, Daniel (Jimmy Bennett) e a surda muda Maxime (Aryana Engineer), o casal decide adotar uma criança. Durante uma visita a um orfanato, os dois se encantam pela pequena Esther (Isabelle Fuhrman) de nove anos e optam rapidamente por sua adoção. O que eles não sabiam é que estranhos acontecimentos fazem parte do histórico da menina que passa a se tornar, dia após dia, mais misteriosa. Intrigada, Kate desconfia que Esther não é quem aparenta ser, mas devido ao seu passado de alcoolismo tem dificuldades de provar sua teoria.

Título original Orphan
Distribuidor WARNER BROS.
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 2009
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 4 curiosidades
Orçamento -
Idiomas Inglês, Estoniano
Formato de produção -
Cor Colorido
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -

Críticas AdoroCinema

4,0 Muito bom
A Órfã

Carente de mais sustos

por Roberto Cunha
Existem razões para você assistir A Órfã ? Sim. E a principal, claro, é se você faz parte dos cinéfilos que gostam de suspense. Afinal, este filme de Jaume Collet-Serra (A Casa de Cera) tem os elementos do gênero e um diferencial para se levar em consideração: o foco no elenco infantil. Pode não ser novidade para você, mas não é todo diretor que topa. Ainda mais que a maldade em questão é explícita, diferente dos olhares assustadores de um Damien (A Profecia). A Órfã contém cenas de forte impacto psicológico e visual como marteladas na cabeça e automutilação, entre outras. E numa trama que fala sobre pais e filhos, é difícil, inclusive, não pensar como ficará a cabeça dos atores. Vide as histórias sobre Linda Blair após protagonizar o clássico O Exorcista.Na história, o casal Kate (Vera Farmiga) e John (Peter Sarsgaard) decide adotar a pequena Esther (Isabelle Fuhrman), mesmo tendo em ca...
Ler a crítica
<strong>A Órfã</strong> Trailer Original 2:29
A Órfã Trailer Original
37 057 visualizações
Recomendado para você

Elenco

Vera Farmiga
Vera Farmiga
Personagem : Kate Coleman
Peter Sarsgaard
Peter Sarsgaard
Personagem : John Coleman
Isabelle Fuhrman
Isabelle Fuhrman
Personagem : Esther
CCH Pounder
CCH Pounder
Personagem : Sister Abigail
Ficha completa

Críticas de usuários

Kai F.
Crítica positiva mais útil

por Kai F., em 11/01/2015

4,5Ótimo

Se você quer um suspense inteligente, com certeza A órfã é o suspense certo, com uma boa trama, com boas cenas de sustos... Leia mais

Cristiane Colares de Araujo
Crítica negativa mais útil

por Cristiane Colares de Araujo, em 23/06/2010

1,0Muito ruim

Sera possivel que só eu não gostei desse filme rs. Não achei nada demais dele, achei muito cheio de cliclês e estoria um... Leia mais

Todas as críticas de usuários
27% 28 críticas 34% 35 críticas 13% 13 críticas 23% 24 críticas 3% 3 críticas 1% 1 crítica
104 Críticas de usuários

Fotos

68 Fotos

Curiosidades das filmagens

Vários

- A personagem irmã Abigail foi escrita para CCH Pounder;- A foto do Instituto Saarne era na verdade o Alma College, localizado em St. Thomas, Ontario, no Canadá. O local foi destruído por um incêndio em 28 de maio de 2008;- A Warner Bros. alterou o trailer original de A Órfã, que continha a frase "It must be hard to love an adopted child as much as your own". Este trecho foi retirado, atendendo a diversas reclamações de pais adotivos e associações adotivas;- Não há créditos iniciais, sendo apenas exibidos o título do filme e as logomarcas dos produtores;- Durante os créditos finais um arquivo do Instituto Saarne revela o nome de nascimento de Esther.

Frase controversa

A Warner Bros. alterou o trailer original de A Órfã, que continha a frase "It must be hard to love an adopted child as much as your own"(algo como "deve ser difícil amar uma criança adotiva tanto quanto você ama a sua própria [biológica]"). Este trecho foi retirado, atendendo a diversas reclamações de pais adotivos e associações adotivas.
4 curiosidades

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Rebeca A.

    Manoo cade o bendito filme??

  • Leticia R.

    é 

  • elisabeth K.

    psé

  • Renato R.

    Este filme faz parte de poucos que te prendem do começo ao fim,desacreditado como muitos eu achei que seria mais um filme americano que abusaria da trilha sonora de suspense,mas me enganei,acredito que essa seria a intenção do diretor,colocar trilhas de suspense para a pessoa ficar em expectativa de levar um susto,quando na realidade não era nada disso,a história do filme foi muito bem contada ao longo do mesmo,e há momentos que até te passa um pouco de aflição,o diretor Jaume Collet-Serra também inovou no final,que em vez de mostrar um final feliz como os outros,nos deixou com um gostinho de quero mais.

  • Ellen M

    Q coisa horrível ñ da para ver o filme

  • alex souza

    MTO BOM O FILME SEM DUVIDAS UM BELO SUSPENSE ..

  • Marinalva P.

    adora a orfa muito bom 

  • returntoinnocence

    Se eu for falar o que acho desse filme.. Ele me parecia muito bom, até me decepcionar às 1h38min; eu, pensando que era misterioso, tinha um jeito maligno, não desse mundo.. descubro que era só uma mulher com nanismo, problemática e doente, uma psicopata. Me fez perder o medo que eu tinha dela, porque deixou de lidar com a ideia do desconhecido, e é isso que causa medo. Esse é tipo de filme que "tinha tudo pra ser muito bom.. mas não foi", na minha opinião.

  • Gabriella Benedita S.

    Foi Ótimo o filme 
    é legal pra quem curte 
    Terror/Suspense ...
    mas o final me decepcionou
    um pouco 
    mais apesar  disso.. o filme é excelente! 

  • Allan C.

    Um dos melhores do tipo.

  • Vanessa F.

    Amei, atuação incrível a da Isabelle, é um daqueles filmes que você não descansa enquanto não ver o final. Recomendo

  • Thiago P.

    Nossa, que filmaço, não irei comentar muito, pelo menos tentarei, só digo que pra quem não assistiu vela apena ver, uma das melhores produções atuais realizadas, performance dos atores muito boa, lado de suspense e sombrio e atores ainda criança fazendo filmes como esse que me lembra o filme Mama, atrizes pequenas que trabalharam muito bem, isso demonstra que um filme não basta ter efeitos especiais para ser bom, lembro dos filmes antigos de suspense que faziam sucesso não por causa de efeitos ou CG mas sim pela história e um bom enredo. O final do filme é espetacular ! Eu gostaria de dar 5 estrelas, mas vou dar 4.5 pq sou puxa saco do filme exorcista 1973, que pra mim ainda fica sendo o melhor filme de terror. Mas este filme é ótimo !!!

  • Thiago P.

    Nossa, que filmaço, não irei comentar muito, pelo menos tentarei, só digo que pra quem não assistiu vela apena ver, uma das melhores produções atuais realizadas, performance dos atores muito boa, lado de suspense e sombrio e atores ainda criança fazendo filmes como esse que me lembra o filme Mama, atrizes pequenas que trabalharam muito bem, isso demonstra que um filme não basta ter efeitos especiais para ser bom, lembro dos filmes antigos de suspense que faziam sucesso não por causa de efeitos ou CG mas sim pela história e um bom enredo. O final do filme é espetacular ! 5 estrelas Recomendo.

  • Drih S.

    A Òrfã foi o filme que mais me surpreendeu até hoje, filme sensacional , ótimo, muito bem produzido dirigido e interpretado. no começo vc não dar nada pelo o filme, mais ele tem a magia de te prender na frente da tela e não deixar vc desgrudar os olhos nem um segundo. Agora oq mais me chamou a atenção foi sem duvidas a surpresa da Òrfã ser quem ela é e principalmente oq ela faz, nossa sensacional interpretação digna de um Òscar!!!

  • Senhor Ivan!

    Dentro de alguns pais,tem um grande sonho,que é adotar uma criança.Isso acontece com o casal Kate (Vera Farmiga),e John (Peter Sarsgaard).Onde vão a procura,mas acabam ficando com uma garota quieta e que não é de falar muito.Esther (Isabelle Furhman_,chega em sua nova casa,causando um certo tipo de ciúme,aos olhos de seus outros futuros irmãos.Mas,também,um certo tipo de mistério,ronda Esther,que a cada cena,se mostra não ser mas aquela menininha meiga,que todos conheceram.A Órfã,foi um dos grandes suspenses do ano,envolvendo esse tipo de história.Isabelle Furhman,foi o grande destaque positivo,onde se mostrou apta para tal gênero.

  • Andrezza ..

    Muito bom,já logo se vê que atriz mirim é muito talentosa,muito convincente,atuou com muita maturidade.Só o final que é um pouco decepcionante,pois o filme todo tem um certo suspense e depois disso parece que tudo fica válido.

  • Rafael Soares

    Bom filme. Se você espera (assim como eu) tomar sustos, esse não é o filme. Se você acha que sou lesado porque me enganei de estilo, é porque lá em cima está escrito 'Suspense, Terror', mas de terror não tem nada. Apenas suspense, no máximo, e um pouco de drama do começo ao meio do filme. Mas é um bom filme sim.

  • Gwen Stacy

    Eu revi ontem, adoro esse filme, pensava que se tratava de espiritos e fantasmas kkk me surpreendi a cada cena

Mostrar comentários