Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Carlos Lombardi
    facebookTweet
    Atividades Autor, Roteirista, Colaboração com o roteiro mais
    Nacionalidade Brasileiro
    39
    anos de carreira
    17
    filmes e séries lançados

    Filmografia

    Bebê a Bordo
    Bebê a Bordo
    Data de lançamento desconhecida
    Como Salvar Meu Casamento
    Como Salvar Meu Casamento
    Data de lançamento desconhecida
    Elas por Elas
    Elas por Elas
    Data de lançamento desconhecida
    Guerra dos Sexos (1983)
    Guerra dos Sexos (1983)
    6 de junho de 1983
    Guerra e Paz
    Guerra e Paz
    Data de lançamento desconhecida
    Kubanacan
    Kubanacan
    5 de abril de 2003
    O Quinto dos Infernos
    O Quinto dos Infernos
    Data de lançamento desconhecida
    Perigosas Peruas
    Perigosas Peruas
    Data de lançamento desconhecida
    Toda a filmografia

    Foto

    Notícias

    Mamonas Assassinas: Minissérie sobre a banda define elenco principal
    NOTÍCIAS - Produção
    quarta-feira, 7 de agosto de 2019
    MC Gui e Gretchen estarão em cinebiografia dos Mamonas Assassinas
    NOTÍCIAS - Pré-Produção
    segunda-feira, 20 de agosto de 2018
    Filme sobre a banda dona de sucessos como "Pelados em Santos" e "Robocop Gay" não vai retratar o acidente de avião que vitimou...
    Mamonas Assassinas: Record finalmente produzirá a minissérie
    NOTÍCIAS - Produção
    segunda-feira, 14 de maio de 2018
    A meteórica e trágica trajetória de uma das mais populares bandas do Brasil chegará às telinhas após dois anos de atraso.
    6 notícias sobre esta personalidade
    Comentários
    • Andries Viljoen
      Carlos Lombardi construiu, em sua carreira que logo completará 40 anos, um estilo próprio. Novelas com ritmo frenético, muitos acontecimentos, poucos personagens fixos e diversas participações eventuais. Personagens sem papas na língua, dados a trocadilhos e insultos por vezes gratuitos. Humor ácido e/ou negro e vida sexual movimentada. Novelas como Vereda Tropical (1984/85), Bebê a Bordo (1988/89) e Quatro por Quatro (1994/95) têm esses elementos muito marcados. Uga Uga (2000/01) e Kubanacan (2003/04) se juntam a elas entre algumas das mais lembradas novelas das 19h da Globo.No entanto, em parte por questões de liberdade de criação, Lombardi trocou a casa pela Record TV no começo da década. Fez apenas uma novela na emissora, Pecado Mortal (2013/14). Por sinal, uma das melhores dos últimos tempos.Inexplicavelmente, a Record TV não o aproveitou como poderia e como ele merecia. O vínculo já não está mais em vigor.No entanto, Lombardi segue sem contrato com nenhuma emissora. Com efeito, já passa da hora de sua volta à Globo, ou do aproveitamento por um canal pago, por exemplo. Todavia, fica o questionamento: dados os problemas com a reprise de Bebê a Bordo, teria Lombardi recepção positiva com uma história nova? Considerando-se que não fizesse maiores concessões ao conservadorismo que assola o País.
    Mostrar comentários
    Back to Top