Minha conta
    The Night Shift: Motivos para assistir ao drama médico
    Por Redação — 27 de jul. de 2020 às 09:12

    A série chega ao Sony Channel em 27 de julho.

    Nem todos os heróis usam capas. Alguns deles usam jalecos... Quando o assunto é retratar a conturbada rotina dos médicos lutando para salvar vidas, The Night Shift é a opção perfeita para mostrar os valores desses heróis da vida real, que tanto desperta curiosidade em nós. A nova série do Sony Channel estreia no Brasil em 27 de julho e chegou a hora de listar os motivos que farão você se apaixonar pelo drama:

    Para começar, a série de Jeff JudahGabe Sachs acompanha um grupo de médicos que trabalha no plantão noturno de um hospital em San Antonio, no Texas. E se a central de emergências já é um local atribulado de dia... Durante a noite, a situação fica ainda mais grave, com casos absurdos e chocantes - e rendendo mais emoção e adrenalina para quem está assistindo, com aquelas reviravoltas que te deixam roendo as unhas de ansiedade.

    Por falar em grandes emoções, os personagens de The Night Shift tem fortes personalidades. Donos de marcantes histórias pessoais, alguns deles carregam traumas de um passado militar, que só acrescenta humanidade para o dia-a-dia do hospital. E, obviamente, toda série que se preze traz um drama amoroso capaz de abalar o coração dos fãs... Não é diferente com o romance "vai ou não vai" de TC (Eoin Macken) e Jordan (Jill Flint).

    Entrando para a programação do Sony Channel, The Night Shift fará dobradinha com The Good Doctor, então é interessante ver como ambas são visões diferentes sobre a vida dos médicos. A popular trama estrelada por Freddie Highmore tem uma visão mais intimista e pessoal desses profissionais, enquanto The Night Shift investe em sequências de ação para mostrar como a vida pode ser surpreendente. Ou seja, é para fã nenhum botar defeito!

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top