Minha conta
    Game of Thrones: 7 grandes momentos de Daenerys Targaryen
    Por Laysa Zanetti — 11 de mai. de 2019 às 09:40

    Rainha, né não?

    Helen Sloan/HBO

    Daenerys Nascida da Tormenta da Casa Targaryen, a Primeira de Seu Nome, a Não-Queimada, Rainha dos Ândalos, dos Roinares e dos Primeiros Homens, Rainha de Meereen, Khaleesi do Grande Mar Dothraki, Protetora do Reino, Senhora Regente dos Sete Reinos, Quebradora de Correntes e Mãe dos Dragões. Ou, simplesmente, Dany. Por quantas provações ela já não passou em Game of Thrones para conquistar tantos títulos?

    A personagem de Emilia Clarke trilhou um longo caminho desde a primeira temporada da série — talvez o mais complexo e longo entre todos os demais protagonistas. Ela começa como uma garota sendo entregue em casamento a Khal Drogo (Jason Momoa) por seu irmão, Viserys (Harry Lloyd), e chega nesta temporada final como a pretendente ao Trono de Ferro depois de ter deixado seu rastro — seja ele bom ou ruim — de Essos ao Norte da Muralha.

    Por isso, o AdoroCinema resolveu listar os grandes momentos da Rainha Dragão em sua jornada na série. Agora que estamos caminhando para o final da história, será que Dany é a mais apta ou a favorita para ascender ao Trono? Quais são as suas melhores lembranças da rainha Targaryen?

    O Nascimento dos Dragões (1ª temporada)

    Quando Daenerys sacrifica Khal Drogo, ao fim da primeira temporada, constrói uma grande fogueira para cremar o corpo do seu marido e da bruxa Mirri Maz Duur (Mia Soteriou). Em uma decisão súbita, ela resolve entrar na fogueira com os seus três ovos de dragões, e assim termina a primeira temporada: com a morte de Khal Drogo, o começo de uma jornada e o nascimento de Drogon, Rhaegal e Viserion.

    A Casa dos Imortais (2ª temporada)

    Dany está em Qarth depois de ter atravessado o Deserto Vermelho com o que lhe restou de seguidores Dothraki. Apesar da recepção boa, seus dragões são capturados por uma misteriosa figura, Pyat Pree (Ian Hanmore). Ela consegue resgatá-los quando viaja até a Casa dos Imortais, onde tem uma série de visões e encontra os pequenos acorrentados. Ela consegue resgatá-los, e mostra que mesmo que sejam filhotes, eles não são nada inofensivos. Uma ordem de comando ("dracarys") e três labaredas de fogo são o que é necessário para que mãe e filhos sigam suas vidas.

    A libertação dos Imaculados (3ª temporada)

    Quando Daenerys negocia a compra do seu exército de Imaculados em Astapor, oferece aos Grandes Mestres um jovem Drogon para complementar o pagamento. Depois de finalizar o negócio, ela entrega o pequeno dragão acorrentando e dá ordem de fogo: "Dracarys!" Depois disso, ela comunica que não vai segurar nenhum dos Imaculados como escravo, que todos são livres — mas, ainda assim, eles resolvem seguí-la e lutar com ela. 

    E você achando que Dany estava maluca e vendendo seu filhote...

    A libertação de Meereen (4ª temporada)

    Continuando seu caminho pela Baía dos Escravos, Daenerys planeja sua tomada de Meereen e a libertação dos Escravos. Com a ajuda de Verme Cinzento (Jacob Anderson) e de seus 20 mil Imaculados, Dany consegue planejar uma invasão e uma rebelião na cidade. Os próprios cidadãos escravizados tomam a cidade para si, e tudo está no controle da regência Targaryen.

    Contra as recomendações de Sor Barristan, o Ousado, Dany se recusa a fazer justiça com misericórdia, e dá aos Grandes Mestres um destino à altura do que eles mesmos faziam com seus escravizados: eles são crucificados vivos no caminho até Meereen.

    Você pode dizer o que quiser, mas não pode acusar Daenerys de nunca ter sido fiel ao lema da família: Fogo & Sangue.

    O resgate em Arena Daznak (5ª temporada)

    É o dia do casamento de Dany com Hizdahr zo Loraq (Joel Fry), que marca a reabertura da Arena Daznak em Meereen. Um massacre armado pelos Filhos da Harpia tenta matar a rainha, e desencadeia caos e destruição para todos os presentes. Drogon, que estava distante de sua mãe pois sentia nela muita incerteza, percebe o cheiro de sangue no ar e "dá a asa a torcer": ele retorna para queimar os inimigos e Daenerys, em um novo ímpeto, sabe que chegou a hora. Ela monta no dorso de seu grandioso dragão negro e doma sua fúria, mostrando aos inimigos o quanto poder de fogo ainda tem, antes de ele sair voando e levá-la para longe dali.

    A retomada do Khalasar (6ª temporada)

    Dany começa a 6ª temporada capturada por um khalasar dothraki e levada à força a Vaes Dothrak. Ela é forçada a uma vida de reclusão no dosh khaleen, mas obviamente tem outros planos: antes de fugir, ateia fogo e sai do meio das chamas completamente imune. Isso faz com que ela ganhe o respeito do povo, e por isso ganha seguidores e aumenta o seu exército dothraki a caminho de volta para a Baía dos Escravos.

    A Batalha da Estrada de Ouro (7ª temporada)

    Já tendo atravessado o Mar Estreito, Dany tem a primeira chance de mostrar a que veio aos residentes dos Sete Reinos. Depois de os Lannister armarem uma emboscada na Campina para saquear o ouro dos Tyrell, a rainha reúne seus dothraki, monta em seu filho mais rebelde e vai vingar seus aliados. É a batalha conhecida como Loot Train Attack, ou Batalha da Estrada de Ouro, em que Daenerys pega os Lannister de surpresa e mostra aos westerosi que os dragões definitivamente estão de volta.

    Quais são os seus momentos favoritos de Dany?

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top