Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Nova série da criadora de Sex and the City está em desenvolvimento
    Por Amanda Brandão — 27 de mar. de 2019 às 18:05

    A produção será baseada em livro que dá continuação à adorada série dos anos 90.

    Sex & the City teve seu fim em 2004 e, desde então, os fãs clamam por um reencontro. Não é bem isso que vai acontecer, mas há motivo para comemorar: uma nova série da criadora da produção de sucesso dos anos 90 está em desenvolvimento.

    Segundo o site Deadline, a Paramount Television e o Anonymous Content adquiriram os direitos do livro de Candace Bushnell, There Still Sex in the City? (Ainda Há Sexo na Cidade?), que é uma continuação de Sex and the City. Ainda conforme a publicação, a ideia é produzir uma série de TV a partir do material.

    Bushnell será a responsável pelo roteiro piloto e atuará como produtora executiva do projeto, junto com Liza Chasin e Robyn Meisinger. O seriado também se passa em Nova Iorque e narra a vida amorosa de um grupo de mulheres que já passaram dos 50 anos.

    "Antigamente, não se esperava que pessoas de 50 e poucos anos fizessem nada além de se aposentar. Ninguém esperava que elas se exercitassem, começassem novos negócios, mudassem de cidade, fizessem sexo casual ou começassem tudo do zero. Hoje em dia, no entanto, é assim que a vida de muitas mulheres de 50 e 60 anos pode ser descrita. Estou animada por poder refletir a riqueza e complexidade de suas realidades nas páginas, e também nas telas", disse a autora.

    Ao que tudo indica, a produção da série já está começou, mas ainda não há novidades sobre direção ou elenco. Fora isso, a previsão é que o livro Is There Still Sex in the City? Chegue às lojas em 6 de agosto, nos Estados Unidos.

    Vale lembrar que publicado em 1996, o livro Sex and the City foi a base para a série vencedora do Emmy, que gerou duas sequências de filmes de sucesso. Estrelada por Sarah Jessica Parker como Carrie Bradshaw, a comédia se foi marco por levantar questões feministas e trazer temas que até então eram tabus na TV.
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top