Minha conta
    Morre Héctor Bonilla, ator de Chaves, aos 83 anos: Elenco presta homenagens
    26 de nov. de 2022 às 10:47
    Aline Pereira
    Aline Pereira
    -Redatora | crítica
    Jornalista que ama boas histórias e combina a paixão por cinema e TV com comunicação para mergulhar ainda mais nos universos e personagens que já fazem brilhar os olhos. Pipoca, suspense, dramédia e uma pitada de reality são a receita perfeita para todos os dias.

    Ator mexicano fez participação inesquecível em Chaves e ganhou homenagens do elenco.

    Morreu nesta sexta-feira (25), Héctor Bonilla, aos 83 anos, após uma longa batalha contra um câncer renal. A notícia foi confirmada oficialmente pela família do ator nas redes sociais: “Informamos que hoje, 25 de novembro de 2022, após quatro anos de luta contra o câncer, morreu nosso amado esposo, pai, avô, companheiro e exemplo de vida: Héctor Bonilla. Morreu em sua casa, em paz, sem dor e cercado por seu círculo mais íntimo, que o acompanhou até o fim”, diz o comunicado emitido.

    Com uma longa carreira artística em novelas do México, país onde nasceu, Héctor Bonilla conquistou o coração do público brasileiro rapidamente com uma participação em Chaves. No episódio do clássico seriado, que foi ao ar originalmente em 1979, Bonilla visita a vila dos personagens interpretando ele mesmo e, como galã, causa comoção entre os moradores. Nas redes sociais, seus antigos colegas de cena deixaram homenagens.

    “Sinto muito pela partida do grande ator Héctor Bonilla. Meus mais sinceros sentimentos à sua família”, escreveu Florinda Meza, a intérprete da Dona Florinda, hoje com 73 anos. Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, também deixou uma mensagem de pesar: “Deus o tenha em sua glória. Lamento profundamente a partida do nosso querido Hector Bonilla. Um abraço para sua família”, declarou.

    Por fim, o ator Edgar Vivar, que interpretou Sr. Barriga em Chaves, homenageou o amigo nas redes sociais e relembrou que os dois voltaram a trabalhar juntos posteriormente. “Ele foi um visitante muito ilustre da vila do Chaves e a vida nos reuniu na dublagem de Ratatouille. Vou sentir sua falta Héctor, vou sentir muito sua falta”, escreveu Edgar. Vale destacar ainda que, além de Ratatouille, Héctor Bonilla também foi dublador da animação vencedora do Oscar Viva - A Vida é Uma Festa.

    Ao longo de 60 anos de carreira, Bonilla se tornou uma grande estrela da televisão na América Latina, com mais de 30 novelas no currículo - algumas delas chegaram a ser exibidas no Brasil, como Rosa Selvagem (1987) e Viviana, em Busca do Amor (1978).

    Pai de 3 filhos, Héctor Bonilla também foi produtor, músico e político. A família informou ainda que ele mesmo escreveu seu epitáfio: "O show acabou, não fiquem brincando. Quem me viu, viu. Não resta nada”, diz.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top