Minha conta
    Brad Pitt teria agredido Angelina Jolie e tentado sufocar seus filhos, diz a atriz em processo
    Por Bruno Botelho dos Santos — 5 de out. de 2022 às 12:45

    Duas das principais estrelas de Hollywood, o casamento entre Angelina Jolie e Brad Pitt terminou oficialmente em 2016.

    O casamento entre Angelina JolieBrad Pitt terminou em 2016, pegando o mundo inteiro de surpresa, com uma separação nada amigável entre duas das principais estrelas de Hollywood. Em uma disputa legal sobre uma vinícola francesa que compraram quando estavam juntos, a atriz recentemente processou seu ex-marido, revelando novos detalhes sobre o que ela descreveu em documentos judiciais como comportamento abusivo do ator contra ela e seus filhos, que teria motivado o pedido de divórcio.

    O processo, obtido pela Variety, mostra a equipe jurídica de Angelina Jolie entrando em detalhes sobre uma suposta briga com Brad Pitt e abusos que ocorreram em setembro de 2016 dentro de um avião. 

    De acordo com o documento, “Pitt sufocou uma das crianças e atingiu outra no rosto” e “agarrou Jolie pela cabeça e a sacudiu”. Segundo o advogado da atriz, essa briga começou no banheiro do avião quando o ator a acusou de ser “muito respeitosa” com seus filhos. “Pitt agarrou Jolie pela cabeça e a sacudiu, depois agarrou seus ombros e a sacudiu novamente antes de empurrá-la contra a parede do banheiro. Pitt então socou o teto do avião várias vezes, levando Jolie a sair do banheiro”. No processo, ainda é relatado que ele tentou agredir um de seus filhos depois que a criança saiu em defesa da mãe no momento.

    Entenda o processo judicial envolvendo Angelina Jolie e Brad Pitt

    Brad Pitt entrou com um processo contra Angelina Jolie no começo deste ano, acusando sua ex-mulher de "violar intencionalmente seus direitos contratuais" após ela ter vendido sua parte da vinícula Château Miraval, que eles tinham em comum acordo, sem seu conhecimento – local onde se casaram em 2014. 

    Porém, os advogados de Jolie alegam que as discussões sobre a venda de Château Miraval foram interrompidas depois que Pitt exigiu que ela assinasse “um acordo de confidencialidade que a teria proibido contratualmente de falar fora do tribunal sobre o abuso físico e emocional de Pitt contra ela e seus filhos". 

    Angelina Jolie estava por trás de um processo anônimo de 2016 onde alega ter sido agredida por seu “então marido” em um avião particular – acontecimento que foi detalhado acima. Ela disse para um agente do FBI que Brad Pitt “agrediu física e verbalmente” ela e seus filhos, e o agente então se encontrou com o advogado assistente dos Estados Unidos. O agente concluiu que não iria processar acusações criminais, levando a atriz a entrar anonimamente com uma ação da Lei de Liberdade de Informação contra o FBI.

    Neste novo processo, o advogado de Angelina Jolie afirma que o agente do FBI que investigou as alegações “concluiu que o governo tinha uma causa provável para acusar Pitt de um crime federal por sua conduta naquele dia”. Em 2021, eles entraram na justiça para disputar a custódia dos seis filhos. Inicialmente, Pitt conseguiu a guarda compartilhada das crianças, mas essa decisão posteriormente foi revertida após o juiz do caso ter sido desqualificado por ser um conhecido do ator. O casal se divorciou oficialmente em 2019, mas o pedido foi realizado por Jolie em 2016, dias após a briga no avião.

    Sr. e Sra. Smith
    Sr. e Sra. Smith
    Data de lançamento 10 de junho de 2005 | 2h 00min
    Criador(es): Doug Liman
    Com Brad Pitt, Angelina Jolie, Vince Vaughn
    Usuários
    4,2
    Assista agora
    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top